quarta-feira, 10 de junho de 2015

RESENHA Que falta você me faz de Harlan Coben

Por Francine

Título: Que falta você me faz
Título Original: Missing You
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Páginas: 368
Lançamento: 2015

Sinopse: Que Falta Você Me Faz - Dezoito anos se passaram desde que a detetive Kat Donovan sofreu as maiores perdas de sua vida: a morte do pai e o fim do relacionamento com o noivo. Foram dois acontecimentos muito bruscos que ela ainda não conseguiu superar totalmente, mas, no dia a dia, prefere não pensar muito nisso. Contudo, de uma só vez, essas duas feridas voltam a se abrir. Ao saber que o assassino de seu pai será executado, Kat resolve ter uma conversa com ele para esclarecer o caso. Mas o homem nega a autoria, dizendo que foi obrigado a confessar o crime, e ela acaba ficando com mais dúvidas. Ao mesmo tempo, a detetive é procurada por um garoto que acredita que a mãe está desaparecida. Sem entender por que o adolescente insiste que ela, e não um outro policial, investigue o caso, Kat descobre que o sumiço está relacionado a seu ex-noivo e a um site de relacionamentos. Lidando com dois casos simultâneos, ela decide seguir em frente com as investigações, mesmo que todos ao seu redor tentem dissuadi-la disso. Determinada, Kat trabalha segundo suas emoções, e a intuição lhe diz que ela não deve desistir. Neste livro, mais uma vez Harlan Coben trata de perigos e riscos que podem estar mais próximos da nossa realidade do que se imagina. O resultado é um romance instigante que traça um cenário verossímil e impactante, fazendo um alerta para ameaças atuais que rondam nosso mundo virtual.

Depois de 18 anos desde a morte de seu pai e do fim do seu noivado e consequente sumiço do ex-noivo, Jeff, a detetive Kat Donavan vai ter que enfrentar fantasmas do passado ao se deparar com a morte do suposto assassino do pai e ao reencontrar o ex-noivo em um site de relacionamentos. Enquanto isso, Kat precisa ajudar o jovem Brandon que acredita que há algo de estranho no “sumiço” da mãe que aparentemente foi fazer uma viagem romântica com um namorado misterioso que conheceu na internet. Ao mesmo tempo, ela tem que lidar também com as atitudes estranhas de seu superior no departamento de polícia e com possíveis mentiras que podem estar relacionadas ao seu passado. O que a detetive não imaginava é que, de alguma forma, todos esses casos poderiam estar ligados.

Fazia algum tempo que eu não lia Harlan Coben e a princípio me incomodou um pouco os capítulos intercalados entre Kat e o grupo dos sequestradores que estão com a mãe de Brandon. A história dos sequestradores estava mais interessante do que os devaneios da detetive acerca da morte do pai e do reencontro com o ex-noivo na internet. No entanto, a partir do momento em que os casos começam a se cruzar, a mudança de perspectiva fica mais interessante e a história ganha um ar mais investigativo que leva o leitor a tentar desvendar os mistérios por trás dos casos que rondam a mente de Kat. Ao final, o livro ganha ainda alguns momentos de ação que dão movimento à narrativa. E por fim, uma revelação um tanto quanto previsível dá desfecho a “Que falta você me faz” de uma forma um pouco morna.

O que impressiona e sempre faz valer a leitura de Harlan Coben é a capacidade do autor de interligar casos aparentemente sem nenhuma conexão e surpreender o leitor ao fazer isso de uma forma natural durante a condução da narrativa, sem deixar fios soltos e conseguindo amarrar até mesmo as pontas que acreditamos serem impossíveis de se juntarem.  

Um comentário:

  1. Eu sou fã do Harlan Coben,
    esse foi o único livro dele traduzido par o português que eu ainda não lí, mas vou ler me breve.
    tenho certeza de que, como todos os outros livros, esse também é maravilhoso!
    Amo a linguagem, a maneira que ele surpreende os leitores com usas histórias.

    ResponderExcluir