quarta-feira, 28 de novembro de 2012

NOTÍCIA: Clássico pode reduzir pena de presos

Por Francine Estevão

Os presos de Joaçaba, em Santa Catarina, que lerem o livro "Crime e Castigo" de Dostoiévski, podem ter a pena reduzida segundo decisão da Vara Criminal da cidade como parte de um projeto chamado Reeducação do Imaginário.

Os detentos vão ter 30 dias para ler a obra e depois vão passar por uma avaliação judicial. Se a compreensão da obra tiver sido satisfatória, a pena pode ser reduzida em quatro dias, e a partir dai, mais quatro para cada livro lido.

23 presos já aderiram ao projeto que também conta com livros de Shakespeare e Camilo Castelo Branco.

Fonte: Folha de S. Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário