sexta-feira, 31 de maio de 2013

ENCOMENDA CHEGOU: Maio

Por Francine Estevão e Maju Raz

Oi gente!

Mais um mês chegando ao fim e nós voltamos para mostrar para vocês os livros que compramos, ganhamos ou recebemos de parceria ao longo desse mês.

Esperamos que vocês gostem e deixem seus comentários. 

Conta pra gente quais livros vocês compraram, ganharam ou receberam de parceria em maio.


Livros que chegaram em parceria com a Novo Conceito:

1- "Paperboy" - Pete Dexter

Sinopse: "Hillary Van Wetter foi preso pelo homicídio de um xerife sem escrúpulos e está, agora, aguardando no corredor da morte. Enquanto espera pela sentença final, Van Wetter recebe cartas da atraente Charlotte Bless, que está determinada a libertá-lo para que eles possam se casar. Bless tentará provar a inocência de Wetter conquistando o apoio de dois repórteres investigativos de um jornal de Miami: o ambicioso Yardley Acheman e o ingênuo e obsessivo Ward James. As provas contra Wetter são inconsistentes e os escritores estão confiantes de que, se conseguirem expor Wetter como vítima de uma justiça caipira e racista, sua história será aclamada no mundo jornalístico. No entanto, histórias mal contadas e fatos falsificados levarão Jack James, o irmão mais novo de Ward, a fazer uma investigação por conta própria. Uma investigação que dará conta de um mundo que se sustenta sobre mentiras e segredos torpes.
Best-seller do The New York Times, Paperboy é um romance gótico sobre a vida aparentemente sossegada das cidades do interior. Um thriller tenso até a última linha, que fala de corrupção e violência, mas que, ao mesmo tempo, promove uma lição de ética."

2- "Um gato de rua chamado Bob" - James Bowen

Sinopse: "Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação. No entanto, ele ajudou aquele inteligente gato de rua, a quem batizou de Bob (porque tinha acabado de assistir a Twin Peaks). Depois de cuidar do gatinho e trazer-lhe a saúde de volta, James Bowen mandou-o embora imaginando que nunca mais o veria. Mas Bob tinha outras ideias. Logo os dois tornaram-se inseparáveis, e suas aventuras divertidas — e, algumas vezes, perigosas — iriam transformar suas vidas e curar, lentamente, as cicatrizes que cada um dos dois trazia de seus passados conturbados.
Um Gato de Rua Chamado Bob é uma história comovente e edificante que toca o coração de quem a lê."

3- "Na companhia das estrelas" - Peter Heller

Sinopse: "Em um mundo devastado pela doença, Hig conseguiu escapar à gripe que matou todo mundo que ele conhecia. Sua esposa e seus amigos estão mortos, e ele sobrevive no hangar de um pequeno aeroporto abandonado com seu cachorro, Jasper, e um único vizinho, que odeia a humanidade, ou o que restou dela.
Mas Hig não perde as esperanças. Enquanto sobrevoa a cidade em um avião dos anos 1950, ele sonha com a vida que poderia ter vivido não fosse pela fatalidade que dizimou todos que amava. Hig é um guerreiro sonhador. E tem uma imensa vontade de gente, apesar da desilusão que se abateu sobre ele. Por isso é capaz de arriscar todo seu futuro quando, um dia, o rádio de seu avião capta uma mensagem...
Voe com Hig e Jasper e se encante ao descobrir que um mundo melhor pode estar em cada um de nós."


4- "O momento mágico" - Jeffrey Zaslow

Sinopse: "Em uma cidadezinha, a 100 quilômetros de Detroit, há uma loja antiga com mais de 78 anos que se tornou um ícone em roupas para casamento e vestidos de noiva. Por ali já passaram mais de cem mil moças: noivas, mães e madrinhas. Seus vestidos vão além de roupas elegantes para mais uma cerimônia: eles representam, no imaginário das noivas e de seus pais, a garantia de uma noite de princesa, um símbolo do “felizes para sempre”. Para estas moças, este lugar é, certamente, uma linha divisória: de um lado está a fé no amor e no romance e, do outro, a ingenuidade e o medo. Da substância desses sentimentos contraditórios, Jeffrey Zaslow selecionou histórias que às vezes nos fazem rir, às vezes nos partem o coração, mas que oferecem um panorama do que é o casamento e do que as famílias ensinam às suas filhas sobre amor e compromisso."

5- "Só tenho olhos para você" - Bella Andre

Sinopse: "Sophie Sullivan, uma bibliotecária de São Francisco, tinha cinco anos de idade quando se apaixonou por Jake McCann. Vinte anos depois, estava convencida de que o bad boy ainda a via como a gêmea Sullivan boazinha. Isso quando ele se dava ao trabalho de olhar para ela. Ao se envolver na magia do primeiro casamento dos Sullivan, Sophie sente que já passou da hora de fazer o que quer que seja preciso para que Jake a veja como a mulher que realmente é. No entanto, ela terá dificuldade em mostrar a Jake que pode ser uma mulher forte e decidida, capaz de amá-lo para sempre. E não só porque ela é a inacessível irmã de seus melhores amigos, mas porque ele tem medo de tê-la perto demais. Na verdade, ele desconfia que seu segredo mais vergonhoso poderá ser desvendado."

6- "O livro da loucura e das curas" - Regina O'Melveny

Sinopse: "Meu pai se fora, meu marido morrera e meu coração silenciara. Gabriella Mondini é uma médica com estranhos poderes de cura, poderes que vão além de seus conhecimentos científicos. No fim do século 16, uma mulher médica — e tão sensível quanto ela — é praticamente uma heresia. Assim, se quiser continuar praticando a medicina, deverá ter o aconselhamento de um homem.
Seu pai, também médico, seria o conselheiro ideal, mas ele a abandonou há dez anos: saiu em busca de curas inimagináveis por uma Europa cheia de crendices e magias. E, agora, por meio de suas poucas cartas, é possível perceber que sua sanidade mental está desaparecendo.
Disposta a reencontrar o pai e, quem sabe, salvá-lo a tempo de continuar praticando a medicina, ela atravessa os Alpes da Suíça e os campos da Alemanha, encontra-se com os maiores médicos da Europa e caminha por cidades e vilarejos estranhos até chegar ao Marrocos.
A jovem médica enfrentará caminhos que lhe ensinarão o que é viver no mundo dos clínicos e herboristas daquela época; um mundo onde as praças públicas exalam cheiro de corpos queimados, onde ervas exóticas destroem todos os desejos e onde doenças como a Inveja (“um verme invisível”) saem do corpo dos mortos para destruir os vivos...
Até o fim de sua aventura, ela tentará conquistar a sabedoria tão desejada, mas também terá que lidar com o conhecimento dos segredos de sua família, que são, afinal, os seus próprios segredos."



Em parceria com a editora Arqueiro, chegou para a Sociedade do Livro, "Os Impostores" de Chris Pavone.

Sinopse: "Kate Moore é uma mãe que trabalha fora e luta para equilibrar as despesas e o orçamento, criar os filhos, manter viva a chama do casamento... e guardar um segredo cada vez mais difícil de suportar. Por isso, quando seu marido, Dexter, recebe uma proposta de emprego em Luxemburgo, ela agarra a chance de deixar para trás sua vida dupla e recomeçar do zero longe de Washington. Em outro país, Kate se reinventa, enquanto Dexter trabalha sem parar num emprego que ela nunca entendeu, para um cliente que ela não pode saber quem é. Em pouco tempo, a confortável vida europeia com que sonhava se revela uma rotina cansativa em que o marido vai ficando cada vez mais distante e evasivo e ela, solitária e entediada. Chega então outro casal americano, que faz amizade com Dexter e Kate. Mas ela logo desconfia que os novos amigos não sejam exatamente quem dizem ser – e fica apavorada diante da possibilidade de estar sendo perseguida por fantasmas do passado. Assim, Kate começa a investigá-los e acaba descobrindo camadas e mais camadas de mentiras que a cercam e, por trás disso tudo, um golpe extremamente bem elaborado que ameaça sua família, seu casamento e até sua vida."


E por fim, eu (Francine Estevão) me dei de presente "Insurgente" da Veronica Roth. O livro é a continuação da distopia "Divergente" e vai ser tema do Clube do Livro Ribeirão de Junho.

Sinopse: "Na Chicago futurista criada por Veronica Roth em Divergente, as facções estão desmoronando. E Beatrice Prior tem que arcar com as consequências de suas escolhas. Em Insurgente, a jovem Tris tenta salvar aqueles que ama - e a própria vida – enquanto lida com questões como mágoa e perdão, identidade e lealdade, política e amor." 

Enquanto a Fran se presenteou com "Insurgente" eu me dei "Divergente" =D

Sinopse: "Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.
A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é.
E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive."



Outro livro que comprei e que recebi por indicação de uma psicóloga é o "Mulheres que correm com os lobos". Ainda não terminei, é um livro longo e tem que ser lido com muita reflexão e atenção, mas digo que o acho super interessante e adianto que ele questiona através de contos e histórias o protótipo da mulher moderna. 

Sinopse: "Sensações de vazio, fadiga, medo, depressão, fragilidade, bloqueio e falta de criatividade são sintomas cada vez mais freqüentes entre as mulheres modernas, assoberbadas com o acúmulo de funções na família e na vida profissional. Esse problema, no entanto, não é recente, acredita a psicóloga junguiana Clarissa Pinkola Estés. Ele veio junto com o desenvolvimento de uma cultura que transformou a mulher numa espécie de animal doméstico.
Através da interpretação de 19 lendas e histórias antigas, entre elas as de Barba-Azul, Patinho Feio, Sapatinhos Vermelhos e La Llorona, a autora identifica o arquétipo da Mulher Selvagem ou a essência da alma feminina, sua psique instintiva mais profunda. E propõe o resgate desse passado longínquo, como forma de atingir a verdadeira libertação.
Técnicas da psicologia junguiana e algumas formas de expressão artísticas ligadas ao corpo podem ajudar na tarefa, mas a compreensão da natureza dessa mulher selvagem, com todas as características de uma loba, é uma prática para ser exercida ao longo de toda a vida."



Tá eu sei, eu compro muitos livros, mas esse foi no Sebo hehehehe...esse livro é muuuuuito engraçado! Ele começa contando que foi o Diabo que inventou o açúcar. De uma forma divertida ele conta dos males que o açúcar traz pra nossa vida e vem com receitas de doces naturebas com pouquíssimo açúcar. Muito bom!

Sinopse: "Este livro pode alterar a sua concepção de prazer. 
Começei a me viciar aos seis meses de idade. Açúcar dá barato.
A maior parte das pessoas diábeticas não sabe o que é.
O alcool não contém ácidos destrutivos. Mas aquilo q foi destruido pelo açúcar está perdido e não pode ser recuperado.
A reação ácido do estômago ao açúcar é tão forte q ele fica paralisado, pára de se contrair de fome.
20 milhões de africanos dançaram nessa brincadeira multinacional.
Mascavo: a maior parte do que se encontra por aí é açucar branco com 10 a 15% de melado."


Esse aqui eu ganhei da própria autora =D é o meu livro especial! Ele será lançado no próximo dia seis e traremos novidades pra vocês!

Sinopse: "O Medalhão Mágico é o primeiro livro de uma série de quatro volumes. Emy tem treze anos e é forçada a viajar para a casa da tia nas férias de verão. Separada dos amigos e chateada com a mãe, a menina passa a investigar o desaparecimento da prima, que sumiu, sem explicação, dentro da mansão. Ao atravessar um portal na biblioteca da casa, ela vai parar em um reino chamado Damantiham, dominado por Amyla, a feiticeira que pretende tornar-se rainha e governar soberana. Como portadora de parte de um medalhão mágico, Emy tem a missão de encontrar a segunda metade da jóia e devolver o poder à feiticeira Helena, para que ela e a prima possam voltar para casa. No entanto, a menina não sabe que está envolvida em algo muito maior. No reino, as pessoas sabem sobre ela e seu pai, que desapareceu misteriosamente e foi dado como morto. Sem querer, Emy começa a jornada que a levará a descobertas assustadoras sobre seu passado e seu futuro."


E mais um que ganhamos! Do próprio autor também! A mais nova parceria entre Sociedade do Livro e Vilko Lacerda! Em breve resenha quentinha pra vocês ;)

Sinopse: "Ah O Amor, esse sentimento tão puro e especial, capaz de... OPA! UMA PAUSA AQUI! O Amor é isso sim, essa visão encantadora e inspiradora de um sentimento. Mas é muito mais do que isso. Com um olhar mais analítico é possível encontrar uma leitura diferente desse sentimento, menos romântica e sonhadora, porém muito mais profunda e realista. O Amor esta presente em tudo. Na compreensão e domínio desse sentimento está a chave da felicidade. Observando esse sentimento, vendo como ele surge, como se comporta, e, enfim, olhando para si mesmo é possível perceber como o Amor participa de tudo o que você sente, pensa e faz, ou seja, tudo o que você é. Quanto maior o conhecimento sobre como você mesmo funciona, mais fácil e claro se torna conduzir sua vida rumo a seus desejos. E aí está o grande segredo: como transformar esse sentimento em felicidade. Depois de ler o Amor sob a ótica proposta neste livro, você nunca mais verá a vida da mesma forma..."


quinta-feira, 30 de maio de 2013

EVENTO + SORTEIO: Alexandre Nobre participa da Feira do Livro de Ribeirão

No dia 13 de junho, quinta-feira, o escritor de Ribeirão Preto Alexandre Nobre, participa do Salão de Ideias da Feira do Livro. O evento acontece às 10h30, no Auditório Meira Junior.

"Vamos conversar sobre literatura, autores, processo de criação entre outras coisas", ressalta o autor do livro de contos "A mangueira da nossa infância".

Alexandre Nobre e a Sociedade do Livro esperam encontrar todos lá!



Para preparar os leitores do blog para esse encontro, nós vamos sortear um exemplar de "A mangueira da nossa infância".

Como o Salão de Ideias vai rolar em alguns dias, esse vai ser um sorteio rápido, de curta duração. Por quê? Porque o vencedor vai levar o livro autografado!

Então, fiquem atentos! O resultado do sorteio sai no dia 10 e o ganhador deve enviar um e-mail para sociedadedolivrorp@gmail.com até o dia 12 para receber o livro autografado.

É super fácil de participar!


a Rafflecopter giveaway

quarta-feira, 29 de maio de 2013

RESENHA: "Simplesmente Ana", de Marina Carvalho

Por Francine Estevão

Título: Simplesmente Ana
Autora: Marina Carvalho
Editora: Novo Conceito
Lançamento: 2013
Páginas: 304
Categoria: Romance

Sinopse: Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador — deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha —, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam. Simplesmente Ana é assim: um livro divertido, capaz de nos fazer sonhar, mas que — ao mesmo tempo — nos lembra das provas que temos que passar para chegar à vida adulta.


É difícil não gostar desse tipo de história, mesmo eu tendo achado a personagem principal meio "sem sal". O livro é daqueles que nos fazem sonhar acordadas com nosso próprio reino e príncipe encantado. Porque, fala sério! Imagina você descobrir que é filha de um rei e de repente começar a viver uma vida de princesa de verdade? Tenho certeza que até mesmo quem já passou da idade de sonhar acordada com contos de fada se permite delirar um pouquinho com esse tipo de história.

Pois foi isso que aconteceu com a brasileira Ana. De repente, seu Facebook aponta uma mensagem de um rei que diz ser seu pai (só eu achei estranho um rei ter Facebook?). Qual não é a surpresa dela ao descobrir que ele não só fala a verdade como quer que ela vá com ele à Krósvia. A jovem estudante de direito não pensa muito antes de aceitar e deixa toda sua vida para trás - por um curto e pré-determinado período - para conhecer um outro lado de sua vida, desconhecido até então.

Chegando no castelo do pai, ela é extremamente bem recebida por quase todos. A única pessoa que parece não simpatizar muito com a princesa é o enteado de seu pai, Alex. Mas a antipatia não dura muito tempo e eles começam a se aproximar. Mas será que ele é mesmo o príncipe encantado de Ana?

Antes de ser oficialmente apresentada como princesa, Ana leva uma vida de turista rica na Krósvia e depois de sua apresentação, sua vida vira de cabeça para baixo, com milhares de paparazzis a seguindo e querendo registrar cada momento de sua vida. Um caos para quem cresceu acostumada com a liberdade de ir e vir como um desconhecido qualquer. 

Eu dividiria o livro em duas fases. Inicialmente, ele foca mais na parte da mudança de vida da Ana que deixa de ser alguém comum para se tornar a filha de um rei. Abro aqui um parenteses para dizer que, até aqui, o livro lembra muito duas histórias de filhas perdidas de pais ricos e poderosos. Primeiro, "O Diário da Princesa" da Meg Cabot e também o filme "Tudo que uma garota quer", com a Amanda Bynes. No caso do filme, eu diria que as semelhanças vão além da questão "filha de pai rico e poderoso". A mãe da Ana também trabalha com buffet.

A segunda parte é mais focada na vida amorosa de Ana e sua "busca" pelo príncipe encantado. Por que, alguém tem dúvidas de que Alex é mais do que um simples meio irmão? Lindo daquele jeito? Não, né?! Ah, e é aqui que entra meu surto. Tem BON JOVI no livro! Qual é, até eu me apaixonaria por um cara que mora num apartamento de frente pro palco onde a banda vai fazer um show, com a permissão pra que euzinha aqui assistir tudo de camarote da sacada. Mas, voltando ao livro, é bem isso que acontece com a Ana. 

Mas como nem só de flores vive a realeza, não é fácil se tornar princesa do dia pra noite e Ana vai sentir o peso de carregar uma coroa em um país tão longe e diferente do seu. 

terça-feira, 28 de maio de 2013

SORTEIO: "Simplesmente Ana" autografado pela autora Marina Carvalho

Por Francine Estevão



No dia 18/5 a autora Marina Carvalho esteve em Ribeirão Preto para participar do encontro do Clube do Livro Ribeirão na Paraler e nós, da Sociedade do Livro, aproveitamos a oportunidade para pedir que ela autografasse um exemplar do livro "Simplesmente Ana" para vocês que acompanham nosso blog.

Então, não percam a oportunidade e participem do sorteio. O ganhador do livro vai ser conhecido em 30/6.






a Rafflecopter giveaway


Termos e condições:

1- O sorteio é válido até dia 30/06/2013.
2- O resultado será publicado aqui no blog da Sociedade do Livro.
3- O ganhador deve entrar em contato com a gente pelo e-mail sociedadedolivrorp@gmail.com em até 10 dias depois do sorteio.
4 - Se em até 10 dias corridos o ganhador não mandar e-mail para a Sociedade do Livro, outro sorteio vai ser realizado, com outro ganhador, que deve seguir as mesmas regras.
5 - A Sociedade do Livro tem até 45 dias para enviar o prêmio para o ganhador.






segunda-feira, 27 de maio de 2013

DICA: Leia todos os dias

Por Francine Estevão

A Universia trouxe uma lista de 10 motivos pelos quais devemos ler todos os dias e eu achei que valia a pena compartilhar com vocês no "DICA" de hoje.




1- Estímulo mental
O cérebro necessita treinamento para se manter forte e saudável e a leitura é uma ótima maneira de estimular a mente e mantê-la ativa. Além disso, estudos mostram que os estímulos mentais desaceleram o progresso de doenças como demência e Alzheimer.

2- Redução do estresse
Quando você se insere em uma nova história diferente da sua, os níveis de estresse que você viveu no dia são diminuídos radicalmente. Uma história bem escrita pode transportá-lo para uma nova realidade, o que vai distraí-lo dos problemas do momento.

3- Aumento do conhecimento
Tudo o que você lê é enviado para o seu cérebro com uma etiqueta de “novas informações”. Mesmo que elas não pareçam tão essenciais para você agora, em algum momento elas podem ajudá-lo, como em uma entrevista de emprego ou mesmo durante um debate em sala de aula.

4- Expansão de vocabulário
A leitura expõe você a novas palavras que inevitavelmente elas serão incluídas no seu vocabulário. Conhecer um número grande de palavras é importante porque permite que você seja mais articulado em seus discursos, de maneira que até mesmo a sua confiança será impulsionada.

5- Desenvolvimento da memória
Quando você lê um livro (especialmente os grandes) precisa se lembrar de todos os personagens, seus pontos de vista, o contexto em que cada um está inserido e todos os desvios que a história sofreu. A boa notícia é que você pode utilizar isso a seu favor, fazendo dos livros um treino para a sua memória. Guardar essa quantidade de informações faz com que você esteja mais apto para se lembrar de eventos cotidianos.

6- Habilidade de pensamento crítico
Já leu um livro que prometia um mistério confuso e acabou por desvendá-lo antes mesmo do meio da história? Isso mostra a sua agilidade de pensamento e suas habilidades de pensamento crítico. Esse tipo de talento também é desenvolvido por meio da leitura. Portanto, quanto mais você lê, mais aumenta sua habilidade de estabelecer conexões.

7- Aumento de foco e concentração
O mundo agitado de hoje faz com que sua atenção seja dividida em várias partes, de modo que manter-se concentrado em apenas uma tarefa torna-se um desafio. Contudo, livros com histórias envolventes são capazes de desligar você do mundo ao redor, fazendo com que sua atenção esteja inteiramente voltada para o que acontece na trama. Embora você não perceba, esse tipo de exercício ajuda você a se concentrar em outras ocasiões, como quando precisa finalizar um projeto urgente.

8- Habilidades de escrita
Esse tipo de habilidade anda lado a lado com a expansão do seu vocabulário. Assim como a leitura permite a você ser alguém mais articulado na fala, também vai ajuda-lo a colocar com mais clareza os seus pensamentos no papel. Isso vai dar a você a chance de produzir textos com mais qualidade, não apenas de vocabulário, como também correção gramatical e ideias mais ricas.

9- Tranquilidade
O fato de envolver você em uma história e livrá-lo do estresse cotidiano faz do livro uma ótima ferramenta para alcançar a paz interior. Nos momentos de estresse, procure se distrair do que acontece com uma história que atrai seu interesse. Isso vai acalmá-lo e ajudá-lo a melhorar seu humor.

10- Entretenimento a baixo custo (nota: nem tão baixo assim, levando em consideração que um livro por 39,90 ainda é muito caro pros padrões brasileiros, mas garimpando nas livrarias, sebos e internet, a gente consegue bons preços)
Muitas pessoas acreditam que o conceito de diversão está diretamente ligado aos altos custos de uma viagem ou mesmo de uma festa. Contudo, se você encontrar um livro que chame a sua atenção, poderá viajar sem sair da sua casa. 


E ai, o que acharam da dica de hoje? Alguém ainda tem dúvida dos benefícios da leitura? E devo dizer que concordo com tudo. Ler um pouquinho por dia, todo dia, faz o tempo passar mais rápido e faz a rotina perder a monotonia.

domingo, 26 de maio de 2013

ESTANTE DO ALHEIO

Por Maju Raz

Hoje inauguramos a coluna "Estante do alheio"! Aqui postaremos fotos das estantes dos nossos leitores amigos. "Ah Maju! Como faço para ter minha foto aí?" Simples! Envie um e-mail pra gente contando da sua paixão por livros e com fotos da sua estante e ela vem pra cá! Afinal é legal "bisbilhotar" estantes e conhecer um pouco dos diversos estilos de leitor/leitura, organização e etc já que amamos livros não é mesmo?

Hoje a primeira estante é da estudante de Fonoaudiologia Beatriz que contou pra gente que ama as séries "Greys Anatomy", "Vampire Diaries" e "House". Bia, como gosta de ser chamada, adora comprar livros que falam de seriados e confessa ser "apaixonada pelos 'vampiros e seus diários', amar o 'Dr. House' e ter 'prazer pelos distúrbios neurológicos' e em ler livros acadêmicos".  Confiram a estante dela:



E aí, gostaram?

Mande sua foto pra gente também! Vamos partilhar estantes alheias =D

sábado, 25 de maio de 2013

LITERATURANDO: Que livro é você?

Por Maju Raz

Que livro nacional você gostaria de ser? Por que?

Eu? Eu acho que gostaria de ser...hum...

Acho que eu seria “A hora da Estrela” de Clarice Lispector. Não! “As meninas” de Lygia Fagundes Telles. Melhor...éééé...

Ahhhh tááá!! Eu sei! É difícil pensar em UM SÓ! Então já que você está com dúvidas (e eu também), faça o teste e veja que livro é você. Um best-seller ultrapopular ou um relato intimista? 

Clique aqui para fazer o teste e descobrir =)


Conte pra gente!

O meu resultado foi este:


sexta-feira, 24 de maio de 2013

EVENTO: Lançamento "Lembranças de um Diário" de Michelem Fernandes

Por Maju Raz



A escritora Michelem Fernandes lança hoje, pela editora Baobá, na Livraria Saraiva do Shopping Plaza Niterói (Rio de Janeiro) sua segunda obra, "Lembranças de um Diário". Michelem é escritora, pedagoga e autora dos livros infanto-juvenis "Voando mais alto que uma pipa", "Um voo pelo arco-iris" e "O Caminho para Esplendor".

Sempre gostei de livros e filmes com "tema" DIÁRIO e estou curiosa pra ler...


Sinopse: Nina se vê perdida ao receber de sua mãe, a triste notícia de que se mudariam da capital do Rio de Janeiro, para uma cidadezinha pacata no interior do estado. Sentindo-se triste e sozinha, descobre um novo e fiel amigo: o seu diário. Nele, a adolescente relata seus mais profundos sentimentos e todas as transformações ocorridas naquela nova etapa da sua vida...












"Já compartilharam segredos em um diário? Bem, eu sim! Escrevia com muito carinho: Querido diário, Querida agenda... Mesmo que fosse para colocar: HOJE O DIA FOI UM SACO! rs. E os códigos? Hoje, fico tentando decifrar para descobrir alguns segredinhos... Enfim, lembrando de tudo parece cômico, mas essas experiências, acabaram sendo muito importantes para que eu me tornasse quem eu sou. Qualquer forma de expressão é válida. Trancafiar absolutamente seus sentimentos é que não é legal. Uma hora explodimos e acabamos sofrendo com tudo isso... Através da escrita, da música, de uma poesia, de um telefonema para um amigo (a) querido (a), assistindo a um filme comovente ou hilário, podemos aliviar o que sentimos de certa forma. Para mim, valeu muito à pena!" - Michelem Fernandes

Pra quem curte um booktrailer é só apertar o play:



quinta-feira, 23 de maio de 2013

VEM AÍ: Novo Conceito apresenta Hangout com escritora Bella Andre

Por Maju Raz


Nossa parceira Editora Novo Conceito apresenta hoje mais um de seus Hangouts com a escritora Bella Andre. Bella é autora best-seller do The New York Times e do USA Today conhecida por escrever romances sensuais e inebriantes como "Não posso me apaixonar", "Por um momento apenas", "Um olhar de amor" e "Só tenho olhos para você".


O Hangout acontece hoje às 16 horas. Quem quiser pode acompanhar ao vivo clicando aqui. Nesse site vocês podem formular perguntas para a escritora e as 03 primeiras perguntas selecionadas para serem realizadas vão levar um super Kit com livros.  


quarta-feira, 22 de maio de 2013

RESENHA: "A livraria 24 horas do Mr. Penumbra", de Robin Sloan

Por Francine Estevão

Título: A livraria 24 horas do Mr. Penumbra
Título original: Mr. Penumbra's - 24 hour Bookstore
Autor: Robin Sloan
Editora: Novo Conceito
Lançamento: 2013
Páginas: 288
Categoria: Ficção

Sinopse: A recessão econômica obriga Clay Jannon, um web-designer desempregado, a aceitar trabalho em uma livraria 24 horas. A livraria do Mr. Penumbra — um homenzinho estranho com cara de gnomo. Tão singular quanto seu proprietário é a livraria onde só um pequeno grupo de clientes aparece. E sempre que aparece é para se enfurnar, junto do proprietário, nos cantos mais obscuros da loja, e apreciar um misterioso conjunto de livros a que Clay Jannon foi proibido de ler. Mas Jannon é curioso…


Só eu sei o quanto foi difícil fazer essa resenha tamanho meu desapontamento com o livro. A sinopse é ótima e me fez passar o livro na frente de todos os outros que estavam na lista de próximas leituras. No entanto, desde as primeiras páginas já queria desistir da leitura. A única coisa que me fez ir até a última página foi a esperança (vã) de que ia melhorar. Tanta gente falando bem do livro, não era possível que ele fosse tão fraco.

Fato é que, além de ficar bem aquém das boas críticas e do que a resenha vende, a leitura é cansativa e totalmente dispersiva. Achei o livro confuso. Sabe quando parece que o autor começou a escrever e não sabia onde aquilo ia dar, esperando que uma luz surgisse ao longo das páginas, mas como nada aconteceu ele colocou aquilo lá mesmo porque precisava terminar o livro? O final é muito ruim, mais um desapontamento gigantesco.

Resumidamente, a questão é que o livro tem os ingredientes necessários para ser uma história incrível, mas a combinação desses ingredientes e a mistura deles não foi feita da melhor forma.

Desempregado, Clay arruma emprego numa misteriosa livraria 24 horas e claro, ele ficou com o turno da madrugada. Desacreditado que alguém entraria lá no seu turno, ele se surpreende e fica intrigado com a presença de frequentadores habituais tão peculiares que escolhem os livros para levar de um jeito estranho e intrigante.

Além disso, sua missão como funcionário da livraria também não é das mais normais, levando em consideração que ele precisa anotar até o formato da sola do sapato de cada passa pela porta de entrada. Weird!

Tanta excentricidade acaba despertando o ser curioso que há em Clay que vai, com a ajuda de amigos tão peculiares quanto os frequentadores da livraria, tentar desvendar o mistério daquele lugar e daquelas pessoas, incluindo seu chefe, Mr. Penumbra.

Com a ajuda de muita tecnologia - e aqui o autor não perdoa na linguagem geek, que só torna a história ainda mais cansativa - o livro nos leva a uma investigação meio sem noção a respeito do que há para ser descoberto. Aqui eu diria que o autor cometeu seu maior pecado. Ele cria tramas do nada e as desvenda mais do nada ainda, sem muita lógica e faz o leitor se perder nesse caminho. Enquanto lia, eu me perguntava: mas do nada? como assim? Exatamente isso, do nada e sem nenhuma explicação ou lógica anterior ou posterior, os mistérios iam se revelando e você só ficava sabendo que já estava tudo resolvido, sem nenhum sentido.  

Como eu disse, um livro que tinha tudo para ser excelente, mas que o autor optou por outro caminho deixando muito a desejar.

terça-feira, 21 de maio de 2013

VEM AÍ: Autora Local Mariana Lucera divulga data de lançamento de seu livro

Por Maju Raz

Em seu Facebook, a escritora local (nascida em Pontal-interior de São Paulo) e jornalista Mariana Lucera, anunciou a data de lançamento do seu livro “O Medalhão Mágico” publicado pela editora Ársis.



“O Medalhão Mágico” é o primeiro livro de uma saga que se divide em quatro:
1-O medalhão mágico;
2-A cidade perdida;
3-O guardião.
O terceiro título ainda é provisório e o quarto livro ainda sem título, está sendo escrito.


Sinopse: O que era apenas uma viagem de férias para a mansão de uma tia solitária, em Londres, acaba por se desdobrar em uma grande aventura para Emily Dismorri. Investigando o desaparecimento de sua prima, Lindsay, que sumiu naquele local há anos, Emy se depara com um portal que a leva para Damantiham. Lá, a garota começa uma jornada que lhe trará descobertas impressionantes sobre o seu passado, ao mesmo tempo em que ela precisará se esforçar para garantir o seu futuro. 


De posse da metade de um medalhão mágico, Emy faz amizades e se vê envolvida em uma disputa que há muito assola o reino, dominado pela poderosa e malévola feiticeira Amyla. Com a ajuda do mago Albergain, a garota e seus amigos Call, Hermes, Périgle, Mistice, Velkan e Sora darão início auma batalha em busca da outra parte do objeto, na tentativa de restaurar o bem em Damantiham. No caminho, diversos imprevistos e reviravoltas aguardam por eles.


Skoob

segunda-feira, 20 de maio de 2013

LITERATURANDO: Cabeceiras...


Por Maju Raz

Qual é seu livro de cabeceira? O seu preferido? Aquele que você tem  cinco versões iguais, mas que para você não são iguais, de capas diferentes, momentos diferentes, leituras diferentes?

Qual é seu autor de cabeceira? O seu preferido? Aquele que você tá sempre lendo uma frase, um texto, relembrando, relendo? Aquele que parece sempre entender suas dúvidas, medos, alegrias, segredos?










“... quero aceitar minha liberdade sem pensar o que muitos acham: que existir é coisa de doido, caso de loucura. Porque parece. Existir não é lógico”.
Clarice Lispector - "A hora da Estrela"

quinta-feira, 16 de maio de 2013

VEM AÍ: Fundação Feira do Livro de Ribeirão Preto divulga programação oficial

Por Maju Raz

Foto da Capa do Livreto de Programação


A Fundação Feira do Livro divulgou hoje a Programação Oficial da 13ª Feira Nacional em sua página do Facebook.
Salões de ideias, shows e todas as mais atividades você pode conferir acessando o site  ou clicando aqui.
Aguardamos ansiosos para o início da Feira e com certeza traremos muitas novidades a vocês! 
Aguardem! 

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Sorteio: "O Livro do Amanhã" + "Entre Agora e o Nunca" + "Sonhe Mais"



Confira abaixo como participar e o regulamento: 

PRÊMIOS: "O Livro do Amanhã" de Cecelia Ahern + "Entre Agora e o Nunca" de J. A. Redmerski + "Sonhe Mais" de Jai Pausch

Três livros e apenas 1 ganhador!

Válido até: 2 de julho de 2013

Para participar preencha corretamente o formulário abaixo:

a Rafflecopter giveaway ATENÇÃO: Não esqueça de ler os Terms & Conditions (no formulário do rafflecopter, abaixo está escrito Terms & Conditions, clique em cima da frase para abrir o conteúdo) pois contém informações essenciais sobre a participação no sorteio.


Boa Sorte!

Equipe Sociedade do Livro, a Condessa e TriBooks!

RESENHA: "Terra Morta" de Tiago Toy


Por Maju Raz

Autora: Tiago Toy
Editora: Draco
Lançamento: 2011
Páginas: 248
Categoria: 


Sinopse: "Romance de estréia de Tiago Toy, "Terra Morta - Fuga" imagina o apocalipse zumbi ambientado em São Paulo. Em 'Terra Morta: Fuga', o leitor acompanhará uma saga de sobrevivência ao terrível mal que assolou o interior de São Paulo e agora se dirige à capital. Tiago é um rapaz introspectivo que sempre sonhou em viver na megalópole de São Paulo e buscar novos desafios. Só não imaginava que sua chance chegaria da pior maneira possível. Jaboticabal, sua cidade natal, é o cenário de um terrível apocalipse zumbi, uma tragédia que parece saída de um videogame ou filme de terror. De repente, o jovem acostumado a treinos de parkour e muito trabalho precisa lutar para sobreviver. Nenhum local é seguro, ninguém mais é confiável, água e comida não são mais garantidas no dia a dia. Mesmo que a mente custe a acreditar, não há tempo para duvidar da realidade. A única opção é fugir. A cada pessoa que Tiago encontra, uma surpresa. Aliado ou inimigo? Nunca uma certeza. Tiago e seus companheiros deverão enfrentar o passado e seus medos, e em meio a um mar de zumbis canibais, descobrirão que o maior inimigo ainda são os humanos. Descubra a origem da infecção enquanto corre sem parar, uma aventura dramática que é sucesso na internet e agora se torna uma série de livros. Pegue apenas o necessário e corra sem olhar para trás. Quer descobrir como a infecção começou? A versão do livro foi revisada e ganhou capítulos e personagens exclusivos, mas você pode acessar o blog Terra Morta e ler 23 capítulos online. http://terra-morta.blogspot.com.br/


Bom, que eu gosto do tema zumbis não é novidade, mas esse livro é! Comecei a lê-lo na segunda e terminei na terça só porque tive compromissos porque eu engoli a história que é mega envolvente!

Logo no primeiro capítulo pensei: “Hum... Tá muito parado será que vai melhorar?” E como melhorou! Nas oito páginas que seguiram o capítulo 1 percebi um ritmo frenético com um protagonista que faz “pakour” e muitos zumbis (aflição!) e correria.  Os zumbis de Tiago não são lentos como os de “Alexandre Callari” ou como os de “The Walking Dead”, são burros, mas rápidos, ou seja, se você é um sedentário como eu, já era você fica morrendo de aflição do zumbizão correndo atrás das personagens.

A distopia conta, em primeira pessoa, a história de Tiago Rodriques, um dos poucos jovens sobrevivente a tudo o que está acontecendo em sua cidade que de repente, do nada, pessoas começaram a ficar como se estivessem com raiva e atacar umas as outras. Após algum tempo fugindo desses humanos (que Tiago pensa ser zumbis), se junta a Daniela, uma ex-jogadora de handebol que estava na cidade jogando quando toda a loucura explodiu. Os dois seguem juntos numa luta grande pela sobrevivência, experiências e conluios. A origem do vírus que se "alastrou" pela pequena cidade foi muito criativa e diferente de outros romances de terror. Li muitas resenhas falando que "Terra Morta" faz relação a "Resident Evil", mas não achei. Os dois podem ter pontos parecidos, mas a originalidade de Tiago foi diferente da dos filmes. 

O diferencial dessa ficção está na linguagem simples, mas intensa e nos detalhes: A capa é muito bem ilustrada e a arte gráfica da imagem da Igreja da cidade de Jaboticabal que vem no final com um muro  pichado "Jaboticabou" foi o melhor, foi inédito! Estou lendo “A noite maldita – crônicas do fim mundo” de André Vianco, leitura igualmente distópica e que também se passa no interior do Brasil assim como a de Tiago – “Terra Morta” se passa em cidades do interior do Estado de São Paulo (Jaboticabal, Araraquara...) e em São Paulo. No início de meu contato com esse tipo de descrição, de cidades próximas a mim, achei meio estranho. Porque de primeiro eu não conseguia imaginar outro lugar, ficava meio presa às características que já conheço das cidades, então ficava pensando “que coisa estranha, se passar aqui no Brasil”. Na verdade penso que isso seja um pouco de “preconceito” do brasileiro com o nacional, uma coisa que precisa ser trabalhada na nossa cabeça, uma coisa que temos que valorizar mais. Se vivemos aqui então porque as coisas não podem se passar por aqui? Muitas amigas minhas tem esse “conflito” e já falaram pra mim que não gostam que cite as cidades, que preferem que o autor apenas descreva o local, mas acho que é questão de costume e de valorização. Conforme fui me adaptando achei super interessantes e até “engraçado”, por exemplo: como estamos no Brasil, existe essa dificuldade em encontrar armas de fogo, então onde os protagonistas vão procurar armas para se defender? Em casas de pesca, achei muito legal isso, pois nos outros livros e filmes que vemos com o tema zumbi, as personagens sempre vem munidas de quinhentos tipos de armas carregadas de munição e a história acaba sendo um pouco “mais distante do real”, ir a uma casa de pescas ficou muito original.

A todo capítulo me peguei tentando me colocar em situações parecidas com a da história, primeiro por se passar no Brasil, segundo por conta da forma do escritor narrar, uma forma simples que toca leitor. Leitura muito mais que recomendada para quem curte o gênero zumbis/terror e para quem quer começar a ler. Adorei!

Capítulo 6 - Os zumbis não são o único perigo
Foto tirada do Pinterest de Tiago Toy 

terça-feira, 14 de maio de 2013

VITRINE: Sebo Espaço Literário

Por Maju Raz

O Vitrine de hoje não vai falar de livrarias conhecidas. Vamos falar sobre Sebo!

Sebo ainda é a melhor opção para quem curte variedades, raridades e, às vezes, fica sendo um socorro quando vamos a uma livraria e não encontramos o título que estamos procurando. O cheiro de papel está por todo o lado e os livros se amontoam por todos os cantos. Títulos, autores e temas peculiares.  Vai me dizer que você não acha é super gostoso ver títulos antigos e ficar imaginando em quantas mãos já passou, se esse livro marcou  alguém, porque ele foi parar ali, e claro, pechinchar um preço melhor pro seu bolso?

Sábado eu estava passeando no centro da cidade de Bauru (minha cidade Natal) e dei de cara com um Sebo que não conhecia: "Sebo Espaço Literário".

Vitrine do Sebo "Espaço Literário"

Claro que já fui entrando e ficando doidinha perdida não sabendo por onde começar. Fui procurar um título antigo para presentear uma amiga e acabei maravilhada com o lugar.

O Sebo possui títulos novos, títulos novos e usados com bons preços, títulos antigos, livros raros, gibis, HQ's, Mangás, Revistas, Livros de Receita TODOS encapadinhos e limpos, todos em ótimo estado.

O "Espaço Literário" também conta com DVDs, CDs, VHSs, LPs e até Botons. 

Eu simplesmente me apaixonei pelo lugar e não pude deixar de vir compartilhar com vocês. Pra quem não mora em Bauru e pra quem não pode ir pra lá o sebo tem um site onde podemos procurar títulos e comprar pela internet clicando no http://www.seboespacoliterario.com.br/ 

Corre lá pra ver se tem aquele título que você tanto queria na sua biblioteca pessoal!

Literatura Fantástica

Muuuutia Meg Cabot


HQ's



CD's - DVD's - LP's

Revistas todas no saquinho super conservadas

Mangás!

Botons





sexta-feira, 10 de maio de 2013

EVENTO: Editora Novo Conceito marca presença na Feira PET em Ribeirão Preto


Por Maju Raz

Hoje e nos próximos dias 11 e 12 de maio acontece a Feira PET no "Centro de Eventos Pereira Alvim", em Ribeirão Preto. A Feira é famosa por ser um dos maiores encontros do segmento. Eu, mega fã de tudo quanto é bichinho, fui ver, conhecer de perto como era tudo isso e...tchãnam! Dou de cara com o Stand da nossa parceira Novo Conceito!

Minha Cachorra Cacau e os livros

A lojinha da Editora homenageia os animais e traz como lançamentos “Um gato de rua chamado Bob” e “Na Companhia das Estrelas” entre outros livros para homenagear as mães e grandes títulos da Editora. Pra quem ama cães, gatos e livros a Feira está PERFEITA! Não vejo a hora de começar a ler os meus!


Mais informações sobre a Feira clique aqui.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

VEM AÍ: Trailer de Wild Cards é divulgado por escritor Raphael Draccon

Por Maju Raz

Esse Raphael Draccon é uma comédia ^-^

O escritor Raphael Draccon postou hoje em sua página pessoal do Facebook o Trailer em que ele mesmo apresenta a série “Wild Cards”, criada por escritores fanáticos de RPG e que está sendo lançada pela Leya Brasil. A séria narra uma história alternativa da Terra: “Em 1946, um vírus alien que reescreve o DNA humano é acidentalmente lançado aos céus de Nova Iorque, matando 90% dos que têm contato com ele. Entretanto, 9% sofrem mutações que os transformam em criaturas deformadas (conhecidos como Coringas) e o 1% restante (conhecidos como Ases) obtém super poderes. Uma parcela dos Ases é chamada de Dois, são os que adquiriram super poderes ridículos ou insignificantes. O vírus transportado pelo ar por fim se espalha sobre todo mundo, infectan- do dezenas de milhares de pessoas.”

Confiram o Trailer: 




Fonte: Leya Brasil