segunda-feira, 30 de setembro de 2013

VEM AÍ: Lançamentos de Outubro da Editora Novo Conceito

Por Francine Estevão

Esse mês, a Novo Conceito está cheia de novidades. 

Enquanto preparava esse post, fiquei surpresa ao ver que tem uma Kate Holden "perdida" aqui no meio. Por que fiquei surpresa? Por causa da capa! Gente, o que foi que a NC fez esse mês? Por que TANTA capa feia? Juro que se não tivesse lido o primeiro livro da Kate Holden, "Na minha pele", e se não tivesse amado, eu JAMAIS iria querer ler "Noites italianas". Ficou horrível! (#honestidademodeon, afinal, nem só de elogios vive uma parceria. Acho que temos que contribuir pra que a editora tente melhorar assim todo mundo ganha.) Acho que quem escolhe as capas da editora está precisando rever os conceitos. 

Mas vamos combinar o seguinte, foquem nas sinopses e esqueçam as capas.

Confiram os lançamentos de outubro:

"O Dom" (segundo livro da série "Bruxos e Bruxas"), de James Patterson



Sinopse: Os irmãos Allgood nunca desistem de lutar contra os poderes autoritários e desumanos d’O Único Que É O Único, mas, agora, eles estão sem Margô — a jovem e atrevida revolucionária; sem Célia — o grande amor de Whit; e sem seus pais — que provavelmente estão mortos...

Então, em uma tentativa de esquecer suas tristes lembranças e, ao mesmo tempo, continuar seu trabalho revolucionário, os irmãos vão parar em um concerto de rock organizado pela Resistência onde os caminhos de Wisty e de um jovem roqueiro vão se cruzar. Afinal, Wisty poderá encontrar algo que lhe ofereça alguma alegria em meio a tanta aflição, quem sabe o seu verdadeiro amor...

Mas, quando se trata destes irmãos, nada costuma ser muito simples e tudo pode sofrer uma reviravolta grave, do tipo que pode comprometer suas vidas.

Enquanto passam por perdas e ganhos, O Único Que É O Único continua fazendo uso de todos os seus poderes, inclusive do poder do gelo e da neve, para conquistar o dom de Wisty... Ou para, finalmente, matá-la.

Lançamento: 11/10/2013.

--
"Seis coisas impossíveis", de Fiona Wood



Sinopse: Dan Cereill levou um encontrão da vida: seu pai faliu, assumiu que é gay e separou-se de sua mãe, tudo de uma vez só. Enquanto isso, sua mãe recebeu de herança uma casa tombada pelo patrimônio histórico que cheira a xixi de cachorro, mas que não pode ser reformada...
E, agora, Dan está vivendo em uma casa-relíquia que parece um chiqueiro, com uma mãe supertriste e sem conseguir falar com o pai — que ele ama muito.
Suas únicas distrações são sua vizinha perfeita, Estelle, e uma lista de coisas impossíveis de fazer, como:
1. Beijar a garota.
2. Arrumar um emprego.
3. Dar uma animada na mãe.
4. Tentar não ser um nerd completo.
5. Falar com o pai quando ele liga.
6. Descobrir como ser bom e não sair abandonando os outros por aí...

Mas impossível mesmo será:
1. Não torcer para que Dan supere seus problemas.
2. Não rir muito com os devaneios dele.
3. Não querer ter um cachorrinho como Howard.
4. Não desejar que a mãe de Dan encontre a felicidade.
5. Parar de ler este livro.
6. Não querer abraçar o livro depois de tê-lo terminado...

Lançamento: 11/10/2013. 

--

"A conspiração", de Clive Cussler



Sinopse: Uma embarcação romana naufraga no século IV. Durante a Primeira Guerra Mundial, um navio inglês é destruído por uma bomba. Atualmente, no Oriente Médio, ícones da fé islâmica são bombardeados. E um misterioso pergaminho relacionado à vida particular de Jesus pode limitar o poder da Igreja Católica.
Como eventos e fatos tão distantes podem ter alguma relação? O engenheiro naval Dirk Pitt (Diretor da NUMA – Agência Nacional Marítima e Subaquática) está acostumado a explorações subaquáticas — e a revelar mistérios indecifráveis — e parece ser a pessoa mais indicada para trazer a público o elo entre esses episódios tão incompatíveis. Mas a que custo?
Uma aventura que mistura ficção e realidade em uma criação cheia de surpresas e mistério. Acompanhe o incansável herói Dirk Pitt em uma história em que arrepiantes artefatos religiosos, a CIA e o Mossad misturam-se às mais magníficas construções da arquitetura medieval.

Lançamento: 11/10/2013

--
"Adeus à Inocência", de Drusilla Campbell



SinopseMadora tinha 17 anos quando Willis a “resgatou”. Distante da família e dos amigos, eles fugiram juntos e, por cinco anos, viveram sozinhos, em quase total isolamento, no meio do deserto da Califórnia. Até que ele sequestrou e aprisionou uma adolescente, não muito diferente do que Madora mesmo era, há alguns anos...
Então, quando todas as crenças e esperanças de Madora pareciam sem sentido — e o pavor de estar vivendo ao lado de um maníaco começava a fazê-la acordar —, Django, um garoto solitário, que não tinha mais nada a perder depois da morte trágica de seus pais, entrou em sua vida para trazê-la de volta à realidade. Quem sabe, juntos, Django, Madora e seu cachorro Foo consigam vislumbrar alguma cor por trás do vasto deserto que ajudou a apagar suas vidas?

Lançamento: 11/10/2013

--

"Noites italianas", de Kate Holden



Sinopse: Quando Kate decidiu abandonar seu passado, em Melbourne, e começar uma jornada para dentro de si mesma, foi para um país reconhecidamente romântico. Enquanto se encantava com as ruínas de Roma e as praças de Nápoles, esperava encontrar — em ruas estrangeiras — sua verdade pessoal.

Mas a peregrinação de Kate exigiu coragem. Encontrar o verdadeiro amor ou, quem sabe, perder-se para sempre de maneira a não ter mais qualquer chance de resgate foram possibilidades reais na Itália... Especialmente para alguém que estava acostumada a viver entre as vielas da escuridão.

Em um romântico, mas estranho país, com muitos — alguns bem significativos — casos de amor, e mais algumas noites de sexo sem compromisso, ela vai se perguntar se é, verdadeiramente, um espírito livre, ou uma atriz que decorou tão bem o seu papel de mulher sedutora que já não consegue desvencilhar-se dele...

Lançamento: 11/10/2013.
 
--

"Esc@andalo", de Therese Fowler



Sinopse: Amelia Wilkes tem um pai rigoroso que não permite que ela namore, mas isso não a impede de viver um romance secreto com o cativante Anthony Winter.
Desesperadamente apaixonados, os dois sonham uma vida juntos e planejam contar tudo sobre seu amor aos pais de Amelia...
Mas só depois que ela completar dezoito anos — e for legalmente reconhecida como adulta. No entanto, a paixão do casal é exposta mais cedo do que o previsto...
Eles são jovens, andam grudados aos seus celulares e postam todo tipo de informação — inclusive aquelas informações mais particulares, que só deveriam dizer respeito a eles mesmos — até que o pai de Amelia encontra fotos de Anthony, nu, no computador de sua filha. Poucas horas depois, Anthony é preso.
Apesar dos protestos de Amelia, seu pai usa de todo o poder e influência entre os policiais, e entre os meios de comunicação, para transformar Anthony em um pervertido que caçava sua inocente filha.
De mãos atadas, cabe aos dois apaixonados arriscar uma última saída, ousada e perigosa, e apagar a acusação de sexting que Anthony recebeu.

Lançamento: 18/10/2013.

--

"Rose na tempestade", de Jon Katz



Sinopse: No meio de uma terrível nevasca, a cadelinha Rose insiste em dar conta de seu trabalho como pastora enquanto nos deixa a par de suas curiosas reflexões: onde está Katie, que ela nunca mais viu, embora seja capaz de sentir sua presença em todo lugar? Quem será aquele cachorro selvagem que parece seu amigo? Por que Carol, a mula, fica parada mesmo debaixo de toda a neve que cai? E onde foi parar Sam, que sumiu depois daquele barulho todo?
Mas Rose não tem muito tempo para suas reflexões divertidas — e às vezes bem corretas. Agora ela deve voltar sua atenção para uma coisa muito mais séria: correr atrás de Sam, tentar encontrá-lo e, quem sabe, salvá-lo. No entanto, alguns perigos podem ser intransponíveis para uma cachorrinha...

Lançamento: 18/10/2013.

--

"A agenda", de João Varella



Sinopse: Sandra Macedo é uma alta executiva de marketing. Obstinada e competente, sua eficiência é reconhecida pelos funcionários e pela diretoria da holding onde trabalha.
Exemplo de mulher bem-sucedida, Sandra vive atolada entre as obrigações profissionais e uma filha que não lhe dá muita atenção. Em meio a essa correria, fica difícil dedicar um tempo ao lado afetivo. Assim, ela acaba se envolvendo com pessoas que podem comprometer sua carreira e sua saúde emocional. A não ser que ela deixe de ser a menininha que, no fundo, continua sendo...

Lançamento: 18/10/2013.

--

"Esconda-se", de Lisa Gardner



Sinopse: Uma mulher que foi obrigada a fugir — desde criança— de uma possível ameaça. Uma ameaça que seu pai via em todo lugar, mas que a polícia nunca considerou. Um antigo e desativado sanatório para doentes mentais que pode ter muito mais a esconder entre suas paredes do que homens e mulheres entorpecidos por remédios.
Uma história de rancor entre membros de uma mesma família que nunca conseguiram superar os episódios de violência doméstica que presenciaram.
Um pingente que foi parar em mãos erradas — e a cena de um crime brutal: seis meninas mortas e mumificadas há mais de trinta anos.
Agora, cabe à famosa detetive D.D. Warren descobrir quem foi o serial killer que cometeu esta atrocidade e que motivação infame deformou sua mente.
Acompanhe D.D. Warren na solução de mais este complexo caso e encontre o inimaginável que está por trás de pessoas aparentemente comuns!

Lançamento: 18/10/2013.

sábado, 28 de setembro de 2013

RESULTADO SORTEIO: "O medalhão mágico: o reino de Damantiham" de Mariana Lucera

Galera, é o seguinte, pela segunda vez, a vencedora do sorteio NÃO MANDOU e-mail com os dados para enviarmos o livro "O medalhão mágico: o reino de Damantiham". Por isso, tivemos que sortear um novo nome.

Já é o terceiro. Então fiquem atentos!

A ganhadora tem DEZ DIAS, contados da publicação do post, para enviar um e-mail para sociedadedolivrorp@gmail.com com nome completo e endereço (Rua, número, bairro, cidade, estado, cep...).



Então, MAÍRA SOUZA, estamos esperando seus dados no nosso e-mail. Você tem ATÉ O DIA 08/10.


sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Clarice Lispector vira série no Fantástico



A série “Só Para Mulheres” será baseada em crônicas escritas por Clarice Lispector sob o pseudônimo de Helen Palmer, em colunas de jornais entre 1950 e 1960 ("Correio Feminino").

Dirigida por Luiz Fernando Carvalho, a série irá ao ar no Fantástico, aos domingos, e Clarice será interpretada por Maria Fernanda Cândido.

Os quadros serão narrados pela personagem que terá um programa de rádio e TV, sempre pronta a ajudar leitoras aflitas com conversas intimistas que tratam de questões do universo feminino como beleza, amor, moda, família, casamento, maternidade, sedução, entre outros.

A série também contará com Cintia Dicker, Luiza Brunet e Alessandra Maestrini.

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

RESENHA: “Felicidade à parte” de Lolly Winston

Por Francine Estevão


Título: Felicidade à parte 
Título Original: Happiness sold separately
Autor: Lolly Winston
Lançamento: 2010
Páginas: 320
Editora: Rocco 

Sinopse: Um caso extraconjugal é o fio condutor do livro Felicidade à parte, de Lolly Winston. Em seu segundo romance, a autora de “Doce lamento” mostra personagens que poderiam ser encontrados facilmente na vida real, imersos em uma narrativa envolvente que levanta uma série de questões relacionadas ao casamento e à vida a dois. Ao longo das páginas, os leitores testemunham o doloroso processo de três pessoas reconhecendo os próprios erros e buscando um modo de consertá-los. Logo no primeiro capítulo, Elinor Mackey, uma advogada bem-sucedida, descobre que Ted, seu marido, tem um romance com Gina, professora de ginástica da academia onde ele se exercita. Chocada, ela fica sem saber o que fazer, até que decide surpreender Ted e a amante colocando-os frente a frente. Ele termina o caso, mas Elinor precisa de um tempo sozinha para refletir sobre sua vida e o que fazer dali em diante. Emocionalmente exausta depois de três anos de tentativas de fertilização artificial, que resultaram em um aborto espontâneo, Elinor percebe que tanto sua vida pessoal quanto a profissional foram abaladas pelo esforço para engravidar. Aos poucos, ela foi se afastando do marido, que encontrou em Gina alguém que precisava dele e lhe dava o carinho e a atenção ausentes em seu casamento. Paralelamente, vemos que a trajetória de Gina também não é das mais fáceis. Mãe solteira de Toby, um garoto de 10 anos, ela acumula relacionamentos malsucedidos, que incluem um ex-namorado alcoólatra e extremamente ciumento. Quando o filho começa a ter problemas na escola, ela pede a Ted que ajude o menino a entender algumas matérias. Incapaz de recusar o pedido da ex-amante, ele concorda, sem desconfiar que isso acabaria por reaproximá-los. Os perfis psicológicos dos personagens de Felicidade à parte estão entre os trunfos da obra. Lolly Winston consegue fazer com que o trio de protagonistas conquiste a simpatia dos leitores, que ficam tão divididos quanto Ted diante das duas mulheres que ama.


“Felicidade à parte” mostra muito de perto a vida de um casal com problemas de relacionamento. Enquanto lia o livro, senti que estava me intrometendo na vida de um casal, como se fosse vida real. Sabe aquela história de ser uma mosquinha pra saber tudo que se passa em determinado lugar? Então. É mais ou menos isso que a autora faz com a gente.

O livro é bem diferente dos que costumamos ler sobre casais com problemas e acredito que ele vá desagradar muita gente. Temos que olhar pra ele com a consciência de que nem sempre todo mundo fica feliz o tempo todo e temos que mudar também nossos conceitos de o que é ser feliz porque acho que estamos muito habituados com a ideia de que um livro feliz é aquele que termina com o casal tendo uma vida perfeita pra sempre.

“Felicidade à parte” conta a história de Elinor e Ted a partir do momento em que ela descobre que o marido está tendo um caso com a personal trainer. Ela acredita que a culpa pela traição seja dela, por não conseguir ter filhos, mesmo depois de um zilhão de tratamentos de fertilidade.

No entanto, Elinor é uma mulher que sempre foi forte e sua personalidade a leva a enfrentar os fatos, ou melhor, enfrentar o marido e a amante dele na sua própria casa.


A partir daí, a vida dos três - de Elinor, Ted e Gina (a amante) - passa por altos e baixos e mudanças constantes. Entre idas, vindas, filhos, gravidez, ex e futuros amantes, acidentes e muito mais, a vida de cada um vai tomando um rumo, nem sempre esperado, mas muitas vezes, um rumo que é o melhor para todos e que vai trazer muito mais felicidade para cada um envolvido do que se o “esperado” acontecesse.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

RESULTADO DO RE-SORTEIO: "O medalhão mágico: o reino de Damantiham" de Mariana Lucera


De acordo com os "termos e condições" de sorteios da Sociedade do Livro, a ganhadora anterior não entrou em contato conosco então refizemos o sorteio:




PARABÉNS ANA CAROLINA! Você tem até o dia 26/09 para enviar um e-mail para sociedadedolivrorp@gmail.com com seus dados completos para enviarmos o livro para você. Se não recebermos seus dados, o sorteio será refeito conforme os Termos e Condições (ver abaixo).


TERMOS E CONDIÇÕES:

1- O sorteio é válido até dia 06/09/2013. 2- O resultado será publicado aqui no blog da Sociedade do Livro. 3- O ganhador deve entrar em contato com a gente pelo e-mail sociedadedolivrorp@gmail.com em até 10 dias depois do sorteio. 4 - Se em até 10 dias corridos o ganhador não mandar e-mail para a Sociedade do Livro, outro sorteio vai ser realizado, com outro ganhador, que deve seguir as mesmas regras. 5 - A Sociedade do Livro tem até 45 dias para enviar o prêmio para o ganhador.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

RESENHA: Dois Rios de T.Greenwood

Por Maria Julia

Título: Dois Rios
Título Original: Two Rivers
Autor: T.Greenwood
Lançamento: 2013
Páginas: 448

Sinopse: Harper Montgomery vive ofuscado pela tristeza. Desde a morte de sua mulher, há 12 anos, ele aprisionou-se em uma pequena cidade, Dois Rios, onde todo mundo se conhece, porque ali — justifica-se — poderia criar melhor sua única filha. Atormentado pelo desgosto, Harper prefere esconder-se. Mas a verdade é que a morte de sua mulher é somente um dos motivos de sua dor. Além de sofrer por sua perda, ele se sente culpado por um ato abominável: quando mais jovem foi cúmplice de um crime brutal e sem sentido. Há muito sentimento em jogo quando se trata de sua vida cheia de remorsos... Então, um acidente de trem oferece a Harper a chance de redenção: uma das sobreviventes, uma menina de 15 anos, grávida, precisa de um lugar para ficar, e ele se oferece para levá-la para casa. No entanto, a aparição dessa menina, Maggie, não tem nada de simples acaso, talvez, ela tenha alguma coisa a ver com o crime do qual ele participou um dia...

Esse é um livro muito bem escrito, com transições do passado e do presente em cada mudança de capítulo. Eu gostei da narrativa masculina do livro, estou acostumada a ler muita coisa com narração feminina, então curti bastante o Harper contando sua história.

Há doze anos, na pequena cidade de Dois Rios - Vermont, Harper Montgomery perdeu o que mais tinha de precioso: sua esposa Betsy. No dia em que a filha dos dois nasceu Montgomery se envolveu na morte de um homem e desde então atravessa os momentos da vida sempre com muito sentimento de dor e culpa. Ele trabalha para a ferrovia e faz o seu melhor para criar sua filha Shelly como um pai solteiro. Eis que um descarrilamento de trem ocorre. Um dos sobreviventes é Maggie, uma moça grávida que se diz ter sido estuprada e que precisa de um lugar para ficar.

Contra a vontade Harper resolve deixar a moça ficar em sua casa para que ela tenha um lugar pra descansar enquanto descobre como levá-la de volta até a casa dela. Mas Maggie se recusa a ir embora, ela diz que não pode voltar e que tem medo. Então se oferece para fazer serviços de casa em troca de poder ficar. Harper “concorda”, pelo menos em curto prazo, não percebendo o impacto que a chegada de Maggie terá sobre a vida de todos eles...

Dois Rios, no seu particular, é uma história de amor. Um drama de leitura densa repleta de metáforas, uma discussão complexa sobre as batalhas internas da psique humana, das paixões e remorsos.  Um romance de tragédia, afeto, coragem e segredos que evoca cura e redenção. Adorei esse tipo de leitura e recomendo principalmente a todos que adoram um drama profundo.

terça-feira, 10 de setembro de 2013

NOTÍCIA Livro "O Medalhão Mágico" de Mariana Lucera ganha Blog

Por Maria Julia


Olá queridos leitores! O Livro da autora nacional Mariana Lucera já ganhou fanpage no Face e agora está com um blog que promete trazer novidades para os leitores e contato com a autora!

Acesse já! http://omedalhaomagico.blogspot.com.br/

Confiram também a resenha de "O Medalhão Mágico".

Boas leituras!

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

RESULTADO SORTEIO: "O medalhão mágico: o reino de Damantiham" de Mariana Lucera

Chegamos ao final de mais um sorteio no blog da Sociedade.

Dessa vez, a sortuda que vai receber um exemplar de "O medalhão mágico" da Mariana Lucera é:



Parabéns, Laís Cristina! Você tem até o dia 16/09 para enviar um e-mail para sociedadedolivrorp@gmail.com com seus dados completos para enviarmos o livro para você. Se não recebermos seus dados, o sorteio será refeito conforme os Termos e Condições (ver abaixo).



TERMOS E CONDIÇÕES:

1- O sorteio é válido até dia 06/09/2013. 2- O resultado será publicado aqui no blog da Sociedade do Livro. 3- O ganhador deve entrar em contato com a gente pelo e-mail sociedadedolivrorp@gmail.com em até 10 dias depois do sorteio. 4 - Se em até 10 dias corridos o ganhador não mandar e-mail para a Sociedade do Livro, outro sorteio vai ser realizado, com outro ganhador, que deve seguir as mesmas regras. 5 - A Sociedade do Livro tem até 45 dias para enviar o prêmio para o ganhador.

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

RESENHA: “O visconde que me amava” de Julia Quinn

Por Francine Estevão

Título: O visconde que me amava
Título Original: The Viscount Who Loved Me
Autor: Julia Quinn
Lançamento: 2013
Páginas: 304
Editora: Arqueiro

(Agradecimento especial à editora Arqueiro, parceira da Sociedade do Livro.)

Sinopse: A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva. Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela. Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele. Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração. Considerada a Jane Austen contemporânea, Julia Quinn mantém, neste segundo livro da série Os Bridgertons, o senso de humor e a capacidade de despertar emoções que lhe permitem construir personagens carismáticos e histórias inesquecíveis.

Julia Quinn foi mais uma vez incrível em “O Visconde que me amava”. A história tem menos humor do que o 1º livro da série “Os Bridgertons” - “O Duque e Eu” (resenha aqui)-  que me fez rir o tempo todo. Nesse 2º, a história envolve um pouco mais de drama, embora tenha também seus momentos engraçados. De qualquer forma, a autora constrói um enredo tão envolvente que você não consegue largar as páginas do livro. Sério! (No meio do trabalho, eu lembrava da história e queria voltar correndo pra casa pra terminar de ler logo e saber o que ia acontecer.)

Kate é uma jovem, em 1814, que tem tudo para não conseguir um marido e sabe disso, pois, digamos que seus atributos não são muito chamativos para os homens que procuravam por uma esposa naquela época. Conformada com seu destino – de solteira – ela, que é apaixonada pela meia irmã, pela madrasta e por seu cachorro, Newton, resolve que ajudará a encontrar o homem perfeito para ser seu cunhado. Afinal, muitos são os cavalheiros interessados nos olhos azuis da jovem Edwina (que só não é bonita no nome, convenhamos).

Nessa mesma época, na temporada de bailes e apresentações das jovens de Londres a belos e abastados cavalheiros de boas famílias, o libertino Anthony Bridgerton resolve que é hora de se casar e ter um filho ou filha para manter o nome da família vivo. No entanto, sua intenção é arrumar a esposa perfeita e pela qual ele não pretende – ou melhor, não poderá – se apaixonar por causa do destino que acredita estar reservado para si mesmo.

Ele acaba por decidir que Edwina será essa mulher, no entanto, ela já disse pra todo mundo ouvir que não aceitará um marido que não passar pelo crivo da irmã e digamos que a última coisa que Kate vai querer para sua jovem Edwina é um casamento com Anthony, o libertino mais falado de toda Londres. O que ela não esperava é que, pior do que permitir que ele se cassasse com a irmã, ela mesma acabasse se apaixonando por Anthony.

Entre a paixão que sente por Anthony, o ódio que demonstra por ele e a permissão que dará ao visconde para que se case com sua irmã, muita água vai rolar e vai definir o destino desses três jovens de formas bem diferentes do esperado.

Mais uma vez me controlo nas resenhas para não dar spoilers (principalmente dos livros que adoro e que indico para que vocês leiam), mas tenho certeza que muita gente que leu e que lerá “O visconde que me amava” ficou ou vai ficar com o coração apertado durante algumas (muitas) páginas à espera do que a autora reservou para esses personagens. São tantos caminhos que ela tem a possibilidade de percorrer e são tantas as possíveis torcidas de nós leitores, que dá uma angustia não saber o que vem a seguir. Até por isso a gente acaba lendo rapidinho.


A série tem se mostrado tão boa que estou começando a não reclamar mais do fato de serem 8 livros. Ah, e acho, só acho, que a Arqueiro devia lançar um por mês =P rsrsrs

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

domingo, 1 de setembro de 2013

BIENAL 2013 - Encontro de autores nacionais da Novo Conceito na Bienal Rio 2013

Por Maria Julia


Sim queridos leitores...estamos tristes por não poder estar na Bienal comprando muitos livros e trazendo notícias quentinhas direto da fonte para vocês, mas não deixamos de participar "de pertinho" mesmo de longe hehehehe. Hoje a Novo Conceito promoveu no estande deles um encontrão com os autores nacionais  dos selos Novas Páginas e Novas IdeiasMarina Carvalho, Tammy Luciano, Pedro de Camargo, Graciela Mayrinc, Germano Pereira, jornalista João Varella. Os escritores receberam os leitores em um bate-papos descontraído. Falaram sobre suas carreiras e responderam perguntas. Quem não pôde estar presente podia acompanhar ao vivo e chegaram até a abrir perguntas para o público que estava os assistindo através do link ao vivo e do Facebook. Nós da Sociedade fizemos uma pergunta que foi respondida pelos autores e resolvemos compartilhar com vocês, confiram: