segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Lançamentos Setembro Editora Novo Conceito

Setembro tem títulos muito legais pros amantes da leitura! Confiram:

Novas Ideias
Fique Forte - Nick Vujicic
Nick suportou o bullying de várias maneiras por ser “;diferente”;.
Entretanto, ele aprendeu que não se deve entrar no jogo de um bully — e nem você deve ser um. Em Fique Forte, Nick mostra algumas estratégias para criar “;um sistema de defesa”;, que permitirá enfrentar os bullies e o motivará a desenvolver sua autoconfiança.
Nenhum bully pode definir quem você é.
Você está sofrendo com o bullying? Você pode enfrentar isso, porque tem mais poder sobre seus sentimentos e sua vida do que imagina! Basta conhecer Nick — o homem sem braços nem pernas, e que tem uma vida absolutamente boa!


Dez Coisas que Aprendi sobre o Amor - Sarah Butler

Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas, cores e mirtilos. Mas, acima de tudo, o hábito de fazer listas de dez coisas que os tornam tristes ou felizes. O amor está em todas as partes desta história. Suas consequências também. Sejam boas ou más. Até que ponto uma mentira pode ser melhor do que a verdade?

Preciso do Seu Amor - Bella Andre

A bem-sucedida corretora de imóveis de Seattle, Mia Sullivan, não é nada boba... A não ser naquela única semana em que entregou seu coração a um músico sensual, que não lhe deu nada em troca além de dias e noites perfeitas em sua cama. Apesar de ter jurado que nunca mais o veria, ele foi o único homem de quem não conseguiu se esquecer.
Um dos roqueiros mais desejados do mundo, Ford Vincent pode ter a mulher que quiser... exceto Mia Sullivan. Agora ele sabe que as milhares de fãs que cantam suas músicas não podem preencher o seu vazio. Só o amor de Mia tem esse poder então, ele jura fazer tudo o que for preciso para conquistar o coração dela novamente. Depois de um reencontro, uma atração intensa surge entre eles. Será que, finalmente, Mia e Ford irão descobrir um amor forte o suficiente para durar para sempre?



Novas Páginas - Nacionais

Supernova 2: A Estrela dos Mortos - Renan Carvalho
Após deixar sua cidade natal, Leran está perdido em busca de uma pessoa que possa ajudar sua irmã Luana a controlar seus poderes. Enquanto foge de caçadores colocados em seu encalço, o arqueiro conhecerá novos lugares e aliados para sua jornada. Ao mesmo tempo, Tlavi, a jovem Estrela da Cura, tenta desvendar os mistérios de um criminoso capaz de erguer as forças das trevas no território pacificado do Reino Central. O caminho desses personagens está ligado pelo destino. Será que poderão lutar juntos para descobrir como vencer os novos inimigos? Conseguirá Luana despertar sua verdadeira força? Como Leran agirá diante da evolução dos poderes da irmã? É o que você vai descobrir em Supernova: A Estrela dos Mortos.

A Aposta - Vanessa Bosso

A primeira experiência amorosa de Nina não foi nada boa. Diante de tamanha decepção, a garota não quer saber de namorados e seu coração virou uma pedra de gelo. No colégio, os garotos lançam uma aposta a Lex, o grande pegador , daqueles que arrancam suspiros até mesmo de objetos inanimados. Será que ele, com todo seu poder de sedução, conseguirá conquistar o coração de Nina? De forma hilária e dinâmica, a autora levará os leitores a uma viagem inesquecível, na qual a amizade e o amor reinarão em absoluto... Até que uma vingança surja em cena para estragar tudo. Quem sairá vencedor?
Façam suas apostas. O jogo está prestes a começar.


Eu Fico Loko 2 - Christian Figueiredo de Caldas


Tô de volta, meus lokões e lokonas!
Pra deixar vocês ainda mais ligados nas minhas aventuras.
Como todo adolescente, eu já aprontei bastante e sobrevivi a muitos sentimentos. Alguns deles eu descrevo nos vídeos do canal EU FICO LOKO, onde tem uma galera que me acompanha. Outros, guardo para estes encontros especiais que tenho com vocês, através dos meus livros. Viagens, escola, festas, namoros, amigos, família, Copa do Mundo... Cada um desses assuntos traz ótimas recordações. E muitos segredinhos também. Se você gostou das histórias do meu primeiro livro, vai ficar ainda mais ligado nas situações que reservei para esta continuação! Ou, como eu adoro dizer, as histórias que tive medo de contar no primeiro livro.
Ficou curioso? Então chega mais!


quinta-feira, 27 de agosto de 2015

RESENHA Para Continuar de Felipe Colbert


Título: Para Continuar
Autor: Felipe Colbert
Editora: Novo Conceito
Páginas: 221

Sinopse: Para continuar - Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa do seu coração defeituoso.Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade.A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento.O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram.

"Cada uma delas conta uma história. Só que a lanterna que ela tanto espera, teima em não estar lá."

Todo mundo falava da escrita de Colbert e eu confesso que fiquei curiosa e somada a atenção que a capa desse livro me chamou e dos aspectos orientais que aaaamo, então resolvi ler.

Dei de cara com a história dos protagonistas dentro do mesmo trem do metrô voltando da Faculdade. Leonardo não consegue tirar os olhos da linda oriental Ayako Miyake que está totalmente na dela ouvindo seu som. O garoto até tenta um contato, mas a moça não o ouve já que está de fones e então vão todos pra casa.

Em seguida sabemos mais sobre Leonardo César, um estudante de Designer com seus 20 anos e sua vida normal. Para tudo! Ele queria que fosse normal...Leonardo possui cardiomiopatia dilatada idiopática, ou seja, seu coração não consegue pulsar o sangue como deveria e o jovem tem uma vida super limitada, afinal pequenos esforços podem acabar com sua vida.

"Sabe que isso só potencializaria a sua angústia. Prefere acreditar que as páginas de sua vida ainda estão sendo escritas."

Leonardo se aventura no Bairro Japonês Liberdade com a finalidade de encontrar a garota que ele não consegue tirar da cabeça, mas o destino com certeza vai desafiar o jovem garoto.

" Quando o amor acontece, uma luz se acende."

Assim como em Belleville, Para Continuar traz traz uma lição de amor nada piegas, muita cultura japonesa além de muitos cenários brasileiros e familiarizados (O bairro Liberdade o qual aaaaaamoooo que tem feirinha japonesa e que sempre que estou em São Paula na casa da minha prima que mora lá perto, vou lá) a nós fazendo o leitor se aproximar da leitura. Acho que isso deixa a leitura mais cativante fazendo com que o leitor não consiga parar de ler e se delicie com personagens tão humanos (mesmo os inanimados) e cativantes que me emocionaram extremamente muitas vezes durante o desenrolar da história. Ambos os títulos do autor são histórias encantadas que tem toque do fantástico e que torna as tramas especiais para a literatura nacional. Parabéns, Felipe!


"Meu coração faz um péssimo trabalho e sou eu quem paga o pato."

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Editora Novo Conceito divulga Capa da autora Kristin Harmel

A Editora Novo Conceito divulgou hoje em suas redes sociais a capa do livro de Kristin Harmel, "Enquanto houver estrelas no céu",com previsão de lançamento para Outubro/Novembro. Confiram que linda a capa e a sinopse. Curti muito. 

Aos trinta e seis anos, Hope McKenna-Smith está acostumada com más notícias. Ela perdeu a mãe para o câncer, seu marido a deixou por uma mulher mais nova, e sua conta bancária está quase no fim. Seu sonho de se tornar uma advogada há muito se foi.

Agora, sua querida avó nascida na França, Mamie, que encantou a cidade com suas fabulosas tortas por mais de 50 anos, se afasta cada vez mais devido o Alzheimer. Em um raro momento de clareza, Mamie se recorda do passado e dos segredos que escondeu por tantos anos. Ela revela trechos de uma misteriosa história trágica em Paris. Com uma lista de nomes, Hope parte para a França para descobrir o segredo que envolve sua avó.

Para Hope esta será também uma viagem de descobertas: de tradições religiosas há muito esquecidas, de histórias vividas numa Paris ocupada pela guerra e onde o amor ainda sobrevive e, sobretudo, sobre sua capacidade de recomeçar e acreditar em si mesma.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Prometo Falhar entra para os mais vendidos do PublishNews

Apenas dois dias depois do lançamento, o livro de crônicas do autor Pedro Chagas Freitas, Prometo Falhar, mostra que veio com tudo e já entra para a lista dos livros de ficção mais vendidos do PublishNews. 

Prometo Falhar é um livro de amor. O amor dos amantes, o amor dos amigos, o amor da mãe pelo filho, do filho pela mãe, pelo pai, o amor que abala, que toca, que arrebata, que emociona, que descobre e encobre, que fere e cura, que prende e liberta.


sexta-feira, 21 de agosto de 2015

RESENHA Peter Pan Tem que Morrer de John Verdon

Título: Peter Pan Tem Que Morrer
Título Original: Peter Pan Has to die
Autor: John Verdon
Editora: Arqueiro
Páginas: 400

Sinopse: Peter Pan tem que morrer traz de volta o detetive Dave Gurney, protagonista de Eu sei o que você está pensando, Feche bem os olhos e Não brinque com fogo. “Uma sofisticada trama de suspense que os aficionados por mistério adorarão tentar resolver. Com um enredo tenso, cheio de intrigas inimagináveis, Peter Pan tem que morrer desafia a inteligência do leitor até sua dramática e espantosa conclusão.” – Library Journal.No mais tortuoso romance policial escrito por John Verdon, o especialista em mistérios David Gurney dedica sua mente brilhante à análise de um assassinato terrível que não pode ter sido cometido da forma como os investigadores responsáveis pelo caso afirmam que foi. Detetive aposentado do Departamento de Polícia de Nova York, ele precisa cumprir uma espinhosa tarefa: determinar a culpa ou a inocência de uma mulher condenada pela morte do próprio marido.


"Há uma coisa interessante com os olhos, pensou Gurney. Eles contêm e refletem, mesmo com o esforço de esconder, o resumo emocional de tudo o que já viram."

Nunca havia lido nada de John Verdon, mas as capas de seus livros sempre me chamaram a atenção. Achei muito interessante a experiência de conhecer o autor. Em Peter Pan tem que Morrer a história é dividida em 4 partes de capítulos curtos e ritmo acelerado: Um Assassinato Impossível, Peter Pan, Todo o Mal do Mundo e Justiça Perfeita.

Dave Gurney é um famoso detetive aposentado de homicídios de Nova Iorque. Ele se muda para uma casa no campo no interior da cidade de NY com sua mulher, Madeleine, que tem aceitado bem as mudanças, mas Dave é convidado por Hardwick, um ex-policial do Departamento de Investigações Criminais da polícia do Estado,  a se juntar a ele num antigo caso insolúvel. O Kay Spalter, que foi condenada pelo assassinado do próprio marido Carl Spalter, um político podre de rico. Gurney não consegue dizer não pois quer descobrir a verdade real deste caso e pensa que Kay é inocente, mesmo sem saber do perigo que esse caso pode trazer a sua vida...

"– Não pretendo perder tempo nenhum.
– Como quiser, Sherlock"

Assim que os detetives começam a cavar partes da investigação acabam se deparando com coisas estranhas... Gurney e Hardwick descobrem o provável suspeito é um assassino profissional que atende pelo nome de Peter Pan e que opera globalmente. Sua especialidade é fazer o impossível. Neste caso, parece que Carl Spalter não poderia ter sido morto na forma que a polícia e perícia sugerem.


Conforme a história se desenrola, a dinâmica mantém o ritmo e o leitor acaba num estado maravilhoso de estar envolvido no clímax da perseguição. Quem contratou o assassino? O porquê de tudo isso? Verdon sabe muito bem como manter uma escrita que chama nossa atenção e faz Peter Pan ter que morrer ser um livro de ritmo rápido e atraente.

“Sem ver, sem ouvir, sem falar. Não ver o mal, não ouvir o mal, não falar o mal.”

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

RESENHA Soldier de Sam Angus


Título: Soldier - leal até o fim
Título Original: Soldier Dog
Autora: Sam Angus
Editora: Novo Conceito
Páginas: 256

Sinopse: Quando Tom Ryder é convocado para lutar na Primeira Guerra Mundial, não imagina o quanto o seu irmão mais novo, Stanley, sentirá sua falta. A única alegria do garoto são os filhotes de Rocket, a cadela premiada que é o orgulho da família. Porém, ao descobrir que Rocket teve filhotes mestiços, o pai de Stanley fica furioso e ameaça afogar os cãezinhos.
Inconformado e desejando reencontrar Tom, Stanley foge de casa. Mentindo a idade, consegue se alistar no exército britânico. Somente o amor incondicional pelos animais será capaz de fazê-lo sobreviver à brutalidade e à frieza dos campos de batalha. Uma prova de que a inocência e a sensibilidade podem ser mais poderosas do que a guerra.
SOLDIER: Leal até o fim é um livro emocionante e intenso, recomendado para leitores de todas as idades, especialmente para os apaixonados por cães.

“Se um cão ama você, ele fará qualquer coisa.”

Se você já leu Rose na Tempestade então não pode perder Soldier! Então você olha pra capa e pensa: “Ah, mas é livro de guerra....tô fora.” Não! Vá por mim, o livro é lindo! Quem ama cães e animais vai se derreter com esse romance que vai fazer você se apegar mais ainda a seu bichinho de estimação. É um livro sobre amor e sobre a relação especial entre cão-homem.

Meus livros favoritos com o tema "Animais" da NC
A principio eu senti um pouco de repulsa pelo o que a personagem queria fazer....mas com mais calma fui lendo e me deparando com uma história surpreendente.

Primeira Guerra Mundial – O adolescente Stanley presencia seu amado irmão mais velho, Tom, partir para a guerra enquanto ele fica para trás com seu pai descontrolado, Da. 

"O cão deve querer estar com você. Se ele quiser estar com você, então ele será leal, corajoso e honrado..."

O cão da família foge e retorna prenha. O pai de Stanley vê essa situação como um fardo e ameaça afogar os filhotes depois que eles nasceram. O garoto Stanley desenvolveu uma mega ligação com o filhote mais pequenino, o único macho da ninhada,  e o nomeou Soldier em homenagem ao seu irmão Tom. 

Aí você pensa GRAÇAS A DEUS os cachorrinhos não são afogados, MAS a raiva de Da é grande já que todos são sem raça definida e ele então dá as crias exceto Soldier, o favorito de Stanley. MÃNSSSS o pobre Soldier é afogado pelo pai louco e o pobre Stanley, inconsolável, foge de casa, mente a idade e se junta ao exército a procura de seu irmão.  

“Sempre serei grato por você ser muito jovem para vir para a a guerra – porque o mundo nunca mais será o mesmo para quem esteve aqui.”

No exército, Stanley se torna mestre de dois cães extraordinários quando trabalha em uma unidade especial de cães mensageiros. O garoto se responsabiliza por Bones, um cachorro preto super fofo, inteligente e leal que vai conquistar o coração de Stanley e o nosso coração. 

"Bones assumiu sua coragem, seu senso de honra como sendo dele próprio. Ele sempre será verdadeiro, leal e corajoso; até a última batida do seu coração ele dará - e disso eu não tenho dúvida - a própria vida por você. Seja o que for que esteja esperando por vocês dois, lembre-se de que para Bones você é toda a vida dele." 

O que se segue é uma história de atrocidades da guerra, bravura, coragem, lealdade, de uma família a reparar suas feridas, amor, milagres e de melhor amigo do homem. Inclui uma galeria de fotos histórico de cães de guerra usado na Primeira Guerra Mundial.

“Um bom cão sempre suspeita de um homem de chapéu se ele não conhece esse homem.”

É uma narrativa forte e linda que apresenta personagens inesquecíveis com uma trama de arrebatar seu coração e nos ensinar algo significativo sem nos fazer sentir repulsa apesar dos pesares. Show de livro!   



segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Novo Livro de Tammy Luciano tem capa em formato de revista e já está em pré-venda

A Editora Valentina  divulgou a capa do novo livro de Tammy Luciano, Escândalo!!!
A capa é diferente e vem em formato de revista. O livro já está em pré-venda na Saraiva. 


Viva uma história de amor que - na atual realidade das garotas famosas, candidatas à diva e que dominam o mundo da TV -- fará você perder o fôlego ao acompanhar a rotina, os dramas e a, muitas vezes, dura realidade de uma personagem parecida com alguém.

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Editora DarkSide traz para o Brasil Hellraiser – Renascido do Inferno



"A DarkSide® traz para o Brasil o tão aguardado Hellraiser – Renascido do Inferno, o romance que fez de Clive Barker uma lenda viva do terror. O livro chega às livrarias em setembro de 2015, às vésperas do aniversário de 30 anos de seu lançamento internacional."


Escrito em 1986, HELLRAISER - RENASCIDO DO INFERNO apresentou ao público os demoníacos Cenobitas, personagens criados por Clive Barker que hoje figuram no seleto grupo de vilões ícones da cultura pop como Jason, Leatherface ou Darth Vader. Toda a perversidade desses torturadores eternos está presente em detalhes que estimulam a imaginação dos leitores e superam, de longe, o horror do cinema.

Clive Barker escreveu o romance HELLRAISER - RENASCIDO DO INFERNO (The Hellbound Heart, no original) já com a intenção de adaptá-lo ao cinema. O cultuado filme de 1987 seria sua estreia na direção, e ele usou o livro para mostrar todo seu talento como contador de histórias a possíveis financiadores. Nas palavras do próprio Barker: “A única maneira foi escrever o romance com a intenção específica de filmá-lo. Foi a primeira e única vez que fiz assim, e deu resultado”.

Darkside sempre caprichando nas capas. QUERO!

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Editora Única nos apresenta capa de "Escola de Vilões" de Jen Calonita

Estou lindamente apaixonada por esta capa que a editora Única acaba de divulgar e que vai lançar em Setembro - "Escola de Vilões". O livro de Jen Calonit é o primeiro da saga "Fairy Tale Reform School".

QUERO!
Será que um vilão pode se recuperar? Gilly não se considera exatamente uma garota má… Porém, quando se tem cinco irmãos e irmãs mais novos, é preciso ser criativo para ajudar nas despesas. Ela é uma ladra muito boa, e disso tem certeza e pode se gabar. Até ser pega. Depois de roubar uma presilha, é sentenciada a passar três meses no Reformatório de Contos de Fadas – no qual os professores são aqueles antigos vilões que já conhecemos, como o grande Lobo Mau e a malvada Madrasta da Cinderela. Quando, porém, ela faz amizade com alguns estudantes, como Jax e Kayla, aprende que esse reformatório vai muito além de sua missão heroica. Há uma batalha ganhando forma e Gilly precisa descobrir: os vilões podem realmente mudar? Descubra o Lado B dos contos de fadas

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Novo Conceito libera a capa de "A Estrela dos Mortos"

Hoje foi liberada a capa do novo livro de Renan Carvalho, "A Estrela dos Mortos". A continuação de "Supernova" será lançada na Bienal do Rio em setembro e em breve já estará à venda em todas as lojas. Gostei bastante, e vocês?



Fora dos muros de Acigam, Leran acreditou que sua missão mais importante seria proteger Luana até que encontrassem alguém para treiná-la. O que ele nunca imaginou é que o destino os levaria a tomar rumos diferentes. Algo sombrio está se aproximando e agora, não só eles, mas o mundo pode ser destruído. Prepare-se: a grande batalha está prestes a começar.


Supernova 2 - A Estrela dos Mortos, Renan Carvalho.
Em breve na pré-venda, aguardem! 



Lançamento na Bienal Do Livro Rio:https://goo.gl/cF0KKl

terça-feira, 11 de agosto de 2015

RESENHA Fragmentados de Neal Shusterman

Título: Fragmentados
Título Original: Unwind (The Unwind #1)
Autor: Neal Shusterman
Editora: Novo Conceito
Páginas: 368

Sinopse: Em uma sociedade em que os jovens rejeitados são destinados a terem seus corpos reduzidos a pedaços, três fugitivos lutam contra o sistema que os fragmentaria.
Unidos pelo acaso e pelo desespero, esses improváveis companheiros fazem uma alucinante viagem pelo país, conscientes de que suas vidas estão em jogo. Se conseguirem sobreviver até completarem 18 anos, estarão salvos. No entanto, quando cada parte de seus corpos desde as mãos até o coração é caçada por um mundo ensandecido, 18 anos parece muito, muito longe.
O vencedor do Boston Globe-Horn Book Award, Neal Shusterman, desafia as ideias dos leitores sobre a vida: não apenas sobre onde ela começa e termina, mas sobre o que realmente significa estar vivo.


''As pessoas não são completamente boas nem completamente ruins. A gente passa a vida toda entrando e saindo das sombras e da luz. Neste momento, eu estou feliz por estar na luz.''

Distopia, mas não uma Distopia qualquer. Fragmentos é de arrepiar! É diferente do que se lê de atual desse tema por aí e acredite se quiser - o ser humano seria muito capaz de cometer algumas das várias atitudes abordadas pelo tema do livro.

Os Estados Unidos experimentaram um tipo de segunda guerra civil instigada pelo “pró-escolha “ e “pró-vida” e defensores impelidos a se destruirem reciprocamente. Para terminar essa guerra funcionários do governo se uniram para criar uma lei que onde a vida humana não pode ser tocada a partir do momento da concepção até que a criança faça treze anos, porém entre as idades de treze e dezoito anos, um pai pode optar por "abortar" uma criança, ou seja, fragmentados - os órgãos da criança são transplantados em diferentes doadores. Assim “todos ganham” – “a vida não termina”, sociedade fica repleta de doadores de órgãos sem tecnicamente ninguém ir contra a lei e os pais eliminam seus filhos não desejados.

“Já tem um trabalho bem definido para si, o de mudar o mundo e tudo mais, mas as coisas já estão em movimento; tudo o que ele tem a fazer é manter o ímpeto. E não precisa fazer isso sozinho. ”

Connor é um adolescente muito difícil de ser controlado na visão de seus pais, Risa  é uma tutelada da Casa Estatal e o Estado não tem grana para mantê-la. Ambos estão condenados a serem fragmentados. Quando seus caminhos se cruzam com o dízimo (, uma criança concebida e criada para ser fragmentada) chamado Lev, eles escapam do mundo que conhecem e se tornam fugitivos.

''A única razão para eu estar vivo é que aquela pessoa foi fragmentada.
 - Então - diz Connor -, a sua vida é mais importante que a dela? ''

Esse é um romance acelerado que critica a ética do que acontece com as crianças indesejadas e as consequências. O autor nos passa conceitos como “fragmentar”, abandonar os filhos indesejados, aborto e do dízimo, pessoas que são obrigadas a serem o que os pais querem. Uma questão também legal do livro é a da “doação de órgãos”. Como muita gente opta por não doar os órgãos após morrer, existe o tráfico de órgãos – o livro é basicamente uma metáfora desse tema.

“Fragmentários em fuga são tão comuns hoje em dia que há equipes inteiras da polícia juvenil dedicadas a encontrá-los. As autoridades transformaram a coisa em uma arte. ”

O estilo de escrita é simples, mas os conceitos são muito profundos. Nos faz pensar sobre o que a vida realmente significa e do nada você se pega sentindo emocionalmente ligada a algumas das personagens. Perturbador, emocionante e com certeza vai assombrar alguma parte do seu interior.

"As autoridades transformaram a coisa toda em uma arte."







segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Dez coisas que aprendi sobre o amor


A Novo Conceito divulgou para seus parceiros o primeiro capítulo de dez coisas que aprendi sobre o amor e nos desafiou a falar sobre o livro e fazer uma lista com dez coisas que sabemos sobre o amor.

"Hoje meu coração está forte. Sigo a forma do rio, procurando cores."

É tão difícil ter uma impressão logo de cara de um romance não é mesmo? Tanto de um romance livro quanto de um romance real...

Mas percebe-se que a escrita de Sarah é clara e livre, com algumas descrições encantadoras e as caracterizações dos dois protagonistas são precisas. Aparentemente a história vai se desenrolar de pontos de vistas diferentes. Esses pontos de vista alternados dos dois personagens principais são separados por listas mantidas pelo próximo a falar. A autenticidade dessas listas deu tal visão sobre as personagens pra mim, tão veracidade. Achei uma forma maravilhosa de mostrar ao leitor o que se passa dentro das mentes de Alice ou Daniel, em vez de dizer-nos.

"Uma vez que tenha me apaixonado, acho quase impossível me desapaixonar."



A história fala sobre duas pessoas completamente diferentes e, ao mesmo tempo, que complementam-se: Daniel, um mendigo que lista diariamente os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu; e Alice, que não se sente à vontade entre a família que a cerca e também tem a sua lista, de coisas que a tornam feliz ou triste. O que eles tem em comum, devem estar me perguntando? O amor, é claro, esse sentimento que se torna um dos personagens principais, presente em toda a história.

Acho que é será um livro que vai abordar sobre muitas coisas nas relações familiares, sobre a comunicação dentro de um pequeno grupo, como a família, a amizade e o amor. Um livro intenso, onde se comunicar são os gestos, hábitos, em vez do que as palavras realmente faladas. Sei que vamos dar de cara com muitas emoções e sentir as as infinitas facetas que compõem a alma e o coração humano.

Agora a minha lista...

O que EU sei sobre o amor:

1. O amor nos enfraquece assim como nos fortalece;
2. O amor nos faz querer mudar e viver, mas também nos faz querer morrer;
3. O amor evita guerras;
4. O amor existe dentro de cada um de nós, mas nem todos o praticam por inúmeras razões;
5. O amor não exige nem trocas muitos menos provas;
6. O amor é se sentir plena;
7. O amor transborda;
8. Amor é perdão;
9. Amor é a base de tudo na vida;
10. Amor é um sentimentos que envolve outros sentimentos juntos - carinho, paixão, amizade, admiração e respeito.



RESENHA A Aposta de Vanessa Bosso

Por Francine Estevão

Título: A Aposta
Autor: Vanessa Bosso
Editora: Novo Conceito
Páginas: 286

Sinopse: A primeira experiência amorosa de Nina não foi nada boa. Diante de tamanha decepção, a garota não quer saber de namorados e seu coração virou uma pedra de gelo. No colégio, os garotos lançam uma aposta a Lex, o grande pegador , daqueles que arrancam suspiros até mesmo de objetos inanimados. Será que ele, com todo seu poder de sedução, conseguirá conquistar o coração de Nina? De forma hilária e dinâmica, a autora levará os leitores a uma viagem inesquecível, na qual a amizade e o amor reinarão em absoluto... Até que uma vingança surja em cena para estragar tudo. Quem sairá vencedor? 
Façam suas apostas. O jogo está prestes a começar.


Para quem está acostumado aos textos de Vanessa Bosso, esse livro pode ser uma surpresa. Sua primeira comédia romântica é uma delícia de ler e nos faz viajar e torcer a cada página.

Nina não se deixa mais enganar por homem nenhum e suas ferramentas para mantê-los afastados são os pulsos. Lex consegue tudo o que quer, mas agora ele precisa conseguir um dinheiro e para isso aceita a grande aposta do ano: conquistar Nina durante a viagem de formatura.

A garota descobre o plano e resolve entrar na “brincadeira” proporcionando aos leitores que também participem da aposta. E agora, quem leva, Nina ou Lex?

Nas areias da Ilha Inamorata, não só Nina e Lex vão viver alguns dias de desafios com todo o colégio torcendo para um ou para outro, mas também seus amigos mais próximos vão participar de apostas menores que podem não acabar nada bem. Afinal, quem gostaria de ser uma conquista valendo algum dinheiro no final?

Quero deixar claro que desde o começo eu fui team Nina. Mas aos poucos fui me convencendo pelo sex appeal do garoto apesar de achar o tempo todo que ele estava me enganando. Isso mesmo, se você vai ler “A Aposta”, vai perceber que nunca se sabe o que ali é sentimento verdadeiro e o que faz parte do jogo. Os apostadores jogam tão bem que acabam enganando a gente. E você vai se envolver tanto na história, que vai acabar ficando confusa sem saber a qual time você pertence no final.

Por falar em final, a história de Nina e Lex não para ao fim de “A Aposta”. Vem ai, “A Aposta 2” que promete ser mais uma aventura incrível, dessa vez ao estilo Vegas. Vamos aguardar!

Mas antes de terminar essa resenha, quero falar sobre a Narradora de “A Aposta”. Personagem a parte, ela foi quem mais me conquistou na leitura. Ela não apenas narra a história como se intromete em tudo, dando palpites e surtando com o desenrolar dos acontecimentos nos proporcionando boas risadas.