quinta-feira, 16 de novembro de 2017

RESENHA Estopinha, a autobriografia da vira-lata mais amada do Brasil


Título: Estopinha, a autobriografia da vira-lata mais amada do Brasil
Autora: Estopinha Rossi (com colaboração de Alexndre Rossi)
Editora: Planeta
Páginas: 157


Sinopse: "Ela é atriz, blogueira, bagunceira e está sempre na TV. Dona de um carisma sem igual, Estopinha Rossi é a vira-lata mais querida do Brasil! Com quase 3 milhões de seguidores no Facebook, é porta-voz dos cachorros e tem como missão ensinar aos adultos o que os cãezinhos querem de verdade: um lar quentinho, petiscos gostosos e, principalmente, o amor dos humanos. E ela conseguiu tudo isso! Recolhida das ruas, foi adotada, devolvida por mau comportamento até encontrar uma família que a ama do jeito que ela é. Com Alexandre Rossi, adestrador e especialista em comportamento animal, Estopinha ganhou voz e hoje dedica-se a mostrar ao mundo a importância da adoção animal e a felicidade que é ter um bichinho na família. Conheça a história da It Dog Estopinha e todos os seus segredos, do tufinho ao rabico! Você certamente vai se apaixonar por essa vira-lata."


Conheci Estopinha através da minha tia. Ela me mostrou um programa televisivo de Alexandre Rossi e eu me encantei com a “serelepice” da vira-lata mais amada do Brasil.

Passei a acompanhar as redes sociais e conheci um pouco mais da história de Estopinha, Alexandre Rossi, Cynthia, Barthô e Miah. Me encantei pra sempre!

Não pude deixar de comprar esse livro maravilhoso sobre toda a trajetória de vida da fofa “Tôpa”. Adquiri na Pré-venda e veio até patografado pela linda cachorra.

O especialista em comportamento animal e adestrador, Alexandre Rossi, dedica-se a mostrar ao mundo a importância da adoção animal, o carinho e amor recebido pelos bichinhos e como ter um animalzinho na família faz mais que bem, além de colaborar com esta autobiografia escrita pela cachorra. Sim! O mais divertido de ler é isso, a narração é feita pela própria cachorrinha.
 “Estopinha – A Autobiografia da Vira-Lata Mais Amada do Brasil” conta sua trajetória de vida desde o seu resgate com seus pais biológicos, Madona e Fumaça, mais seus dois irmãos, a devolução pela tutora por mau comportamento, como ela sentiu na pele chegar perto da morte por causa de uma grave doença do carrapato até a adoção definitiva de Alexandre Rossi.
Conferimos também a rotina de Estopinha e sua família, o que ela gosta, manias, como sobreviveu a algumas doenças, dicas na hora de adotar, dicas para cuidar bem de nossos Pets, trabalhos voluntários, seus irmãos Baruck, Barthô e Miah  e muitas histórias de amor e divertidas.
Super bem diagramado, um livro leve e divertido repleto de fotos lindas que tocam a alma e o coração de todos os amantes de bichinhos! Quem tem algum animalzinho sabe o quanto eles nos transformam e dão forças pra superar muitas coisas na vida, o quanto eles nos fazem ser melhores. Obrigada, Estopinha, Alexandre Rossi, Cynthia, Barthô e Miah! 
Os meus alimentos de amor da alma. Fred, Perseu e Cacau. Obrigada <3
Estopinha é atriz, blogueira e bagunceira, tem 8 anos de idade e com quase 3 milhões de seguidores nas redes sociais é muito amada e paparicada. Porta-voz dos animais, tem como missão ensinar humanos o que os cães gostam e querem de verdade: um lar, petiscos e AMOR.


“Minha missão nessa vida é mostrar que bichinhos também são membros da família e, assim, ajudar todos os meus irmãozinhos que vivem em abrigos a encontrar um lar amoroso e quentinho!!”


segunda-feira, 13 de novembro de 2017

RESENHA Flores Partidas de Karin Slaughter

Título: Flores Partidas
Autora: Karin Slaughter
Páginas: 464
Editora: Harper Collins Brasil

Sinopse: Quando Lydia contou para a irmã que o cunhado havia tentado estuprá-la, Claire não acreditou. Dezoito anos depois, porém, tudo o que Claire achava saber sobre o marido se prova uma mentira. Quando vídeos escondidos no computador de Paul mostram uma face terrível do homem que ela julgava conhecer, Claire percebe que o drama de sua família tem muitas camadas, que precisarão ser descobertas antes que a assustadora verdade venha à tona.

“O novo livro standalone de Karin Slaughter te conquista desde a primeira página.” - Amazon

“Karin Slaughter tem uma capacidade inigualável de detalhamento e realismo. Não perco nada dela.” -Gillian Flynn, autora de Garota exemplar
“Quando seu pai morreu, eu me lembro de ter ficado diante do túmulo dele pensando: Aqui é onde posso deixar minha dor.”

MEU DEUS DO CÉU! Que livro foi esse? Como eu nunca li nada de Karin Slaughter antes? Gente! Sensacional! Subiu ao topo da minha lista como meu thriller psicológico favorito de todos os tempos. Estou apaixonada na escrita dessa mulher! Nunca li um livro como este antes. Eu literalmente não consigo parar de pensar em todas as histórias e eventos dessa trama. Jamais esperava um thriller psicológico tão sofisticado e arrepiante!

Em 1991, Julia Carroll simplesmente desapareceu e seu corpo nunca foi encontrado. Seu pai nunca se conformou e passou anos buscando alguma pista sobre o que aconteceu enquanto sua mãe fez do sofrimento uma nova vida pra si.

“O otimismo nunca morre em seu coração”

Ah! Um parêntese aqui – A Harper Collins Brasil lançou em e-book um prequel de FloresPartidas, ou seja, uma história curta onde os fatos antecedem outra obra e que preparam o leitor lhe apresentando uma determinada personagem e/ou ambiente para melhor entendimento.

Nessa prequel com título de “A garota dos olhos azuis” (clique no link para adquiri-lo) conhecemos a jovem tímida Julia Carrol, 19 anos, estudante de jornalismo. Aqui sabemos de seu passado e como ela desaparece depois de uma noite com os amigos da faculdade para um bar local.

As Irmãs Claire e Lydia cresceram à sombra do desaparecimento de Julia e seguiram caminhos diferentes em suas vidas, se afastando por anos. Vinte a quatro anos depois um evento recente e trágico, de outro desaparecimento de uma adolescente mais um assassinato de um homem, parecem estar conectados a Julia e a família Carrol. Isso faz com que as irmãs se reúnam e até lavem roupa suja. Poderão elas finalmente descobrir o que aconteceu com a irmã?

“O cérebro humano costuma concluir que, se há uma vítima, tem que haver algo algoz.”

A trama de Karin é aterrorizante, mas faz você engolir o livro pra saber o que vai acontecer. Terminei de ler na madrugada, o sono era grande, mas a vontade de desvendar tudo era maior.  A cada capítulo  um novo arrepio, a cada sangue derramado uma suspeita. Um livro perturbador onde as personagens são tão reais que eu poderia imaginá-las saindo no noticiário de amanhã. As descrições de violência são extremas, mas necessárias para colocar o poder atrás do soco que é essa história.

“Há coisas que não se pode desver.”

Assombros de segredos perigosos, amor de família, medos suspeitos, vingança fria, espantos e absolvição super inesperada nessa história onde duas irmãs distantes que mal se falavam devem se unir, se perdoar e mostrar que o amor supera tudo e ajuda até encontrar a verdade sobre duas tragédias angustiantes devastadoras.

Obrigada, Harper Collins Brasil, obrigada Karin Slaughter!

“Existe algo chamado Leis dos Grandes Números: Pegue uma amostra bem grande, e coisas esquisitas podem acontecer.”

Compre o livro AQUI





quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Como Parar O Tempo de Matt Haig nos cinemas!

O novo romance do escritor britânico Matt Haig, "Como Parar o Tempo", será adaptado e estrelado por Benedict Cumberbatch ! 

Compre AQUI

O filme será feito pela produtora de Benedict, SunnyMarch, em parceria com o Studiocanal. As duas companhias haviam selado um acordo de parceria no ano passado. 

Confiram a tradução do artigo:

Benedict Cumberbatch está ligado para estrelar em “How to Stop Time”, uma adaptação do próximo romance de Matt Haig, cujos direitos cinematográficos foram adquiridos pela SunnyMarch, companhia produtora de Cumberbatch, e Studiocanal.

Cumberbatch será produtor executivo através da SunnyMarch junto com Jamie Byng, CEO da Canongate Books, que publicará o livro em julho. A Studiocanal está financiando totalmente e distribuirá em seus territórios, Reino Unido, França, Alemanha, Austrália e Nova Zelândia, cuidará das vendas internacionais.

O romance conta a história de Tom Hazard (Cumberbatch), um homem que pode parecer como um comum de 41 anos mas, devido a uma condição extremamente rara, esteve vivo por séculos. É “uma história de amor muito imaginada que se estende por séculos e continentes, e consolida a reputação de Haig como um dos romancistas mais originais e empolgantes de sua geração,” de acordo com uma declaração.
“How to Stop Time é o primeiro romance adulto em quatro anos de Haig, o autor best-seller cujos livros foram traduzidos para mais de 30 idiomas. O livro infantil mais recente de Haig, “The Girl Who Saved Christmas”, foi publicado no final de 2016 em mais de 20 países e é continuação de seu sucesso de crítica “A Boy Called Christmas.” O Studiocanal e a Blueprint Pictures adquiriram os direitos de tela para a série em 2015, e esteve acelerando o desenvolvimento de uma adaptação para o cinema.

Outros livros de Haig incluem suas memórias “Reasons to Stay Alive,” que ficou na lista dos 10 livros mais vendidos do Sunday Times por 46 semanas, e “Os Humanos.” Ele também trabalhou em uma capacidade de escrever roteiros na Heyday Films e no sucesso de 2014 do Studiocanal “Paddington.”

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Mais Cecelia Ahern em Novembro

A Editora Novo Conceito vai lançar em Novembro “O Colecionador de Memórias”, livro escrito pela autora Cecelia Ahern. 

Cecelia já teve vários de seus romances publicados pela Novo Conceito, como "A vez da minha vida", "Simplesmente acontece", "O Presente", P.S. Eu Te amo", "O Livro do Amanhã", "A Lista" "Imperfeitos", "Como se apaixonar" e "O ano em que te conheci". 

Confiram a capa e sinopse:




Quando Sabrina Boggs se depara com uma misteriosa coleção de bens do pai, ela descobre uma verdade onde nunca soube que havia uma mentira. O homem familiar com quem ela cresceu de repente é um estranho para ela.

Uma quebra em sua rotina monótona deixa-a apenas um dia para destravar os segredos do homem que ela pensava conhecer. Um dia para desconhece memórias, histórias e pessoas que ela nunca soube da existência. Um dia que muda para sempre a vida dela e daqueles que a rodeiam.

O colecionador de memórias é uma história sobre como as decisões mais comuns que tomamos podem ter as consequências mais extraordinárias na forma como vivemos nossa vida. E como, às vezes, somente desvendando a verdade sobre outra pessoa, você realmente pudesse se entender.

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

RESENHA Vacas de Dawn O'Porter

Título: Vacas 
Título Original: The Cows
Autora: Dawn O'Porter
Editora:  HaperCollins 
Páginas: 336

Sinopse:"Um pedaço de carne; feito para reproduzir; além da sua data de vencimento; parte do rebanho. Mulheres não têm que se encaixar em estereótipos. Tara, Cam e Stella são estranhas vivendo suas próprias vidas da melhor forma que podem, apesar de poder ser difícil gostar do que você vê no espelho quando a sociedade grita que você devia viver de um jeito específico. Quando um evento extraordinário cria laços invisíveis de amizade entre elas, a catástrofe de uma mulher vira a inspiração de outra, e uma lição para todas. Às vezes não tem problema não seguir o rebanho. Vacas é um livro poderoso sobre três mulheres julgando uma à outra, mas também a si mesmas. Entre todo o barulho da vida moderna, elas precisam encontrar suas próprias vozes."




“Existem vários tipos de mulheres, e todo o esforço é necessário para que elas não sejam vistas como novilhas ou vacas. Mulheres não precisam se encaixar em esteriótipos. 
Vacas não precisam seguir o rebanho.

Este é um romance sobre três mulheres diferentes, mas com algo em comum: Tara, Stella e Cam acham que suas vidas estão em pleno controle...

Tara é uma mãe solteira que produz documentários on-line. Ela está a procura de alguém especial pra juntar as escovas de dentes. Será que sua sorte pode ter mudado quando ela encontra alguém de seu gosto?

Stella está muito triste com a morte de sua irmã gêmea, Alice, a qual teve câncer de ovário. Ela tem 85% de chance de passar por isso também e é aconselhada pelo médico a remover seus seios e ovários, mas ela quer ser mãe e ao mesmo tempo as coisas com o seu parceiro não vão nada bem.

Cam é blogueira e escreve sobre mulheres e seus problemas, ela não quer ter filhos.


“Acho que nunca me sentiria solitária. Porque quando você domina a arte de desfrutar da própria companhia, a felicidade vem.”

Quando um evento inesperado e estranho liga vínculos invisíveis de amizade entre elas a desgraça de uma mulher se torna a inspiração de outra e uma lição de vida pra todas nós. 

“Algumas das mulheres mais bem-sucedidas que eu conheço são mães. As mulheres podem tudo... Mas eu não quero tudo.”

O conteúdo deste romance é bacana, mas pode ser um pouco perturbador pra algumas pessoas, mas aí que está o tchãns do livro, ele TEM, ele PRECISA ser perturbador pra alertar homens e mulheres sobre o caos do mundo moderno. A escritora abrange temas como sexo, masturbação, feminismo e aborto. Existem exposições sexuais assim como atos sexuais, vida, família e promiscuidade. É um tapa na cara da sociedade.

“(...) As mulheres não podem continuar reclamando sobre como são tratadas pela sociedade se não reagem quando dizem que elas estão erradas.”

Dawn O’Porter consegue ser engraçada e sutil sobre as relações femininas quando explora o que é ser mulher nessa sociedade de hoje em que homens ainda levam vantagem em mil questões em relação ao feminino. As narrativas múltiplas com as diferentes vozes de Cam, Stella e Tara foram totalmente caracterizadas e trabalharam muito bem sem se perder.

A força deste livro é desafiadora e vem de uma mulher para as mulheres. Vem pra reforçar que mulheres precisam encontrar suas próprias vozes e podem fazer suas próprias vidas. O enredo é engraçado, divertido e perturbador. Os temas de sofrimento, sexo, exposição, família e amizade alimentam boa parte da ações do romance e isso é mais que bacana, pois fazem desafiar nossas próprias percepções.

“Direitos das mulheres é um assunto delicado. Há uma luta – o feminismo - , mas há  vários tipos de mulheres e agradar a todas é impossível.”



Sobre a autora:



     Dawn O’Porter é escritora, colunista, designer e jornalista, e já fez inúmeros documentários sobre os assuntos mais variados, como poligamia,partos, câncer de mama, gueixas e até sobre o filme Dirty Dancing. É autora dos premiados Paper Aeroplanes e Goose e criadora da Ong Help Refugees. Dawn mora em Los Angeles com o marido, o filho, um gato e um cachorro chamado Potato.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Já na pré-venda: Por que o Brasil é um país atrasado?

O livro de estreia de Luiz Philippe de Orleans e Bragança,  Por que o Brasil é um país atrasado? (Novo Conceito) já está em Pré-Venda a um preço especial pela Amazon. 
Aqui se revela a construção de um Estado autocrático e interventor, fato que atingiu seu ápice com a Constituição de 1988. No decorrer da obra, o autor aborda os motivos pelos quais a nação se encontra mais uma vez em uma situação de decadência política, institucional e econômica. Acessível a todo e qualquer leitor, mesmo aqueles sem conhecimento prévio de teorias políticas e econômicas, Luiz presta um serviço à sociedade brasileira ao combater a desinformação e mitos. Uma obra essencial para entender nosso país e as estruturas que causam nossa instabilidade.


quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Harper Collins Brasil lança "Vacas" de Dawn O'Porter



A Editora Harper Collins Brasil acaba de lançar um livro polêmico no quesito "mulheres"! Vacas é uma ficção que traz a história de três mulheres que se esbarram em suas vidas com histórias e temas tabus dos dias atuais. O livro foi escrito pela jovem inglesa Dawn O'Porter e já pode ser adquirido na Amazon e já está causando bafafá entre as blogueiras!
Confiram a sinopse:

"Um pedaço de carne; feito para reproduzir; além da sua data de vencimento; parte do rebanho. 
Mulheres não têm que se encaixar em estereótipos. 
Tara, Cam e Stella são estranhas vivendo suas próprias vidas da melhor forma que podem, apesar de poder ser difícil gostar do que você vê no espelho quando a sociedade grita que você devia viver de um jeito específico. 
Quando um evento extraordinário cria laços invisíveis de amizade entre elas, a catástrofe de uma mulher vira a inspiração de outra, e uma lição para todas. 
Às vezes não tem problema não seguir o rebanho. 
Vacas é um livro poderoso sobre três mulheres julgando uma à outra, mas também a si mesmas. Entre todo o barulho da vida moderna, elas precisam encontrar suas próprias vozes."

terça-feira, 19 de setembro de 2017

É hoje a pré-estreia do filme "Divórcio"!

Ambientado na cidade e produzido pelo ribeirão-pretano, LG Tubaldini Jr., filme tem direção de Pedro Amorim e é protagonizado pelos atores Camila Morgado e Murilo Benício. Em Ribeirão Preto, haverá exibição exclusiva para convidados no dia 19/09 


É hoje a Pré-estreia exclusiva de Ribeirão Preto-SP do longa Divórcio, comédia romântica com direção de Pedro Amorim (Mato sem cachorro) estreia em todo o País no dia 21 de setembro. 

Produzido pelo ribeirão-pretano LG Tubaldini Jr e André Skaf, o longa é protagonizado pela dupla Camila Morgado e Murilo Benício, com produção da Filmland Internacional e distribuição da Warner Bros. Pictures, que também é coprodutora. O segundo trailer oficial https://youtu.be/HVH78k_-8y4 foi lançado nesta semana. O primeiro trailer divulgado atingiu a marca de 5.7 milhões de visualizações. A cantora Paula Fernandes regravou a música “Evidências”, de Chitãozinho & Xororó, para o filme.

As filmagens do Divórcio foram realizadas em Ribeirão Preto, tanto em locações na parte urbana da cidade como em uma plantação de tomates. O longa contou também com moradores de Ribeirão na equipe, no elenco e figuração.

Com roteiro de Paulo Cursino, a trama acompanha a história de Noeli (Camila Morgado), que é roubada do altar por Júlio (Murilo Benício). O casal leva uma vida humilde, mas enriquece quando o molho de tomate Juno, criado por eles, torna-se um sucesso. Com o passar dos anos, os dois abrem uma grande empresa e enriquecem, mas o dinheiro e a rotina os distanciam. E um mal entendido é a gota d'água para a separação. Para defender o patrimônio, cada um tenta achar o melhor advogado para si, o que gera um processo de divórcio cheio de confusões e com cenas hilárias.

O elenco conta também com Thelmo Fernandes, Luciana Paes, André Mattos, Ângela Dippe, Cynthia Falabella, Bruna Tornarelli, Gustavo Vaz, Robson Nunes, Antônio Petrin, Lu Grimaldi, Jonathan Well, Carol Severian, Flávia Martins e as participações especiais de Sabrina Sato e Paulinho Serra.

Confiram o trailer mais recente:



ELENCO: 
Murilo Benício: Júlio
Camila Morgado: Noeli
Luciana Paes: Sofia
Thelmo Fernandes: Milton
Carol Severian: Laura
Flávia Martins: Tininha
André Mattos: Roberto Lobão
Ângela Dippe: Priscila Kadisci
Cynthia Falabella: Jana
Bruna Tornarelli: Shana
Antônio Petrin: Leon
Lu Grimaldi: Dirce
Gustavo Vaz: Catanduva
Robson Nunes: Pardalzinho
Jonathan Well: Vareta
Participação especial: Sabrina Sato, Paulinho Serra

FICHA TÉCNICA:
Diretor: Pedro Amorim
Produtores: LG Tubaldini Jr e André Skaf
Diretor de fotografia: Hélcio Alemão Nagamine
Diretora de Arte: Valéria Costa
Produtora executiva: Camila Groch
Produtora de Elenco: Marcela Altberg
Figurinista: Lelê Barbieri
Roteirista: Paulo Cursino (com colaboração de Angélica Lopes)
Argumento de: LG Tubaldini Jr
Empresa produtora: Filmland Internacional
Coprodução e Distribuição:  Warner Bros. Pictures

SOBRE A PRODUTORA - FILMLAND
A Filmland Internacional é uma produtora brasileira de cinema que tem como principal foco realizar filmes que aliem qualidade e entretenimento, para os mercados nacional e internacional. Em seu portfólio, há diversos filmes que foram muito bem recebidos pelo público e em prestigiados festivais. Entre eles O Vendedor de Sonhos, baseado no livro de maior sucesso de Augusto Cury e dirigido por Jayme Monjardim, que está entre as 10 maiores bilheterias nacionais em 2016, lançado pela Warner Bros; outro destaque é a comédia O Concurso, que alcançou 1.500.000 espectadores; bem como a comédia romântica Qualquer Gato Vira Lata, que teve a maior renda da história da Disney Brasil entre produções locais em 2011. Além de longas de ficção a Filmland realizou documentários, como Marcha da Vida, que foi rodado no Brasil, Estados Unidos, Polônia, Alemanha e Israel, dirigido pela americana Jessica Sanders, nominada a um Oscar e vencedora no Festival de Sundance. Atualmente a Filmland desenvolve vários filmes de gênero, que vão da ficção científica à aventura e os quadrinhos.

SOBRE A COPRODUTORA E DISTRIBUIDORA - WARNER BROS. PICTURES
A Warner Bros. Entertainment Inc. é um dos líderes mundiais em criação, produção, distribuição, licenciamento e marketing de todas as formas de entretenimento e negócios correlatos. Os estúdios Warner Bros., hoje Warner Bros. Pictures, representando uma das divisões do Grupo, surgiram quando quatro irmãos – Albert, Sam, Harry e Jack L. Warner – fundaram sua companhia de cinema, em 4 de abril de 1923. O lançamento do primeiro longa-metragem falado da história do cinema – O Cantor de Jazz –, em 1927, estabeleceu um padrão de qualidade, inovação e referência que se tornaria sinônimo do nome Warner Bros. De sua fundação até hoje, a Warner Bros. Pictures acumula um legado sem paralelo na produção de entretenimento.
No Brasil, a Warner Bros. Pictures iniciou suas atividades em março de 1929 e, desde então, trouxe para o país grandes clássicos do cinema como Casablanca, Meu Ódio Será sua Herança, Um Bonde Chamado Desejo e Superman, bem como as franquias de sucesso Matrix, O Senhor dos Anéis, Harry Potter, Batman, Se Beber, Não Case! e Hobbit, além do recente lançamento Batman vs Superman: A Origem da Justiça.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Editora Pedrazul agora na Livraria Cultura!

Para você que prefere comprar numa livraria, a partir do próximo mês todos os livros da Pedrazul estarão à sua disposição em todas a lojas Cultura e FNAC no Brasil inteiro. 👌 😍Agradecemos à livraria Cultura por atender ao desejo dos nossos leitores! 🙏😍 #somostodospedrazul


terça-feira, 11 de julho de 2017

Pedrazul reúne fãs de leitores de romances de época e históricos para Papos & Ideais em noite de lançamentos


A Pedrazul Editora vai reunir os fãs de romances de época e históricos para os lançamentos da trilogia Amores, de Silvia Spadoni: (Um Amor Conquistado, Um Amor Inesperado e Um Amor Apaixonado); A Estrangeira, de Chirlei Wandekoken e Alina, de Emilia Lima, na Saraiva Mega Store do Shopping Higianópolis, São Paulo, no dia 4 de agosto. 


O encontro terá a participação de editores da Pedrazul e dos autores para noite de autógrafos, com mediação de Elimar Souza, do Rio de Janeiro. O encontro é aberto e gratuito e todos os livros da estarão à venda.

Anota aí
Dia: 04 de agosto
Horário: Das 19 às 21h30 horas
Local: Saraiva Mega Store do Shopping HigienópolisR. Dr. Veiga Filho, 133 - Higienópolis, São Paulo - SP, 01238-000.
contato@pedrazuleditora.com.br


A Pedrazul Editora é a editora dos clássicos ingleses no Brasil e dos livros que ganharam adaptações para as telas, seja na Netflix, BBC ou filmes independentes. São vários os lançamentos da Pedrazul com adaptações cinematográficas: 

*Anne de Green Gables, de Lucy Maud Montgomery, série da Netflix Anne With an “E”; 

*Anne de Avonlea, de Lucy Maud Montgomery, continuação de Anne de Green Gables, série da Netflix Anne With an “E”;

*Kurt Seyit & Shura, de Nermin Bezmen, série da Netflix;

*A Pequena Dorrit, de Charles Dickens, série da BBC de Londres;  

*Longe Deste Insensato Mundo, de Thomas Hardy, filme Far From the Madding Crowd;
Tess dos D’Ubervilles, de Thomas Hardy, várias adaptações cinematográficas, inclusive pela BBC de Londres; 

*O Retorno do Nativo, de Thomas Hardy, filme; 
*Margaret Hale (Norte & Sul), Cranford e O Chalé de Moorland, de Elizabeth Gaskell, ambos com séries na BBC de Londres;

*A Inquilina de Wildfell Hall, de Anne Brontë, com série na BBC de Londres.

Atualmente é a editora que mais se dedica à tradução e à publicação de obras mundialmente consagradas, algumas ainda desconhecidas no mercado editorial brasileiro, como os autores que influenciaram o estilo da mais famosa escritora inglesa de todos os tempos, Jane Austen. Também atua no segmento romance histórico e de época escritos por autores contemporâneos.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

CIA Das Letras relança edição de Anna Kariênina


Em tradução de Rubens Figueiredo, com posfácio de Janet Malcolm, a obra-prima de Liev Tolstói retrata o caso de infidelidade da aristocrata Anna Kariênina, tendo como cenário uma Rússia decadente.

"Toda a diversidade, todo o encanto, toda a beleza da vida é feita de sombra e de luz", escreve Liev Tolstói no romance que Fiódor Dostoiévski definiu como "impecável". Publicado originalmente em forma de fascículos entre 1875 e 1877, antes de finalmente ganhar corpo de livro em 1877, Anna Kariênina continua a causar espanto. Como pode uma obra de arte se parecer tanto com a vida? Com absoluta maestria, Tolstói conduz o leitor por um salão repleto de música, perfumes, vestidos de renda, num ambiente de imagens vívidas e quase palpáveis que têm como pano de fundo a Rússia czarista. Nessa galeria de personagens excessivamente humanos, ninguém está inteiramente a salvo de julgamento: não há heróis, tampouco fracassados, e sim pessoas complexas, ambíguas, que não se restringem a fórmulas prontas. Religião, família, política e classe social são postas à prova no trágico percurso traçado por uma aristocrata casada que, ao se envolver em um caso extraconjugal, experimenta as virtudes e as agruras de um amor profundamente conflituoso, "feito de sombra e de luz".


LIEV TOLSTÓI
O Conde Liev Tolstói nasceu em 1828. Participou da Guerra da Crimeia e casou-se com Sofia Andrêievna Berhs em 1862. Enquanto Tolstói administrava suas vastas propriedades nas estepes do Volga, dava continuidade a projetos educacionais, cuidava dos servos e escrevia Guerra e paz (1869) e Anna Kariênina (1877). Uma confissão (1882) marcou uma crise espiritual em sua vida; ele se tornou um moralista extremista e, em uma série de panfletos, a partir de 1880, expressou sua rejeição em relação ao Estado e à Igreja. Morreu em 1910, em meio a uma dramática fuga de casa, na pequena estação de trem de Astápovo.

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Caraval se destaca na lista dos mais vendidos!

Na lista dos mais vendidos na Revista Veja, categoria Infantojuvenil, Caraval se destaca como um grande sucesso!
Uma história que mistura fantasia, romance e drama. Com os direitos para o cinema vendidos para a Fox, o filme já conta com os mesmos produtores de Divergente e Jogos Vorazes.

▶️http://bit.ly/Caraval


quinta-feira, 6 de julho de 2017

Papos & Ideias Livros que viraram Séries & Filmes


Pessoal! A Pedrazul Editora vai reunir os fãs apaixonados por livros que viraram séries e filmes em um evento na Saraiva Mega Store do Morumbi Shopping, em São Paulo, no próximo dia 6 de agosto. 

O encontro terá a participação de editores, tradutores e especialistas da Pedrazul para falar sobre essa nova febre do mercado editorial: as adaptações para as telas de grandes sucessos da literatura. No evento será apresentado todo o catálogo da editora nessa área, além de títulos já lançados e futuros lançamentos. O encontro é aberto e gratuito e todos os livros da Pedrazul Editora estarão à venda.

Mediação: Elimar Souza do Papos & Ideias Saraiva




terça-feira, 6 de junho de 2017

RESENHA Alina de Emilia Lima

Por Maju Raz

Título: Alina
Autora: Emilia LIma
Editora: Pedrazul Editora
Páginas: 191
Sinopse: Amor e paixão no Brasil colonial!
Ambientada na Bahia século XVI, com passagens em Lisboa, Alina conta a história da família Cirilo, que veio de Portugal com o intuito de ajudar na colonização do Brasil. Alina Cirilo amou o jovem advogado Pedro Garcia desde a primeira vez que o viu – um grande amor, porém, proibido. Apaixonada por Pedro, com quem havia se deitado, ela é enviada pelo pai para longe, mas já levava a semente dele dentro de si. Sem escolha, longe de casa, vivendo em meio aos índios, ela conhece Naru, um mestiço com modos de fidalgo. Sozinha, carente, ela deixa-se conquistar pelo jovem belo e doce mestiço, embora nunca tenha esquecido Pedro. Amor, laços familiares, renúncias, traições e reencontros surpreendentes. 





“Alina” é escrito pela economista Emilia Lima. A baiana é apaixonada pelas letras e romances de época e acabou nos presenteando com a trilogia ”Família Cirilo”. A Pedrazul Editora lança agora “Alina” e em breve “Ágata” e “Dandara”.

Em “Alina” conferimos a história da menina Alina. O romance se passa na época do Brasil colônia. A família da jovem, os Cirilo, eram muito conhecidos e respeitados em Portugal, tinham até amizade com a Coroa, por isso vieram pra cá, com intuito de ajudar na colonização Brasileira.  

Mesmo sendo de família rica a moça sempre foi muito fofa e comprometida com causas sócias. Ela tinha um coração de outro, era uma pessoa simples, era contra a escravidão, respeitava a maneira que as pessoas pensavam, mesmo discordando de ideias contrárias, pois ela amava LIBERDADE.

“Alina jamais via o mundo pelo lado material. Tudo nela era pura emoção.”

E ela teve muita sorte de estar naquela família, que mesmo vivendo numa sociedade extremamente patriarcal, tinha liberdade de ir e vir, diferente das moças de sua época.

“Não era daquelas jovens que só pensavam em roupas e festas, adorava música e principalmente os livros.”

Ah, o amor jovem... Alina com seus poucos doze anos, se apaixona por Pedro Garcia, um jovem advogado já casado e com filhos. Aqui é o início de um grande amor juvenil platônico e proibido.

“Na primeira vez que Alina colocara os olhos em cima de Pedro Henrique ela tinha 12 anos e ele 24, e foi amor a primeira vista, de ambos os lados, mas ela era ainda uma criança e ele um homem casado. Ele era um homem lindo, moreno, alto, e possuía a mesmo cor dos olhos de Alina. Ela entretanto, sabia que sua única opção era calar o coração para aquele amor e seguir a sua vida.”

O tempo foi passando...apensar de Alina seguir forte com a convicção de seu amor pelo jovem Pedro, só pode aproximar-se dele como amiga. Mas só isso não era suficiente pra ela. Pedro e Alina começam a passar muito tempo juntos e se torna, mais que bons amigos: eles se descobrem que se gostam mutuamente e acabam passando em segredo uma noite de amor.

"Encontrara no amor do criador forças para viver e sempre entregava, nas suas mãos, os problemas que não poderia resolver"

Antes de ir embora, pois todos fuxicavam de sua “amizade” com Pedro, Alina se descobre grávida de gêmeos através de uma antiga amiga índia. Ela inventa uma história pra família e foge com mucama de sua irmã Clara, conhecida como Ana. As duas vão até uma aldeia indígena. Lá Alina é mais que bem recebida e tem seus filhos. Uma nova fase de vida pra moça que acaba conhecendo Naru, filho de um português com uma índia. Os dois acabam se casando e vivendo um dos melhores momento de suas vidas.

"Todos os dias, à tarde, Alina ia caminhar na beira da praia, às vezes dona Ana ia com ela; às vezes Naru insistia em a acompanhá-la, mesmo eles sendo tão maravilhosos o que ela gostava mesmo era de ir sozinha, da solidão, da paz...”

Mas, como no coração a gente não manda, é Pedro que sempre fala mais alto dentro dos sentimentos de Alina. É com ele que ela sempre quis viver um amor.

“Você será sempre o meu amor, eternamente, mas não posso destruir a vida de outras pessoas para viver a minha felicidade. ”

Chega! Falei demais! Esta é uma história que nos faz refletir sobre o amor e mais ainda sobre nossas escolhas. Toda ação tem uma consequência e muda não só nós mesmo, mas aos outros.

A história é contada em 3ª pessoa por um parente distante de Alina - onde Alina é a tataravó da bisavó da narradora. Apesar de ser uma narrativa que se passa em um século diferente, não senti dificuldade ao ler, nem aquele peso de palavras difíceis e diálogos entediantes como alguns romances de época possuem.

Com uma proposta diferente o livro vem com ilustrações de trações finos e delicados produzidos por Mara Sop. Também encontramos ao longo das páginas algumas notas de rodapé com explicações históricas para complemento da narrativa. Uma leitura rápida, leve e muito bem pesquisada historicamente. Gostei bastante da escrita e das tramas de Emilia e vamos aguardar o que as próximas aventuras dos Cirilo nos guardam! Leiam!

Adquiriam o livro aqui 


segunda-feira, 5 de junho de 2017

“Divórcio”, com Camila Morgado e Murilo Benício, estreia 22 de junho



"O longa Divórcio, comédia romântica com direção de Pedro Amorim (Mato sem cachorro), estreia dia 22 de junho nos cinemas. Produzido pelo Ribeirãopretano LG Tubaldini Jr e André Skaf, o longa é protagonizado pela dupla Camila Morgado e Murilo Benício. O filme é uma produção Filmland Internacional e será distribuído pela Warner Bros. Pictures, que também é coprodutora do longa.

As filmagens foram realizadas em Ribeirão Preto, tanto em locações na parte urbana da cidade, como em uma plantação de tomates. O longa contou também com moradores de Ribeirão na equipe, no elenco e figuração. Com roteiro de Paulo Cursino, a trama acompanha a história de Noeli (Camila Morgado) e Júlio (Murilo Benício), casal humilde que enriquece quando cria o molho de tomate Juno, que se torna um sucesso nacional.  Com o passar dos anos, já donos de uma grande empresa e com muito dinheiro, os dois se distanciam. E um incidente na estrada é a gota d'água para a separação do casal. Enquanto buscam o melhor advogado para defender o patrimônio de cada um, o ex-casal se envolve em um processo de divórcio cheio de confusões e com cenas hilárias.



O elenco conta também com Thelmo Fernandes, Luciana Paes, André Mattos, Ângela Dippe, Cynthia Falabella, Bruna Tornarelli, Gustavo Vaz, Robson Nunes, Antônio Petrin, Lu Grimaldi, Jonathan Weel, e as participações especiais de Sabrina Sato e Paulinho Serra.

Confiram o trailer:



Noeli (Camila Morgado) e Júlio (Murilo Benício) são um casal humilde que enriquece quando inventam o molho de tomate Juno, que se torna um sucesso nacional.  Com o passar dos anos, já donos de uma grande empresa e com muito dinheiro, os dois se distanciam. E um incidente na estrada é a gota d'água para a separação. Enquanto buscam o melhor advogado para defender o patrimônio, o ex-casal se envolve em um processo de divórcio cheio de confusões e momentos hilários.

Camila Morgado: Noeli
Murilo Benício: Júlio 
Luciana Paes: Sofia
Thelmo Fernandes: Milton
Carol Seviran: Laura
Flávia Martins: Tininha
André Mattos: Roberto Lobão
Ângela Dippe: Priscila Kadisci
Cynthia Falabella: Jana
Bruna Tornarelli: Shana
Antônio Petrin: Leon
Lu Grimaldi: Dirce
Gustavo Vaz: Catanduva
Robson Nunes: Pardalzinho
Jonathan Weel: Vareta
Participação especial: Sabrina Sato, Paulinho Serra


FICHA TÉCNICA:
Diretor: Pedro Amorim
Produção: LG Tubaldini Jr e André Skaf
Diretor de fotografia: Hélcio Alemão Nagamine
Diretora de Arte: Valéria Costa
Produção executiva: Camila Groch
Produtora de Elenco: Marcela Altberg
Figurinista: Lelê Barbieri
Roteirista: Paulo Cursino (com colaboração de Angélica Lopes)
Argumento: LG Tubaldini Jr
Coprodução e Distribuição:  Warner Bros. Pictures


A FILMLAND INTERNACIONAL é uma produtora brasileira de cinema que tem como principal foco realizar filmes que aliem qualidade e entretenimento, para os mercados nacional e internacional. Desde 2001, a Filmland Internacional, que tem como produtor LG Tubaldini Jr, desenvolve projetos cinematográficos com coproduções internacionais. Em seu portfólio há diversos projetos que foram muito bem recebidos pelo público e em prestigiados festivais. Entre eles está o filme “O Vendedor de Sonhos”, baseado no livro de maior sucesso de Augusto Cury e dirigido por Jayme Monjardim, com lançamento marcado para dezembro de 2016 pela Warner Brothers; a comédia “O Concurso”, que alcançou 1.500.000 espectadores; a comédia romântica "Qualquer Gato Vira Lata", que teve a maior renda da história da Disney Brasil em produções locais; o documentário "Marcha da Vida” que foi rodado no Brasil, Israel, Estados Unidos, Polônia e Alemanha, dirigido pela americana Jessica Sanders, nominada a um Oscar e vencedora no Festival de Sundance e lançado também nos Estados Unidos, com vendas internacionais. Além disso, a produtora tem em seu currículo uma extensa lista de curtas metragens, incluindo o sucesso de crítica "De Glauber para Jirges”, selecionado hours concours no Festival de Veneza, e “14Bis", exibido em circuito comercial de cinemas, tendo sido um grande sucesso em Home Video e contando com vendas internacionais para vários países do mundo.



SOBRE A PRODUTORA – FILMLAND
 
A Warner Bros. Entertainment Inc. é um dos líderes mundiais em criação, produção, distribuição, licenciamento e marketing de todas as formas de entretenimento e negócios correlatos. Os estúdios Warner Bros., hoje Warner Bros. Pictures, representando uma das divisões do Grupo, surgiram quando quatro irmãos – Albert, Sam, Harry e Jack L. Warner – fundaram sua companhia de cinema, em 4 de abril de 1923. O lançamento do primeiro longa-metragem falado da história do cinema – “O Cantor de Jazz” –, em 1927, estabeleceu um padrão de qualidade, inovação e referência que se tornaria sinônimo do nome Warner Bros. De sua fundação até hoje, a Warner Bros. Pictures acumula um legado sem paralelo na produção de entretenimento.

 No Brasil, a Warner Bros. Pictures iniciou suas atividades em março de 1929 e, desde então, trouxe para o país grandes clássicos do cinema como “Casablanca”, “Meu Ódio Será sua Herança”, “Um Bonde Chamado Desejo” e “Superman”, bem como as franquias de sucesso “Matrix”, “O Senhor dos Anéis”, “Harry Potter”, “Batman”, “Se Beber, Não Case!” e “Hobbit”, além do recente lançamento “Batman vs Superman: A Origem da Justiça”.


sexta-feira, 2 de junho de 2017

Concerto Sinfônico Literário abre 17ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto

É AMANHÃ! Às 19h, no Theatro Pedro II, acontece a abertura da 17ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto. A feira, que será totalmente gratuita e aberta ao público, tem início em grande estilo com o Concerto Música Sinfônica Brasileira Inédita com Literatura Portuguesa Consagrada da USP-Filarmônica & Orquestra Jovem Acadêmica Alma (Academia Livre de Música e Artes). Um dos mais importantes eventos culturais da América Latina, a feira acontece de 4 a 11 de junho e traz uma programação diversificada com mais de 260 atividades, promovidas pela Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto em parceria com o Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura e Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e Usina Alta Mogiana.
“Homenageando a produção de escritores portugueses, com o poeta Fernando Pessoa em destaque, o espetáculo de abertura inova com obras lítero-musicais inéditas e compostas especialmente sob encomenda aos compositores ribeirão-pretanos, Rubens Russomanno Ricciardi, José Gustavo Julião de Camargo e Lucas Eduardo da Silva Galon”, explica a presidente da Fundação do Livro e Leitura, Adriana Silva (curadora da feira). O concerto também apresenta jovens cantores solistas ribeirão-pretanos ou radicados em Ribeirão Preto, alunos ou ex-alunos da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto.


O diretor artístico e regente do concerto, Rubens Russomano Ricciardi, avalia que a Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto vem se consolidando há 17 edições como um dos principais eventos literários e envolvendo os mais diversos projetos editoriais no Brasil. É a primeira vez que a USP - Filarmônica (orquestra da USP-Ribeirão) participa da feira, numa parceria com o Projeto Alma. Para o regente abre-se um novo e fecundo caminho no qual literatura e música se encontram definitivamente - já que foi feito um trabalho autoral com a criação de composições para o espetáculo. “Obras literárias receberam versões vocal-sinfônicas inéditas numa unidade instigante entre poética literária e poética musical. A feira passa a ser também sede da música do aqui e agora, reunindo não só no concerto de abertura solistas cantores e músicos instrumentistas, mas valorizando artistas locais”.

O concerto marca a estreia mundial destas obras que serão apresentadas ao público. A produção inédita é inspirada na canção sinfônica brasileira de meados do século XX, que tem nas figuras de Claudio Santoro e Gilberto Mendes suas principais referências. Os dois cancionistas protagonistas são precursores da Bossa-Nova e se encontraram com poetas como Antonieta Dias de Moraes e Vinícius de Moraes, cuja obra resultante refuta a auto-proclamação de Richard Strauss como último cancionista sinfônico da história. Ricciardi ressalta que fontes primárias de Claudio Santoro e Gilberto Mendes integram as coleções do Centro de Memória das Artes da USP-Ribeirão, tornando-se objeto de pesquisa e divulgação do NAP-CIPEM (Núcleo de Pesquisa em Ciências da Performance em Música). “Estas versões inéditas de Gilberto Mendes e Claudio Santoro são também referências importantes para os compositores hoje atuantes em Ribeirão Preto”.

Segundo Lucas Galon, diretor artístico-pedagógico da Alma, a orquestra jovem acadêmica une-se à Filarmônica USP, celebrando mais um concerto, fruto do convênio entre as entidades, em ambiente propício à difusão da música atrelada à literatura. “Este convênio proporciona aos alunos o contato com o universo do ensino superior em música e especialmente neste concerto de abertura da Feira do Livro. O evento tão aclamado da cultura ribeirão-pretana permite que os alunos experimentem um ambiente fecundo, lidando diretamente com a arte contemporânea, uma vez que as obras são inéditas, de compositores locais, baseados em textos de poetas portugueses”.
Os ingressos para a abertura devem ser retirados na bilheteria do Theatro Pedro II, no dia do evento e estão sujeitos à lotação do espaço.

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Pedrazul lança "A Estrangeira" de Chirlei Wandekoken


 Compre aqui em e-book

A Editora Pedrazul lançou o livro nacional  da jornalista, pedagoga e Editora Chirlei Wandekoken, "A Estrangeira"! O livro já se encontra pra vender no site da Editora E na Amazon já podemos conferir as sequências do romance com capas espetaculares!

Adquira o livro AQUI
  
Compre aqui

Compre aqui





















Casamentos entre primos eram tradicionais entre duas nobres famílias inglesas.A aliança, que havia começado há muitos séculos a fim de fortalecer a família inglesa contra um clã escocês, agora incomodava o atual conde de Northumberland. Quando ele achava que este era seu maior problema, chega à casa do Lago Green, em Alnwick, a sobrinha de um falecido escudeiro de seu pai. 


Na primeira metade do século XIX, na Prússia cheia de guerrilhas, uma jovem sem meios aceita se casar sem amor. Mas no dia do casamento algo terrível acontece. Forçada a viver em cativeiro, ela foge para a Inglaterra à procura de seus parentes. Porém, nada é como ela esperava. Não havia tia, nem tio e nem primos à sua espera. O encontro entre Eliza e o cavalheiro que herdara de seu antepassado, além do apelido, o ímpeto e a beleza, vai desenterrar antigos segredos, pois fala-se no condado que os membros do clã inglês, além de terem a estranha tradição de se casarem com primos, no passado casavam-se com seus próprios irmãos. Inspirado na Batalha real de Otterbourne, A Estrangeira, 340 páginas, narra duas histórias de amor que, embora separadas por 442 anos, se entrelaçam num verdadeiro turbilhão de emoção e mistério.