quarta-feira, 1 de maio de 2013

RESENHA: "Apegados" de Rachel F.S. Heller e Amir Levine


Por Maju Raz

Título: Apegados
Título original: Attached
Autores: Rachel F.S. Heller e Amir Levine
Lançamento: 2013
Páginas: 296
Editora: Novo Conceito

Sinopse: Cada vez mais fazemos uso da pesquisa científica para conquistar melhor qualidade de vida. Sabemos o que devemos ou não comer, conhecemos o tipo de exercício que devemos praticar e por quanto tempo devemos fazê-lo, aprendemos alternativas viáveis para conquistar o sono revigorante... No entanto, nossos relacionamentos amorosos, parte importante de nossa vida, não parecem tão avaliados e estudados. Geralmente temos a sensação de que essa coisa de amor é um assunto da sorte.
Mas será possível que a ciência explique por que algumas relações são produtivas e enriquecedoras, enquanto outras nos deixam perturbados e alienados? Pode a ciência explicar como muitos criam vínculos amáveis sem esforço algum, enquanto outros têm que lutar tanto pelo amor? Para o psiquiatra Amir Levine e a psicóloga Rachel Heller, a resposta é um evidente “sim”.
 Em "Apegados" — livro baseado nas pesquisas da Teoria do Apego, de John Bowlby —, os autores revelam como compreender os mecanismos de afeição que se criam entre os adultos, o que certamente nos ajudará a encontrar e a manter o amor. Seja você do tipo “ansioso”, “seguro” ou “evitante”, Levine e Heller se encarregam de oferecer instrumentos suficientes para que você possa construir relações mais fortes e reparadoras com as pessoas que ama.

Não adianta. Querendo ou não, sempre nos “pegamos apegados” a algo ou alguém. Por isso comecei a ler esse livro, pelo título. Achei superinteressante essa leitura e totalmente diferente do que estou acostumada a ler. Um livro que reúne anos de pesquisa sobre o afeto romântico (Teoria do Apego) e orientações práticas para quem deseja melhorar seus relacionamentos com amigos, família, romântico ou “se auto melhorar”. A mestre em Psicologia Rachel F.S. Heller juntamente com o Psiquiatra Amir Levine fazem referências a várias dissertações de mestrado e estudos durante os capítulos para basear suas explicações.

Logo no primeiro capítulo conhecemos a “Teoria do apego”, ou seja, um estudo que envolve os campos das teorias psicológicas e descreve a dinâmica de relacionamentos humanos os quais são divididos entre três categorias de apegos:

1 -Apego Seguro
2 -Apego Evitante
3 -Apego Ansioso

Páginas 33 e 34 de "Apegados"
Os autores dissertam bastante, exemplificam e esclarecem bem esses tipos de apego e o que existe por trás de todas as necessidades de um relacionamento. Você aprende a decifrar seu “tipo de apego” e fica sabendo como lidar com esse sistema de apego, um padrão afetivo que busca garantir o vínculo e as vontades. Tudo isso com vários testes para facilitar a identificação do seu “estilo de pessoa” (e do seu parceiro [a] se tiver) que ajudam a se entender melhor.

Não penso no livro como um autoajuda, penso que os autores decompuseram conceitos acadêmicos, muitas vezes difíceis de entender num primeiro plano, em uma solução prática útil para o dia o dia transformando tudo em uma leitura bem tranquila. Recomendo bastante!

Leia um trecho do livro clicando aqui!

Um comentário:

  1. não me imaginava a muito tempo lendo livros como esse, mas até que me surpreendi com algumas coisas escritas nele...

    ResponderExcluir