sexta-feira, 6 de março de 2015

RESENHA: Amaldiçoado de Joe Hill

Título: Amaldiçoado
Título Original: Horns
Autor: Joe Hill
Editora: Arqueiro
Páginas: 320

Sinopse: Ignatius Perrish sempre foi um homem bom. Tinha uma família unida e privilegiada, um irmão que era seu grande companheiro, um amigo inseparável e, muito cedo, conheceu Merrin, o amor de sua vida. Até que uma tragédia põe fim a toda essa felicidade: Merrin é estuprada e morta e ele passa a ser o principal suspeito. Embora não haja evidências que o incriminem, também não há nada que prove sua inocência. Todos na cidade acreditam que ele é um monstro. 
Um ano depois, Ig acorda de uma bebedeira com uma dor de cabeça infernal e chifres crescendo em suas têmporas. Além disso, descobre algo assustador: ao vê-lo, as pessoas não reagem com espanto e horror, como seria de esperar. Em vez disso, entram numa espécie de transe e revelam seus pecados mais inconfessáveis. Um médico, o padre, seus pais e até sua querida avó, ninguém está imune a Ig. E todos estão contra ele. Porém, a mais dolorosa das confissões é a de seu irmão, que sempre soube quem era o assassino de Merrin, mas não podia contar a verdade. Até agora. 

“Pobre diabo”

Sozinho, sem ter aonde ir ou a quem recorrer, Ig vai descobrir que, quando as pessoas que você ama lhe viram as costas e sua vida se torna um inferno, ser o diabo não é tão mau assim. Joe Hill, autor de A estrada da noite e Nosferatu, já foi aclamado como um dos principais novos nomes da ficção fantástica. Em Amaldiçoado, o sobrenatural é pano de fundo para uma história de amor e tragédia, de traição e vingança. Um livro envolvente, emocionante e cheio de suspense que nos leva a refletir: em matéria de maldade, quem é pior, o homem ou o diabo?

“O Pacto” ganhou uma nova versão da Editora Arqueiro este ano. Vamos combinar que a capa ficou MUITO MAIS MASSA com a imagem do filme e ator Daniel Radcliffe nela. O ator de Harry Potter deu vida à Ignatius Perrish nos cinemas e a Editora Arqueiro modificou o nome para que todos pudessem conhecer o livro que deu origem ao filme com o nome “Amaldiçoado”. 
Me segurei pra ler o livro antes de ver o filme e assim o fiz. 

Há um ano Ignatius Perrish  perdeu seu grande amor, Merrin. A mulher  foi estuprada e morta e o caso é um mistério. Muitos chegam a acreditar que o pobre Ig é o culpado mesmo ele a amando muito. 

Ignatus  acorda depois de um porre de bebida e descobre que ele tem chifres que cresceram fora de sua cabeça. No começo ele crê que ele está ficando louco, mas logo descobre que eles são de fato reais e vem com um poder terrível  - As pessoas querem dizer a ele os seus segredos mais escuros. A história se desenvolve com muita força e decola em tensão em um conto bem Amaldiçoado.

“As pessoas não param de me contar coisas pavorosas. Ficam dizendo o que queriam fazer, coisas que ninguém jamais admitira. Uma garotinha acabou de me contar que tem vontade de botar fogo na cama da mãe dela.”

Quando o povo aqui de casa me viu lendo isso eles perguntavam se era  um “livro do bem” por causa da capa (hahahaha). Falar que o livro era bom seria um grande eufemismo. Foi extremamente bom!  Joe Hill é simplesmente brilhante e sutil! A forma de como ele escreve é incrível. Em cada linha lida uma profundidade. 

É horrível, emocionante, bonito, divertido, emocionante, mas também bastante profundo e pensativo. Um  dos melhores livros que eu li de Joe Hill. O filme que me aguarde agora! Uhul! 

"Não se pode ter sempre o que quer, mas, se há necessidade real, você vai encontrar."

Nenhum comentário:

Postar um comentário