sábado, 26 de maio de 2012

Resenha - "O Imortal" de Vanessa Bosso


Por Francine Estevão

Título: O Imortal
Autor: Vanessa Bosso
Ano de Lançamento: 2011
Número de Páginas: 207
Categoria: Romance/Ficção
Editora: Dracaena



Sinopse: Ele não é um vampiro, mas, acaba de completar 533 anos. A vontade de morrer é a única coisa que o mantém vivo. Até que alguém surge em sua vida...Alguém capaz de mudar tudo. Deixe-se transportar para o Vale do Loire e descubra que o amor verdadeiro existe, independente do tempo e espaço. Desvende os segredos por trás da imortalidade e deixe-se apaixonar por esse romance imortal. 

“O Imortal” é um livro diferente e super fácil de ler. Daqueles que proporcionam uma leitura rápida e gostosa. Além de ter um final surpreendente.

Nicolas é imortal e sabe um jeito de transformar metal em ouro, o que permite que ele seja ultra rico sem precisar fazer nada além de curtir o paraíso que é seu próprio castelo no Vale do Loire e seus carrões (o cara tem uma Ferrari, um Volvo...) na companhia do amigo-mordomo Pierre. O que mais alguém poderia querer da vida? 

Pois é, nunca estamos satisfeitos com o que temos. E aos 533 anos de vida, Nicolas só deseja uma coisa: a morte (sim, isso é possível mesmo ele sendo imortal, mas eu não vou contar como). Mas Pierre sempre impede ele de cometer essa loucura. O problema é que Nicolas se sente muito sozinho sem nunca ter se apaixonado por ninguém esse tempo todo.

Um dia, Sophie aparece no castelo com um grupo de amigos, debaixo de chuva, depois que o carro em que ela estava teve um problema mecânico. A atração de Nicolas por ela foi instantânea e surpreendeu até meso Pierre. A turma foi convidada a ficar no castelo até que o carro fosse consertado.

Eis aqui o único ponto que me deixou meio assim no livro: o amor entre Sophie e Nicolas acontece muuuuuito rápido para o meu gosto, mas vá lá.

Mas, claro, o ‘felizes para sempre’ não vai ser assim tão simples e aqui, se eu falar mais alguma coisa, estrago o livro então vou deixar para vocês lerem.

Voltando ao que eu disse no começo, o final é surpreendente e evita qualquer possível clichê. Quando vai chegando o fim do livro, você se envolve de tal maneira nas cenas, que elas passam pela nossa cabeça como se fossem um filme.

Além disso, durante todo o livro fiquei me perguntando algumas coisas que só fui descobrir mais pra frente. Esse mistério sobre, por exemplo, como ele virou imortal me fez ler ainda mais rápido pra descobrir o que tinha acontecido.

Ah, mas o final...hahaha. É, deu pra ver que eu gostei mesmo do final, né?
 

2 comentários:

  1. Eu achei super criativa a história, mas também pudera né, é Vanessa Bosso ( sim, eu sou fã!) XD

    ResponderExcluir
  2. KKKKKK, esse final é paradoxal !!!!! Eu amo o final, confesso que até chorei ao escrevê-lo. Obrigada pela resenha, adorei!

    ResponderExcluir