quinta-feira, 27 de agosto de 2015

RESENHA Para Continuar de Felipe Colbert


Título: Para Continuar
Autor: Felipe Colbert
Editora: Novo Conceito
Páginas: 221

Sinopse: Para continuar - Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa do seu coração defeituoso.Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade.A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento.O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram.

"Cada uma delas conta uma história. Só que a lanterna que ela tanto espera, teima em não estar lá."

Todo mundo falava da escrita de Colbert e eu confesso que fiquei curiosa e somada a atenção que a capa desse livro me chamou e dos aspectos orientais que aaaamo, então resolvi ler.

Dei de cara com a história dos protagonistas dentro do mesmo trem do metrô voltando da Faculdade. Leonardo não consegue tirar os olhos da linda oriental Ayako Miyake que está totalmente na dela ouvindo seu som. O garoto até tenta um contato, mas a moça não o ouve já que está de fones e então vão todos pra casa.

Em seguida sabemos mais sobre Leonardo César, um estudante de Designer com seus 20 anos e sua vida normal. Para tudo! Ele queria que fosse normal...Leonardo possui cardiomiopatia dilatada idiopática, ou seja, seu coração não consegue pulsar o sangue como deveria e o jovem tem uma vida super limitada, afinal pequenos esforços podem acabar com sua vida.

"Sabe que isso só potencializaria a sua angústia. Prefere acreditar que as páginas de sua vida ainda estão sendo escritas."

Leonardo se aventura no Bairro Japonês Liberdade com a finalidade de encontrar a garota que ele não consegue tirar da cabeça, mas o destino com certeza vai desafiar o jovem garoto.

" Quando o amor acontece, uma luz se acende."

Assim como em Belleville, Para Continuar traz traz uma lição de amor nada piegas, muita cultura japonesa além de muitos cenários brasileiros e familiarizados (O bairro Liberdade o qual aaaaaamoooo que tem feirinha japonesa e que sempre que estou em São Paula na casa da minha prima que mora lá perto, vou lá) a nós fazendo o leitor se aproximar da leitura. Acho que isso deixa a leitura mais cativante fazendo com que o leitor não consiga parar de ler e se delicie com personagens tão humanos (mesmo os inanimados) e cativantes que me emocionaram extremamente muitas vezes durante o desenrolar da história. Ambos os títulos do autor são histórias encantadas que tem toque do fantástico e que torna as tramas especiais para a literatura nacional. Parabéns, Felipe!


"Meu coração faz um péssimo trabalho e sou eu quem paga o pato."

Nenhum comentário:

Postar um comentário