quarta-feira, 12 de novembro de 2014

RESENHA: "O Homem Perfeito", Vanessa Bosso

Por Francine Estevão


Título: O Homem Perfeito
Autora: Vanessa Bosso
Editora: Novo Conceito
Lançamento: 2014
Páginas: 222



Sinopse: Melina teve alguns relacionamentos ruins, outros péssimos... Mesmo assim, ela não desiste: um dia ainda vai encontrar alguém que a complete e que entenda algumas manias fofas que ela tem como comprar mais sapatos do que pode guardar ou tomar uma multa ou outra por excesso de velocidade. Ela faz a sua parte escrevendo um pedido ao universo, no qual descreve esse ser incrível nos mínimos detalhes. Agora é só esperar, certo? Melina não imagina, porém, que esse presente dos céus já existe, mas foi parar nos braços de uma mulher in-su-por-tá-vel. O que fazer quando o destino insiste em brincar com a sua paciência?

“O Homem Perfeito” é mais um livro incrível da querida Vanessa Bosso. Mais uma vez somos seduzidos por personagens próximos a nós que acabam nos conduzindo para dentro da história. E isso é uma das coisas que mais gosto nas histórias da Vanessa, sempre tem coisas com as quais nos identificamos, fazendo a história ser ainda mais prazerosa.

Além disso, Vanessa é sempre ótima para transformar enredos clichês em histórias que nos dão um prazer imenso de ler. E dessa vez ela nos arranca suspiros e garante boas gargalhadas com essa comédia romântica, um gênero digamos que pouco explorado pela autora.

Dessa vez, somos apresentados a Melina, uma maluquete de primeira que acaba de perder o emprego, o namorado e, sem fazer a menor ideia do que fazer com a própria vida, decide sair de São Paulo e ir para Paraty, viver e trabalhar na pousada dos avós, onde também mora seu pai.

"E eu, o que sou? Uma tresloucada sem noção, uma mulher que ainda não amadureceu, que não conquistou absolutamente nada na vida. E eu tenho celulite." (p.177)

É lá que o passado, ou melhor, o ex-namorado do passado reaparece em sua vida para assombrá-la (embora assombrar não seja a melhor palavra para um médico lindo de morrer, dos pés a cabeça, inteligente e romântico que atende pelo nome de Bernardo). Assim, acompanhamos as aventuras e desventuras de Mel tentando reconquistar o seu homem perfeito em um cenário paradisíaco e somos levados a uma história de amor que tinha tudo pra dar certo, mas que não deu - ainda.

"O que é seu está guardado e virá no tempo certo, independentemente da velocidade com que você corra. A ansiedade é uma distração inútil, digo isso com propriedade. Desacelere. Acredite em um poder superior. Não estamos sozinhos, alguém olha por nós." (p.16)

Bernardo é realmente o homem perfeito, não importa suas preferências. Tenho certeza de que ele é o cara mais próximo do sonho geral da nação feminina conforme já o descrevi brevemente acima. Então, quem poderia dispensá-lo?

Em defesa da Mel, digamos que ele não era tão perfeito assim quando ela o traiu há alguns anos simplesmente por medo de ser abandonada por ele. Mas desde então, a vida de Mel – principalmente no quesito romance – não tem sido das melhores. Ela só não esperava que ainda o amasse tanto assim depois de tanto tempo e de tantas burradas.

A mudança de Melina para Paraty vai fazer com que muito mais mude em todos os âmbitos de sua vida - familiar, profissional e romântica.


2 comentários: