quarta-feira, 5 de junho de 2013

RESENHA: "O Medalhão Mágico" de Mariana Lucera

Por Maju Raz

Título: “O Medalhão Mágico: O Reino de Damantiham”
Autora: Mariana Lucera
Editora: Selo Ársis – OitavaRima
Lançamento: 2013
Páginas: 360
Categoria: 
Literatura Fantástica

Sinopse: O que era apenas uma viagem de férias para a mansão de uma tia solitária, em Londres, acaba por se desdobrar em uma grande aventura para Emily Dismorri. Investigando o desaparecimento de sua prima, Lindsay, que sumiu naquele local há anos, Emy se depara com um portal que a leva para Damantiham. Lá, a garota começa uma jornada que lhe trará descobertas impressionantes sobre o seu passado, ao mesmo tempo em que ela precisará se esforçar para garantir o seu futuro. De posse da metade de um medalhão mágico, Emy faz amizades e se vê envolvida em uma disputa que há muito assola o reino, dominado pela poderosa e malévola feiticeira Amyla. Com a ajuda do mago Albergain, a garota e seus amigos Call, Hermes, Périgle, Mistice, Velkan e Sora darão início a uma batalha em busca da outra parte do objeto, na tentativa de restaurar o bem em Damantiham. No caminho, diversos imprevistos e reviravoltas aguardam por eles.


A Sociedade do Livro tem o imenso prazer em apresentar a vocês este livro e essa jovem escritora!

Começo essa resenha agradecendo ao livro que ganhei da autora Mariana Lucera, minha irmã/amiga de Faculdade que me aguentou ao longo dos quatros anos de curso de jornalismo. Me sinto com uma grande responsabilidade “lançando” a primeira resenha na blogosfera literária. Não sei se conseguirei chegar perto de descrever a acuidade dos acontecimentos, a grandeza dos episódios e mais ainda: as maravilhas de Damantiham criadas pela jovem autora.  

Mariana é jornalista, nasceu em Pontal, interior de São Paulo. No penúltimo ano de Faculdade eu a entrevistei quando ela ainda pensava em lançar seu livro. A entrevista foi meio ainda sem maturidade, mas eu lembro de ter falado pra ela que um dia, quando ela lançasse o livro/ficasse famosa eu ia poder falar que “fui a primeira a entrevistar essa grande autora”. E aí esse parágrafo que criei que “explica como tudo começou” saiu no site da Faculdade e hoje, véspera do lançamento do livro, compartilho com vocês:

O gosto pela leitura começou na quarta série quando competia com uma amiga para ver quem lia mais. Começou lendo “A montanha encantada” de Maria José Dupré, livro indicado pela mãe que sempre a incentivou ler. Mas na oitava série, com seus 14 anos, cansou de ficar lendo e resolveu escrever algo próprio. Foi o pontapé inicial. “Antes de começar a escrever eu gostava muito de ler. Minha mãe leu um livro que chamava a Montanha encantada. Leu quando era criança e me falou do livro, eu estava na quarta ou terceira série. “Aí eu peguei o livro, li e gostei dessa coisa de ficar lendo.”

 “O Medalhão Mágico” é o primeiro livro de uma série de quatro volumes que contam a história da Emily Dismorri uma adolescente com seus 13 anos que, a contragosto, vai passar suas férias de verão na casa de sua tia Sophie, irmã de sua mãe Julia . Emy, como gosta de ser chamada, é apaixonada por livros e ouviu dizer que a tia possuía uma super biblioteca então resolve querer conhecer o lugar e acaba se deparando com um “rosto branco de olhos vidrados e mortos”...

Com o grande susto que Emy leva, a garota sai correndo e acaba indo parar no quarto de sua prima Lindsay que sumiu há três anos, sem nenhuma explicação, dentro da própria casa. Percebendo que o que presenciou na biblioteca poderia ter relação com a prima sumida Emy começa uma investigação que a leva a descobrir o diário da prima e que a direciona até um livro e uma metade de um medalhão mágico. E então com algumas informações em mãos mais a ajuda do acaso, Emy encontra um portal que a transporta para o reino chamado Damantiham.

Damantiham era protegido pela bela feiticeira Helena, mas Amyla, a feiticeira que pretende tornar-se rainha, destruiu o cargo de Helena e colocou todos sob seu perverso governo.

Emy tem a missão de encontrar a segunda metade da joia e devolver o poder à feiticeira Helena, para que ela e a prima possam voltar para casa. Com ajuda de seus amigos Hermes, Call, Périgle, Mistice, Velkan, Sora e sua prima Lindsay vão em busca da segunda metade do medalhão na tentativa de refazer o bem em Damantiham e embarca numa super jornada que trará descobertas sobre seu passado e também sobre seu pai que evanesceu misteriosamente e foi dado como morto. No caminho, diversos seres mágicos, perigos, aventura e envolvimento em algo muito maior do que poderíamos imaginar...

Apesar de algumas pessoas não se identificarem muito com o gênero literário fantástico este estilo vem ganhando força nacional e crescendo com o potencial dos autores. O “Medalhão Mágico” consegue abafar todo medo e preconceito que qualquer pessoa tenha com o universo da Literatura Fantástica. Você começa a ler o livro e assim de repente se vê já amando as descrições, as personagens estonteantes, e é impossível não se prender à narrativa fascinante da autora. Quando você menos percebe se vê devorando o livro de tanta curiosidade.

Os detalhes são minuciosos e os lugares são tão bem descritos: "Havia muitas estantes de livros - exatamente doze-, todas altas, até o teto, e abarrotadas de livros de todos os tipos, formatos e cores..." ...me apaixonei pela Biblioteca da tia Sophie!

 As personagens demonstram emoções e sentimentos de uma forma tão natural e correspondente que faz com que nos apeguemos a praticamente quase todas. (Eu amo o Dragão Gref Albino)! As criaturas mágicas interessantíssimas presentes no livro e as criaturas mitológicas miscigenadas com a própria invenção da autora dão um efeito final excepcional. Cada capítulo expõe elementos novos e curiosos que te prendem à trama. Em meio a tantas personagens e informações acabamos achando que vamos nos perder junto com a autora, mas acabamos dando de cara com um desfecho maravilhoso (que estou me controlando para não contar)!

Finalizo parafraseando e não preciso dizer mais nada:
“Este livro trata de um tipo de magia possível, uma magia real...” 

Ansiosa para as continuações! 
  

Mari obrigada por nos presentear com uma história tão preciosa e obrigada mais ainda pelo meu nome na ultima página de agradecimentos! Me emocionei demais!

Amanhã acompanharemos o lançamento do livro e traremos novidades a vocês! Fiquem ligados!


Nenhum comentário:

Postar um comentário