quarta-feira, 30 de outubro de 2013

RESENHA: "Jessie hearts NYC", de Keris Stainton

Por Francine Estevão

Título: Jessie hearts NYC
Autor: Keris Stainton
Editora: Orchard Books
Lançamento: 2011
Páginas: 255

Sinopse: Jessie acabou de chegar em Nova York, na esperança de esquecer seu terrível ex-namorado. O nova iorquino Finn está apaixonado pela namorada do seu melhor amigo. Eles poderiam ser perfeitos juntos, mas em uma cidade com oito milhões de pessoas, será que eles irão se encontrar?


Se você, assim como eu, sonha em conhecer NY, mas AINDA não teve essa oportunidade, “Jessie hearts NYC” vai te deixar ainda mais apaixonada(o) pela Big Apple.

Jessie mora em Manchester com o pai e o namorado dele. Sua mãe vive em NY desde que se separou do marido e desde que sua peça de teatro começou a ser encenada na Broadway. Ela então, depois de muito tempo sem falar com a mãe, vai passar o verão na cidade que nunca dorme junto com sua melhor amiga (sonho!). Além de finalmente poder conhecer NY, Jessie vai aproveitar esse tempo para se esquecer do ex-namorado.

Do outro lado – a narrativa é construída por um capítulo de Jessie e um capítulo de Finn e assim sucessivamente - Finn é apaixonado pela namorada do seu melhor amigo e vai passar o verão trabalhando com o pai em um emprego do qual ele não quer nem saber. Sua grande paixão é arquitetura, mas ele não sabe como contar isso pra família.

Entre os muitos passeios e a relação conturbada com a mãe, Jessie e Emma vão esbarrar muitas vezes com Finn pelas ruas de NY. Sim, parece impossível, mas isso acontece mesmo e de um jeito tão natural que parece coisa da vida real. E apesar dos muitos encontrões, vai demorar um pouquinho até que Jessie e Finn realmente se conheçam, o que pode vir a mudar a vida dos dois.

Infelizmente, “Jessie hearts NYC” ainda não foi traduzido e lançado no Brasil (ALÔ EDITORAS, o que vocês estão esperando???). Mas desde que vi a resenha da Giu Fernandes no Amount of Words, fiquei morrendo de vontade de ler o livro em inglês mesmo.

Considerando meu nível mediano de inglês, posso dizer que essa é uma leitura de nível fácil, pois consegui entender tudo e ainda acompanhar a minha ansiedade que me exigiu uma leitura rápida. A história é TÃO boa que eu não conseguia parar de ler. Comecei no domingo e só não acabei na segunda-feira porque às 11 da noite precisei dormir. Terça-feira, 8h30 lá estava eu devorando o livro de novo até a última página.

São tantos detalhes que é como se você estivesse lá, em NY, junto com os personagens. Impossível não ir anotando um monte de dicas e lugares legais que dá ainda mais vontade de conhecer.

Um comentário: