segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Resenha – “Surpresa do Além” de Charlaine Harris


Por Francine Estevão


Título Original: Grave Surprise
Título Nacional: Surpresa do Além
Autor:
 Charlaine Harris
Ano de Lançamento:
 2012
Número de Páginas:
 254
Categoria:
 Ficção/Policial
Editora:
 Lua de Papel
(Parceira)


#2 Série Harper Connelly Mysteries

Agradecimento Lua de Papel

Sinopse: Convidados pelo professor de antropologia Clyde Nunley, Harper Connely e seu meio-irmão Tolliver viajam até Memphis para demonstrar, num antigo cemitério, seu estranho talento: localizar o corpo de pessoas mortas e descobrir a causa do falecimento. No entanto, Nunley se matem cético, mesmo depois de Harper encontrar e anunciar dois corpos num mesmo túmulo bem abaixo de seus pés. O primeiro, de um homem morto há séculos. O outro, de uma jovem falecida há pouco tempo. Assim, o que seria uma simples demonstração do trabalho de Harper revela outro mistério: o corpo encontrado era da filha desaparecida de uma mulher que meses antes contratara seus serviços paranormais. Parecia uma nova oportunidade de concluir um de seus raros casos sem solução, mas a investigação sobre o crime guardava mais uma surpresa: na manhã seguinte, um terceiro corpo é descoberto - na mesma cova...



“Surpresa do Além” é o segundo livro da série Harper Connelly Mysteries e mesmo sem ter lido o primeiro (ainda), devo dizer que não vejo a hora do terceiro e do quarto livro da série serem lançados no Brasil.

E mesmo sem ter lido o primeiro, os personagens são tão bem construídos que você entende toda a história.

“Surpresa do Além” é um misto de dois dos meus livros favoritos. Um pouco do sobrenatural de “A Mediadora” e um pouco do lado investigativo de “O Aliciador”, que resultam em uma investigação sobre uma descoberta feita por meio de um dom sobrenatural.

Eu explico.

Harper foi atingida por um raio quando era mais nova e desde então ela consegue descobrir a causa da morte das pessoas. Com isso, ela é contratada por diversas famílias para encontrar parentes desaparecidos e ao encontrar o corpo, ela o toca e fica sabendo como foram os últimos minutos do falecido.

Sempre acompanha pelo meio irmão Tolliver, Harper é convidada a participar de uma aula em uma universidade em Memphis para ser desafiada pelo professor descrente.

Harper é levada até um cemitério antigo para “ler” a morte de todos enterrados no local. O que ela não esperava era encontrar dois corpos na mesma sepultura. Tão inesperado quanto dois corpos juntos, é o fato de que o mais recente é o corpo de uma menina de 11 anos que ela mesmo não havia encontrado ao ser contratada pela família da jovem, mais de um ano atrás, em outra cidade.

É então que começa a saga investigativa para descobrir o responsável pela morte da menina e claro o dedo acusador aponta para todos.

Outro aspecto extremamente positivo do livro: você sai acusando todo mundo, o tempo todo durante todo o livro, mas em momento algum você tem certeza de quem é o responsável pelo crime, que você só vai descobrir lá no fim.

Uma história extremamente envolvente com ação, investigação, mistérios e até com muito humor em alguns momentos.

(PS: Virei fã da Harper!)

Um comentário: