segunda-feira, 17 de setembro de 2012

O Livro abandonado

Foto Maju Raz

O Livro abandonado

Perfume do silêncio,
Um fio de luz, ilumina o espaço…
Um livro abandonado,
De páginas rasgadas...
Consumidas pelo tempo.
Que palavras terá?
Que histórias contará?
Fala de tudo e no tudo, não fala de nada,
Expressa os momentos.
Traduz sentimentos...
Mostra o tempo que passa...
Aventuras do passado e do presente,
Páginas por desfolhar do futuro,
Próximo, distante…
Poucos são os que o lêem,
Desconhecem a sua existência...
Mas o livro está lá,
De páginas abertas,
Para quem quiser ler…
À espera de um simples contacto.
Escrito por ti, por mim,
Pelo Criador...
Por todos e por ninguém…
Fala de tristeza, alegria e amor...
Mostra imagens distorcidas,
De heróicos feitos,
Ou de simples acontecimentos...
Letras que encaixam...
Mensagens perdidas ou presentes,
Textos de encanto, magia...
Dia a dia, página a página...
Sem índice, sem prefácio...
Numa capa vermelha e dourada,
É apenas um livro abandonado...
Perdido num canto qualquer…
Para muitos sem significado,
Para outros…
O livro da vida.


Luiz Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário