segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Resultado Sorteio de Aniversário


Parabéns, Monique Dieli Chiarentin! Você foi a ganhadora do nosso sorteio de um ano do blog Sociedade do Livro e vai receber 01 livro "Capitães de Areia" do Jorge Amado, 01 bloquinho de anotações, 10 marcadores de páginas e 03 bottons.

Lembrando que a ganhadora tem até o dia 10 de Janeiro para nos mandar um e-mail para sociedadedolivrorp@gmail.com com nome e endereço completo. Depois desse prazo, se não recebermos o e-mail, o sorteio será refeito e outro ganhador leva os prêmios para casa.

Para conferir o post do sorteio, clique aqui.


CLUBE DO LIVRO FNAC: O último post: 2012 - "O ano da leitura mágica"



Por Maju Raz


Quando comecei a participar dos primeiros encontros do clube de leitura na FNAC, a convite da Francine, nunca tinha pensado seriamente sobre o tema... A idéia da Fran de promover esses encontros literários surgiu com o objetivo de reunir os fãs de literatura e logo ganhou nosso apoio (e da FNAC) já que sempre dividimos o interesse por livros, discutindo literatura, trocando roubando hihihihi que horror e emprestando livros uma das outras. Tá mas... Porque estou falando isso? Ah, deve ser o fim do ano que me deixa nessa pieguice toda...

Bom, se eu pudesse fazer um balanço de 2012, diria que foi um ano diferente, de muitas derrotas, mas muitas leituras, muitas conquistas, vitórias e aprendizados. Nosso primeiro livro escolhido por nós, equipe Sociedade do Livro, para debater no primeiro encontro em janeiro foi “O ano da leitura mágica” da escritora Nina Sankovitch. A obra sugeria se identificar com a proposta do nosso clube de leitura. Nesse livro, a autora propõe a si mesma um grande desafio após a morte da irmã: ler um livro por dia durante um ano, o que a fará perceber a capacidade que os livros têm de moldar nossas vidas e servir como uma terapia. E pra mim 2012 foi bem isso - o ano da leitura mágica.

Não consegui realizar todas as minhas metas  será que alguém conseguiu realizar todas as suas metas?   nem conseguimos um clube do livro com mais de vinte pessoas. Mas conseguimos mais que isso. Conseguimos O NOSSO clube do Livro. No começo o desespero de não ir ninguém aos encontros reinava em nossos corações (sim meu apelido é rainha do drama). Cada mês corríamos na FNAC praticamente todos os dias da semana para panfletar, “vender o livro” e fazer propaganda do próximo encontro (também sou conhecida como garota hipérbole): “Olá, boa tarde! Já conhece o Clube do Livro da FNAC? Não? Ah então...todo mês discutimos um livro assim assim assado e bláblábláblá. Se não quiser comprar o livro, se não quiser ler ou não leu não tem problema, venha mesmo assim. Temos sorteio de brindes e ainda vocês podem votar no livro do próximo mês” (hehehehe). Mas os dias passavam e as pessoas especiais foram tendo presença a cada mês e nosso clube do livro foi sendo formado. O site também foi crescendo aos poucos e de grão em grão fomos conseguindo as parcerias. Aiai. Até parece que foi mês passado tudo isso...

E é com o último post do ano a que venho (em nome de todas) agradecer a vocês nossos queridos leitores por nos acompanhar, pela constância e confiança. Aos pais, irmãs, amigas (Carla Stechini e Camilinha) e amigas de irmãs que foram aos muitos encontros. Agradeço também a todos os nossos parceiros (TriBooks/Paula), escritoras amigas - Camilla Prietto, Fabiane Ribeiro, JulianaFerreira e Selene d’Aquitaine - e pessoas, que com muito carinho, sempre foram aos encontros. Um agradecimento especial à escritora Vanessa Bosso que sempre nos apoiou, foi aos nossos embates, nos cedeu livros autógrafos e a sua presença única. Não posso deixar de agradecer também ao carinho das meninas fofíssimas Camila Takahashi, Carla Rojas, Kátia Montero e Giu Fernandes.  Muito obrigada pelas risadas, opiniões e presenças! E o “obrigado especial do blog” vai para a web leitora Janaína Barreto que sempre nos visita e comenta. Somos gratas a FNAC pelo espaço cedido e às editoras Arqueiro/Sextante e Universo dos Livros pelo comprometimento com a parceria e por sempre presentear o pessoal que compareceu as reuniões do clube com sorteios de brindes. Por fim, e não menos importante, agradeço as minhas amigas Francine (que começou com isso tudo), Juliana e Rosane. Obrigada por serem minhas companheiras literárias e diárias, mas acima de tudo por me aceitaram e por serem pessoas especiais as quais posso chamar de amigas!



2012 indo embora e 2013 chegando...Eu e todas nós da Sociedade do Livro desejamos a vocês leitores carinhosos e atenciosos, um ano de novos passos e novas realizações lotado de livros, histórias e leituras! 


Venha 2013! Maravilhe-nos! 
Beijos e abraços ^-^

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

LIVRO NO CINEMA: "O lado bom da vida"

Por Francine Estevão 

Em janeiro, dia 12, chega às livrarias do Brasil o livro "O lado bom da vida", de Matthew Quick, lançado pela Editora Intrínseca.



E a boa notícia é que em 8 de fevereiro já estreia o filme, com Bradley Cooper (que também está na capa - linda - do livro), Jennifer Lawrence e Robert DeNiro. A adaptação para o cinema já foi eleita melhor Filme Internacional de Toronto pelo público, recebeu 4 indicações ao Globo de Ouro e 5 ao Spirit Awards - Oscar do cinema independente norte-americano.

SinopsePat Peoples, um ex-professor de história na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica — mas ele não se lembra o que fez nem quanto tempo ficou por lá. Para trazer a sua vida de volta aos eixos, Pat passa a seguir uma nova filosofia de vida, que inclui entrar em forma, ser gentil e, principalmente, fazer de tudo para se reconciliar com a ex-mulher, Nikki.

Confira o trailer:





Quero MUITO tanto ler o livro quanto ver o filme! Can't wait!

VEM AÍ: Lançamentos de Janeiro Editora Novo Conceito

Confira os lançamentos da Novo Conceito – Editora Parceira da Sociedade do Livro – para Janeiro de 2013:

“Proteja-me” – Juliette Fay 



Sinopse: Quatro meses após a morte do marido, JanieLaMarche continua tomada pela dor e pela raiva. Seu luto é interrompido, no entanto, pela chegada inesperada de um construtor com um contrato em mãos para a obra de uma varanda em sua casa. Surpresa, Janie descobre que a varanda era para ser um presente de seu marido — tornando-se, agora, seu último agrado para ela.
Conforme Janie permite, relutantemente, que a construção comece, ela se apega aos assuntos paralelos à sua tristeza: cuidando de seus dois filhos de forma violentamente protetora, ignorando amigos e família e se afundando em um sentimento de ira do qual não consegue se livrar. Mesmo assim, o isolamento autoimposto de Janie é quebrado por um grupo de intervenções inconvenientes: sua tia faladeira e possessiva, sua vizinha mandona, seu primo fofinho e até Tug, o empreiteiro.
Quando a varanda vai tomando forma, Janie descobre que o território desconhecido do futuro fica melhor com a ajuda dos outros. Até daqueles com os quais menos esperamos contar.

“O Lorde Supremo” – Trudi Canavan
3º livro da Trilogia do Mago Negro (Livro 1: O Clã dos Magos; Livro 2: A Aprendiz)



Sinopse: Na cidade de Imardin, onde aqueles que têm magia têm poder, uma jovem garota de rua, adotada pelo Clã dos Magos, se encontra no centro de uma terrível trama que pode destruir o mundo todo.
Sonea aprendeu muito no Clã, e os outros aprendizes agora a tratam com um respeito relutante. No entanto, ela não pode esquecer o que viu na sala subterrânea do Lorde Supremo — ou seu aviso de que o antigo inimigo do reino está crescendo em poder novamente. Conforme Sonea evolui no aprendizado, começa a duvidar da palavra do mestre de seu clã. Poderia a verdade ser tão aterrorizante quanto Akkarin afirma? Ou ele está tentando enganá-la para que Sonea o ajude em algum terrível esquema sombrio?

“Não posso me apaixonar” – Bella Andre  
Livro 3 da série Os Sullivans (Livro 1: Um olhar de amor; Livro 2: Por um momento apenas)



Sinopse: Gabe Sullivan é um bombeiro de São Francisco que arrisca sua vida todos os dias. E sabe, por experiência própria, que não deve se envolver com as vítimas de incêndios.
Megan Harris admite que deve tudo ao heroico bombeiro que entrou no prédio em chamas para salvar sua filha de sete anos. Ela lhe deve tudo, exceto seu coração, pois, após perder o marido, cinco anos antes, jurara nunca mais sofrer por amor — e pela perda.
Contudo, quando Gabe e Megan se reencontram e as chamas incontroláveis do desejo se acendem, como ele poderia ignorar a coragem, a determinação e a beleza dela?  E como ela poderia negar não apenas o forte vínculo de Gabe com sua filha, mas também a maneira como seus beijos carinhosamente sensuais a induziam a colocar em risco tudo o que manteve por tanto tempo?
A atração entre Gabe e Megan é irresistível, e se ambos não forem cuidadosos, correm o risco de se apaixonar.

“Uma questão de confiança” – Louise Millar 



Sinopse: Em um subúrbio tranquilo de Londres, algumas mães se ajudam através de amizade, favores e fofocas. No entanto, algumas delas não parecem confiáveis e outras têm segredos obscuros.
Quando Callie se mudou para seu novo bairro, pensou que seria fácil adaptar-se. Contudo, os outros pais e mães têm sido estranhamente hostis com ela e com sua filha, Rae, que também descobriu como é difícil fazer novas amizades. Suzy, seu marido rico e seus três filhos parecem ser a única família disposta a fazer amigos, mas, recentemente, a amizade com Suzy anda tensa.
Ainda mais com a atmosfera pesada que pairou sobre o bairro após a chegada da polícia e o relato de um possível suspeito morando no bairro. O que Callie e sua pequena Rae podem esperar? Em quem confiar? E, sobretudo, como imaginar que certas atitudes rotineiras podem colocar em risco a vida de sua pequena filha? Verdades e mentiras parecem se esconder nestas pequenas casas.

“O Executivo e o Elefante” – Richard L. Daft 



Sinopse: Líderes sabem o que deveriam fazer, então por que não estão fazendo? Quando um líder sabe qual o comportamento mais adequado, por que mantém o velho padrão e falha ao tentar se comportar como pretende? A resposta é que cada um de nós tem dois self: um é reflexivo, prudente e racional (o executivo interior); o outro self tem hábitos enraizados, é impulsivo e se deixa levar por suas emoções (o elefante interior).
Neste livro inovador, Richard L. Daft, expert em liderança, revela como líderes podem reconhecer seus dois self e aprender a acalmar, treinar e guiar seu elefante interior em direção ao comportamento que almejam.
Vários exercícios com resultados comprovados vão capacitá-lo a direcionar a si mesmo e outras pessoas de modo mais produtivo. Com um pouco de prática, seu executivo interior aprenderá a escolher as atitudes corretas em vez de permitir que seus comportamentos indesejáveis se manifestem.
Por meio de exemplos reais de mudanças pessoais drásticas, juntamente com recentes descobertas em psicologia, gerenciamento, neurociência e espiritualidade oriental, Richard Daft oferece orientação a todos que desejam tomar as melhores atitudes ao liderar a si mesmos e outras pessoas.

“Esperando por você” – Susane Colasanti 



Sinopse: É hora de iniciar o segundo ano do Ensino Médio, e Marisa está pronta para um novo começo e para seu primeiro namorado de verdade. No entanto, depois do popular Derek convidá-la para sair, as coisas ficam complicadas. Além de seus pais se separarem e de Marisa ter uma briga com seu melhor amigo, Derek — o amor da sua vida — a deixa desapontada. As únicas coisas que mantêm Marisa são os podcasts de um DJ anônimo, o qual parece entendê-la totalmente. Mas ela não sabe quem ele é… Ou sabe?

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

VEM AÍ: "O homem de todas as minhas vidas" de Vanessa Bosso



A escritora de Ribeirão Preto Vanessa Bosso lança em Maio de 2013 o livro "O homem de todas as minhas vidas", pela Editora Literata. Confira a sinopse:

Qual mulher não quer amar e ser amada além da vida? Melhor ainda, por todas as suas vidas?
Lise reconhece que o amor pode ser um presente e também uma maldição. Nascida com o dom de relembrar todas as suas vidas anteriores, ela sabe que sua alma gêmea sempre conseguiu encontrá-la, independente das adversidades, alcançando seu coração com aqueles belos olhos violeta.
Recorda-se, com amargura, que sua felicidade ao lado daquele homem nunca durou, já que suas vidas sempre terminaram em sangue, dor e morte.
Disposta a mudar o seu destino, resolve fugir do mundo e viver em uma pequena cidade perdida no meio do nada, longe de tudo... inclusive, da possibilidade de amar.
Mas ninguém foge ao seu destino.
O reencontro com o homem de todas as suas vidas já está escrito e o amor ressurgirá de forma avassaladora, acionando de imediato o cronômetro que os levará a uma nova tragédia.
Mesmo conhecendo o desfecho, será que Lise manterá sua sanidade e resistirá a esse homem? Poderá ela mudar o final dessa história? E afinal, porque isso acontece vida após vida?
O Homem de Todas as Minhas Vidas mostra como os verdadeiros sentimentos podem ultrapassar o tempo e espaço. Prepare-se para viver uma trama cheia de reviravoltas, fantasmas do passado e do presente e, mais do que tudo, uma verdadeira celebração à vida como só Vanessa Bosso seria capaz de fazer.

Outros livros da autora: "O Imortal", "Senhor do Amanhã", "Possuída", "O Elemental", "2012".

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Globo Livros vence leilão por livros de autor de "O Caçador de Pipas"



Ainda no primeiro semestre do ano que vem, a editora Globo Livros deve publicar o romance "And The Mountains Echoed" (ainda sem título em português), do escritor afegão Khaled Hosseini. Mesmo autor de "O Caçador de Pipas", que também foi arrematado pela editora e que deve ter uma nova edição publicada em 2013.

O valor do lance não foi divulgado.

"And The Mountains Echoed" conta a história de diversas gerações de uma família. O autor é considerado um dos romancistas mais lidos do mundo e já vendeu 38 milhões de cópias de "O Caçador de Pipas" e "A Cidade do Sol" (juntos), em mais de 70 países.

Fonte: Folha de S. Paulo

Resenha: "Um Tiro" de Lee Child

Por Francine Estevão


Título: Um Tiro
Título Original: One Shot
Autor: Lee Child
Lançamento: 2007
Páginas: 406
Editora: Bertrand Brasil
Categoria: Romance Policial

Sinopse: Um Tiro, de Lee Child, tem início com a descrição dos passos de um franco-atirador em direção a um massacre iminente: com controle, precisão, tranqüilidade e seis disparos, cinco alvos são atingidos em frente à sede de uma afiliada da NBC. Pânico, notícia e mistério: todas as evidências apontam para James Barr, um veterano da Guerra do Golfo, como o principal suspeito dos crimes. Barr, no entanto, se diz inocente. E sabe que apenas um homem terá coragem e tenacidade para perseguir a verdade: Jack Reacher, apresentado no romance Dinheiro Sujo. Após ser preso dentro da própria casa pela SWAT, Barr é levado à prisão e fica em silêncio até ser interrogado pelo advogado de defesa David Chapman. "Pegaram o homem errado", diz, antes de exigir a presença do misterioso ex-policial militar Jack Reacher, que é obrigado a interromper seu descanso numa praia de Miami, ao lado de uma belíssima norueguesa, e voltar a se meter em tramas tão sujas e violentas que derrubariam até James Bond, MacGiver e Chuck Norris. Reacher, no entanto, permanece sempre de pé, armado... e bem vestido.

James Barr é preso depois de ser apontado como o suspeito de ter matado cinco pessoas em uma praça pública. O crime, praticado de um edifício garagem, tinha tantos rastros que era impossível negar quem o tinha cometido. A irmã de Barr é a única que acredita que ele não foi o culpado de tamanha atrocidade, e pede que advogados do escritório onde ela trabalha representem a defesa do irmão, que não confessa o crime e uma das únicas coisas que diz para o advogado é “ache Jack Reacher para mim”.

Barr no entanto acaba caindo em uma armadilha dentro da prisão e vai parar no hospital, correndo risco de nunca mais recuperar a memória.

Enquanto isso, Reacher, ex-policial do exército, que tinha de tudo para ser odiado por Barr aparece e começa a encontrar falhas no crime cometido pelo atirador. Coisas que só ele, um excelente investigador e atirador, é capaz de ver e apontar.

Demorei para conseguir me envolver com o livro. A narrativa é muito cheia de detalhes e isso cansa a leitura. Mas aos poucos, você vai se deixando conquistar por Reacher, que é meio mocinho meio bandido, com todo charme que essa mistura é capaz de proporcionar, e vai entendendo a genialidade do cara. Quando você menos espera, não quer mais largar a história para saber logo o que vai acontecer. E apesar dos detalhes descritivos, o livro tem diálogos incríveis de fazer a gente pensar “o cara é foda!”.

O filme baseado no livro deve chegar ao Brasil em janeiro e tem Tom Cruise no papel de Jack Reacher. Confira o trailer:




quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

DICA: Os 12 melhores de 2012

Por Francine Estevão

Resolvi publicar um post só para falar dos livros que li este ano e que mais gostei. Escolhi 12 achando que conseguiria selecionar apenas um título por mês. Deu um pouquinho de trabalho escolher só isso, mas está ai, os meus favoritos de 2012: 

(A lista está em ordem de leitura e não de preferência.)

1- A Casa dos Macacos - Sara Gruen

Esse foi um dos primeiros livros que li para o Clube de Leitura da Sociedade do Livro este ano (em fevereiro). 
Ele conta a história da pesquisadora Isabel, sua relação com os Bonobos e o processo de aprendizagem desses macacos que são quase humanos. Tanto que despertam o interesse de um produtor de TV que resolve criar um reality show com eles. A história é incrível e extremamente envolvente.

Resenha aqui.








2- Retrato do Meu Coração - Patrícia Cabot

Li o livro em fevereiro embora só tenha comprado ele mais para o fim do ano, quando - finalmente - foi lançado aqui no Brasil. Sou suspeita para falar desse livro porque é a continuação de "A Rosa do Inverno", um dos meus favoritos ever
O livro conta a história do sobrinho de Edward e Pegeen, Jeremy, e de sua antiga amiga de infância Maggie, filha do administrador das propriedades dos Rawlings. Diante da impossibilidade de relacionamento entre os dois, Jeremy vai para a Índia trabalhar para o exército e quando volta, arruma uma confusão danada com uma princesa indiana que acredita que ele vai casar com ela. 

Resenha aqui.




3- Série Harper Connelly Mysteries: Visão do Além e Surpresa do Além - Charlaine Harris

Comecei essa série pelo segundo livro, Surpresa do Além, em fevereiro, quando ganhei o livro e TIVE que voltar para ler o primeiro (em abril) de tanto que gostei da história. Esse mês, comprei o terceiro, Frio do Além, que acabou de ser lançado e estou mega ansiosa pela continuação.
Harper sofreu um acidente quando era mais nova e depois que foi atingida por um raio, ela consegue descobrir como os mortos morreram. Ela vê os últimos momentos de vida das pessoas e passa a fazer disso um trabalho para solucionar crimes e desaparecimentos não concluídos. A série é MUITO boa. Envolve um pouquinho de sobrenatural, mistério e investigação, além de ser também engraçada. 

Resenhas: Visão e Surpresa.



4- A Resposta - Kathryn Stockett

Esse também foi um dos livros que li para os encontros da Sociedade do Livro, em março. Ele ficou bem famoso por causa do filme, "Histórias Cruzadas". 
O livro conta a história de Eugenia, que depois de terminar a faculdade quer se tornar escritora e tem que bater de frente contra a mãe e as colegas da "alta sociedade". Ao conseguir um emprego de colunista em um jornal para dar dicas domésticas, ela se aproxima de Aibellen, empregada de uma de suas amigas, e a partir dessa relação com Aibellen ela escreve um livro contando a história de vida de outras empregadas negras e a relação delas com as famílias brancas.







5- Pequena Abelha - Chris Cleave

Ganhei esse livro em dezembro de 2011, mas só fui ler em maio, e me arrependi de ter esperado tanto. A história é extremamente emocionante e perturbadora. Muito bom e super recomendo para todo mundo! Ele conta a história de Sarah e Pequena Abelha em vários momentos desde quando elas se conheceram até...mas não necessariamente nessa ordem. 
Como o livro não é cheio de suspenses que demoram para ser desvendados, acho que o maior suspense é a sinopse, que não conta nadinha da história. Mas vale a pena porque é um livro excelente.

Resenha aqui.






6- Todo Mundo Que Vale a Pena Conhecer - Lauren Weisberger

Os livros da Lauren são aqueles que eu termino de ler e falo "quero ser a personagem principal, agora". Ai fecho o olho e fico esperando minha vida se transformar naquilo tudo que acabei de ler, mas nada acontece. 
Insatisfeita com o trabalho, Bette decide finalmente pedir demissão e se rende a um emprego aparentemente incrível, conquistado graças ao tio gay e famoso colunista social, no qual sua principal função é visitar boates e frequentar festas.

Resenha aqui (feita pela Juliana Garzon).








7- O Imortal - Vanessa Bosso

Li "O Imortal" em maio, quando a Roh Dover me apresentou a Vanessa Bosso, aqui de Ribeirão. Adorei a história pela criatividade. Além de ser bem escrito e curtinho, o livro tem um final surpreendente.
Aos 533 anos, Nicolas tem um único desejo: morrer. Mesmo sendo imortal e transformando metal em ouro - ou seja, sendo infinitamente rico. No entanto, essa ânsia pela morte passa quando conhece Sophie.

Resenha aqui.  









8- Mordida - Meg Cabot

Acho que nunca li tão pouco Meg Cabot quando esse ano. "Mordida" é a sequência de "Insaciável" e é, na minha opinião, a Meg Cabot escrevendo sobre ela mesma. Obrigaram a escrever sobre vampiros e ela disse "está bem, mas vou fazer do meu jeito!" e ficou incrível, a melhor história de vampiro dessa leva de livros sobre isso que tem saído desde "Crepúsculo", justamente pelo humor e pela ironia que ela coloca no livro.
Mena se afasta de Lucien por ter consciência do problema que pode ser namorar o filho do Drácula enquanto trabalha para a Guarda Palatina, que tenta capturá-lo. No entanto, ele não consegue ficar longe dela e vai ter que arcar com as consequências de tanto amor por uma humana.

Resenha aqui.



9- O Homem de Gelo - Phillip Carlo

O livro conta a história do matador favorito da máfia, Richard Kuklinski. Eu não sou de gostar muito de biografia, mas essa é incrível. A história do cara é demais, não é a toa que ficou conhecido como um dos assassinos mais famosos da história dos Estados Unidos. Em "O Homem de Gelo" o autor nos mostra cada detalhe da vida de Richard, tanto em família, quando era, ora pai amoroso, ora marido ciumento, quanto em suas aventuras criminosas fazendo serviços para a máfia. Para quem gosta de livros desse tipo, essa é a melhor indicação. 

Resenha aqui.






10- O Tribunal das Almas - Donato Carrisi

O que falar do livro de um dos meus autores favoritos do gênero? Simplesmente incrível e infelizmente ainda não lançado no Brasil. Li esse livro em setembro depois de recebê-lo do Ângelo do blog português Destante e mais uma vez, Donato Carrisi me deixou de boca aberta diante de mais um policial investigativo incrível.
"O Tribunal das Almas" conta a história de Marcus e Sandra que investigam dois crimes diferentes e paralelamente às investigações oficiais da polícia. As duas histórias que se entrelaçam de uma maneira surpreendente e de um jeito como só esse autor sabe fazer, de prender a gente da primeira a última página em fazer com que a gente queira devorar o livro em um dia.

Resenha aqui.




11- A Última Carta de Amor - Jojo Moyes

Li esse livro para o encontro de outubro do Clube de Livro e estava relutante por ser um romance com cara de muito romance, mas não me arrependi nadinha. Um dos poucos romances que li ultimamente e que gostei de verdade. Uma história linda, fofa e envolvente.
Ellie é uma jornalista e encontra no arquivo do jornal uma carta de amor que a deixa curiosa. Ela então começa a investigar aquela carta para tentar saber o final daquela história. É quando o livro nos apresenta Jennifer. A esposa perfeita, porém insatisfeita, que começa a ter um caso com um jornalista que foi escrever uma matéria sobre o marido dela. 
O livro é muuuuito lindo!

Resenha aqui.



12- O Rosto que Precede o Sonho - Mauricio Gomyde

Eu amo ler, mas dificilmente choro com livros. Nesse sentido, sou mais envolvida quando assisto um filme. Mas esse livro me deixou com água nos olhos. Ganhei ele - e outros dois livros - em um sorteio no blog do autor e esse foi o primeiro que li, em novembro, pelos componentes: música, cinema e livros.
Logo depois de ser trocado por outro homem, Tomas jura não se apaixonar mais, mas logo em seguida conhece uma mulher no sebo do seu melhor amigo. Sem nem saber o nome dela, só o tempo vai garantir que ele a verá novamente. 
É um livro é um misto de sentimentos que leva a gente do riso ao choro em uma página.

Resenha aqui.



Confira outros livros que li aqui.

E vocês, quais os melhores livros que leram em 2012? 

sábado, 15 de dezembro de 2012

Resenha - "Lola e o garoto da casa ao lado" de Stephanie Perkins


Por Francine Estevão

Título: Lola e o garoto da casa ao lado
Título Original: Lola and the boy next door
Autor: Stephanie Perkins
Lançamento: 2012
Páginas: 285
Editora: Novo Conceito
Categoria: Romance

(Agradecimento Editora Novo Conceito)

Sinopse: A designer-revelação Lola Nolan não acredita em moda… ela acredita em trajes. Quanto mais expressiva for a roupa — mais brilhante, mais divertida, mais selvagem — melhor. Mas apesar de o estilo de Lola ser ultrajante, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está muito perfeito (até mesmo com seu namorado roqueiro gostoso) até os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, voltarem ao seu bairro. Quando Cricket — um inventor habilidoso — sai da sombra de sua irmã gêmea e volta para a vida de Lola, ela finalmente precisa conciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da porta ao lado.

Confesso que, contrariando milhares de opiniões, só fui gostar da Lola da metade do livro para a frente e ainda assim não posso dizer que me apaixonei por ela, nem pelo garoto da casa ao lado.

Acho que meu problema inicial com a Lola, em si, foi seu jeito de se vestir. Acabei criando uma imagem dela como alguém meio artificial, e assim como o Max, namorado dela, eu tinha dificuldade de saber quem ela realmente era. Só fui entende-la lá na frente, quando ela mesma descobre quem ela é, depois de se questionar e ser questionada sobre isso.

Além disso, também tenho sérios problemas com livros que tem pessoas de verdade na capa. Isso atrapalha minha imaginação e interfere um pouco na magia do livro.

No entanto, apesar de ser beeem adolescente, a história é fofinha. Um livro para distração, daqueles que a gente lê quando quer relaxar. A escrita da Stephanie Perkins, mesma autora de “Anna e o beijo francês” (que eu gostei muito mais do que “Lola”), é bem leve e gostosa o que faz da leitura rápida. E por falar em Anna, ela e o namorado St. Clair também fazem algumas aparições especiais em “Lola e o garoto da casa ao lado”, o que achei super legal da parte da autora, trazê-los de volta e com completo nexo. Não é daquelas ligações que não têm nada a ver com a história.  

Lola tem um jeito todo especial de se vestir, com roupas e perucas que a fazem ser um personagem diferente a cada dia. Namorada de um cara tudodebom!, mais velho, vocalista de uma banda, cheio de tatuagens, Max, ela acredita ter tudo o que precisa estando ao lado dele. Até que seu vizinho, e antigo amor, volta a morar na casa ao lado e ela já não tem mais tanta certeza sobre o que sente por Max.

Cricket vive em função da vida da irmã gêmea Calliope que é o orgulho da família. Depois de se mudarem em função da carreira da irmã, patinação artística, os Bell estão de volta a casa ao lado, para o tormento de Lola que vai ser atormentada pelo fantasma da antiga amizade e amor que sentia por Cricket, que agora está muito mais alto e mais bonito, para piorar ainda mais a situação. 

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

VEM AÍ: “The Walking Dead: O Caminho para Woodbury” tem data de lançamento definida

 Por Maju Raz

A Editora Galera Record divulgou recentemente que o segundo volume de “The Walking Dead – A Ascensão do Governador”, titulado de ”O caminho para Woodbury”, será lançado no próximo dia 15 de janeiro no Brasil. A capa da versão nacional do livro já foi divulgada, também pela editora, e o livro já se encontra em pré-venda na Saraiva, Submarino e FNAC.



segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

NOTÍCIA: Os 10 livros literários mais vendidos da história

Por Francine Estevão
Car­los Wil­li­an Lei­te fez um levantamento para o Jornal Opção para tentar chegar a uma lista de 10 livros literários mais vendidos de todos os tempos. 
Abaixo, segue a conclusão dele com base em reportagens, entidades editoriais, empresas de pesquisas de mercado e  publicações especializadas em livros.
E ai, já leram algum?

1 — Dom Quixote (Miguel de Cervantes)
Publicado em Madrid em 1605, “Dom Quixote”, de Miguel de Cervantes, é composto de 126 capítulos, divididos em duas partes. O livro narra a história de Dom Quixote de La Mancha, um cavaleiro errante  que perdeu a razão e, junto com seu fiel escudeiro Sancho Pança, vive lutas imaginárias. Estima-se que tenha vendido entre 500 e 600 milhões de cópias.


2 — O Conde de Monte Cristo (Alexandre Dumas)
Publicado em 1844, “O Conde de Monte Cristo é, juntamente com “Os Três Mosqueteiros”, a obra mais conhecida de Alexandre Dumas e uma das mais celebradas da literatura universal. O livro narra a história de um marinheiro que foi preso injustamente. Quando escapa da prisão, e toma posse de uma misteriosa fortuna e arma uma plano para vingar-se daqueles que o prenderam.  Estima-se que tenha vendido entre 200 e 250 milhões de cópias.

3 — Um Conto de Duas Cidades (Charles Dickens)
Publicado em 1859, “Um Conto de Duas Cidades”, de Charles Dickens, é um romance histórico que trata de temas como culpa, vergonha e retribuição. O livro cobre o período entre 1775 e 1793, da independência americana até a Revolução Francesa. Dickens evita o posicionamento político, centrando a narrativa nas observações de cunho social. Estima-se que tenha vendido entre 180 e 250 milhões de cópias.


4 — O Pequeno Príncipe (Antoine de Saint-Exupéry)
Publicado em 1943, “O Pequeno Príncipe”, de Antoine de Saint-Exupéry, é uma das obras mais traduzidas da história. Por meio de uma narrativa poética, o livro busca apresentar uma visão diferente de mundo, levando o leitor a mergulhar no próprio inconsciente. Estima-se que tenha vendido entre 150 e 180 milhões de cópias.








5 — O Senhor dos Anéis 
(J.R.R. Tolkien)
Publicado em três volumes entre 1954 e 1955, “O Senhor dos Anéis”, de J.R.R. Tolkien, é um romance de fantasia que ocorre em um tempo e espaço imaginários. A história narra o conflito entre raças para evitar que um anel  poderoso volte às mãos de seu criador, o senhor do escuro. Estima-se que tenha vendido entre 150 e 170 milhões de cópias.




6 — Harry Potter e a Pedra Filosofal (J.K. Rowling)
Publicado em 1997, “Harry Potter e a Pedra Filosofal” é o primeiro volume da série Harry Potter, da britânica J. K. Rowling. O livro narra a história de um garoto órfão  que vive infeliz com seus tios. Até que, repentinamente, ele recebe uma carta contendo um convite para ingressar em uma famosa escola especializada em formar jovens bruxos. Estima-se que tenha vendido entre 110 e 130 milhões de cópias.




7 — O Caso dos Dez Negrinhos (Agatha Christie)
Publicado em 1939, “O Caso dos Dez Negrinhos”, de Agatha Christie, é o maior clássico moderno das histórias de mistério. Dez pessoas diferentes recebem um mesmo convite para passar um fim de semana numa ilha. Na primeira noite, após o jantar, elas ouvem uma voz acusando cada uma de um crime oculto cometido no passado. Mortes inexplicáveis se sucedem. Estima-se que tenha vendido entre 90 e 120 milhões de cópias.




8 — O Sonho da Câmara Vermelha (Cao Xueqin)
Publicado em meados do século 18, “O Sonho da Câmara Vermelha”, de Cao Xueqin,  é uma das obras-primas da literatura chinesa. O livro faz um relato detalhado da aristocracia chinesa da época. Acredita-se que o conteúdo da história seja autobiográfico descrevendo o destino da própria família do escritor. Estima-se que tenha vendido entre 80 e 100 milhões de cópias.





9 — O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa (C.S. Lewis)
Publicado em 1950, “O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa” é um romance infantil do escritor britânico C.S. Lewis. O livro narra a história de quatro irmãos que vivem na Inglaterra durante a 2ª Guerra Mundial. Em uma de suas brincadeiras descobrem um guarda-roupa que leva quem o atravessa ao mundo mágico habitado por seres estranhos, como centauros e gigantes. Estima-se que tenha vendido entre 75 e 90 milhões de cópias.




10 — Ela, a Feiticeira (Henry Rider Haggard)
Publicado em 1887, “Ela, a Feiticeira” é um livro de aventura e fantasia  do escritor britânico Henry Rider Haggard. O livro narra as aventuras de dois amigos numa região inexplorada da África, onde encontram uma civilização perdida, na qual reina uma misteriosa feiticeira chamada Ela. Estima-se que tenha vendido entre 70 e 80 milhões de cópias.