terça-feira, 12 de agosto de 2014

Resenha "Despertar - a bandeja" de Lycia Barros

Por Maju Raz


Título: Despertar - A Bandeja
Autora: Lycia Barros
Editora: Arqueiro
Páginas: 252


Sinopse: "A Bandeja" conta a história de Angelina, jovem de 19 anos, que ao entrar para a universidade, inicia um apaixonado envolvimento amoroso com um de seus professores, Alderico - mais conhecido por Rico. Por conta de toda a avassaladora e descontrolada paixão que envolve esse relacionamento, Angelina começa a viver somente para Rico, colocando seus estudos, seus amigos, sua família, sua religião e até mesmo a si própria em segundo plano. Angelina é evangélica por tradição familiar e não exatamente por convicção religiosa. Porém, inesperadamente, tem um estranho sonho, cujas revelações possuem um forte e marcante significado, que ela somente conseguirá compreenderá mais tarde. Quando, no momento certo, a grande verdade é revelada para Angelina e ela finalmente compreende o que significa o amor de Deus em sua vida.


"A fé movendo a vontade"
Ao resenhar um livro sempre me preocupo com minha língua grande no quesito spoiler. Quando nos empolgamos com um romance temos de nos controlar para não contar algum aspecto muito importante do livro e essa minha enrolação é justamente pra isso, controle (risos). 

“Tu és aquele que nos sustenta de pé a cada dia.”

Gostei muito da capa e me interessei sem ler a sinopse. Ao tomar conhecimento, por se tratar de um tema religioso fiquei com medo bobo, com pé atrás e com aquele pensamento preconceituoso que religião e romances não combinam muito, pois quando articulam que o livro é baseado em religião logo se pensa que é um livro só para religiosos, só que não. Obviamente que por ser fundamentado em crença religiosa se vê várias citações religiosas, mas o que realmente interessa no enredo é a história de Angelina. Calei o bico. A autora está mais que de parabéns por ter conseguido escrever um livro baseado em religião com um romance que nos prende do começo ao fim da história e que nos traz ponderações válidas pra vida.

"Queria que as pessoas me conhecessem como eu sou, para depois saberem qual é a minha religião. Já tinha sofrido muitos distanciamentos prematuros por causa desse preconceito religioso, mas eu não me via nem um pouco diferente das meninas da minha idade, apesar de ter sido criada dentro de uma igreja."

Depois de 18 anos vivendo aos olhos de uma família cristã que possui um enorme vínculo com a igreja, Angelina vive o maior momento desafiador de sua vida -  ela passa numa faculdade pública e vai morar com uma colega desorganizada e doida em uma república. Os professores não parecem estar muito aptos a dar aula e as condições do prédio da Universidade não são lá as melhores. 

Com todo esse baque de mudança e um desânimo enorme, a garota conhece Alderico. Rico, como é chamado, é daquele tipo “UAL Ô LÁ EM CASA!”. Angelina se pega deslumbrada com a paixão avassaladora que sente pelo seu professor de linguística e com receio de estar passando por cima de tudo o que aprendeu a vida toda,  mente pra própria família e se joga de cabeça nesse relacionamento sem que ninguém a faça enxergar que está cega pelo caminho da luxúria e pelo fogo da paixão.

A garota começa a ter sonhos estranhos que representam sua inconsciência falando das implicações dos pecados que estão por vir. Nos sonhos homens lhe apresentam objetos na bandeja que se transformam em feras e desaparecem numa floresta. 

"Aprendi que escolher o errado é sempre mais fácil; as coisas boas e permanentes nem sempre são as primeiras a aparecer. Se dependermos de Deus, não cometeremos os mesmos erros de quando somos independentes d'Ele. As escolhas são nossas... Rejeite a maldição, e a benção te alcançará."

Sinceramente adorei a narrativa do início ao fim. A autora tem uma maneira excepcional de escrever e teve cuidado em escrever para todos os públicos – religioso e não religioso.  A frase a seguir resume tudo:

“Se este livro está em suas mãos agora, Deus quer falar com você. Simplesmente, ouça."


Confiram o BookTrailer:


Baixe o primeiro capítulo clicando aqui.


2 comentários:

  1. Aiiin ameii, eu também li e publiquei ontem a resenha no meu blog, e nossa fiquei apaixonada, já li o 2º livro Entre a mente e o coração que fala mais do Rico ♥ que por sinal me apaixonei kk'

    byanak.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Maju!
    A sinopse desse livro não me chamou muita atenção, e esse tema religioso tenho a impressão de que deixa o livro mais chato..! Não sei, pode ser preconceito mesmo, vou tentar ler pra dar uma chance pra ele! Rs!
    bjos!
    Karen
    http://www.bookadvisor.com.br/

    ResponderExcluir