sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

RESENHA A Serva do Império de Raymond E. Feist e Janny Wurts

Por Mariana Lucera

Título: A Serva do Império
Título original: Servant of the empire
Autor: Raymond E. Feist e Janny Wurts
Editora: Saída de Emergência
Número de Páginas: 766

Sinopse: Mara, a Senhora dos Acoma, conhece melhor que ninguém os segredos do Jogo do Conselho. Por meio de sangrentas manobras políticas, ela se tornou uma poderosa força no Império. Mas, rodeada de rivais impiedosos, terá que ser a melhor se quiser sobreviver. Como se isso não bastasse, a jovem precisa lutar em duas frentes. Na corte dos Tsurani, intrigas e traições desestabilizam o poder. Em seu coração, a paixão por um bárbaro do mundo inimigo de Midkemia a leva a questionar os princípios que sempre nortearam sua existência. Com seu filho em perigo e a continuidade de sua Casa ameaçada, Mara usa de todos os meios para tentar controlar a crueldade dos seus inimigos. Os desafios que terá que enfrentar dessa vez irão colocar em xeque as tradições dos Tsurani e suas próprias convicções. Neste jogo de sentimentos e poder, talvez ninguém saia vencedor.

Comecei a leitura dos livros de Raymond E. Feist pela Herdeira do Império. Mesmo tendo na estante os quatro livros da série O Mago, foi a história de Mara Acoma que me mostrou o que esse autor é capaz de fazer.Essa será uma resenha dupla, da Herdeira do Império e da Serva do Império, pois não é possível separar os livros, já que os li muito perto um do outro, quase seguidos.
Bem, o que me chamou atenção para o romance no primeiro volume, foi o oposto do que ocorreu em sua continuação.

A Herdeira do Império me fascinou porque é uma história muito bem narrada, uma fantasia extremamente rica, porém, sem uma gota de romance entre a protagonista e outro personagem. Você praticamente só tem a Mara, uma então recém-órfã que precisa garantir a sobrevivência do nome de sua família e de tudo que ela significa. Em um jogo onde ela é praticamente inexperiente, Mara usa de todas as artimanhas que aprendeu com o pai e o irmão para não sucumbir ao golpe que trouxe morte de sua família e a levou a essa posição de herdeira de uma casta.

Confesso que senti no primeiro volume que o jogo do Conselho, como é chamado o emaranhado de famílias de alta posição que se odeiam e lutam para garantir seu lugar na sociedade me lembrou um pouco de Guerra dos Tronos. Afinal, intrigas, alianças políticas difíceis, dúbias e tudo isso já me foi apresentado com os livros de Martin.No entanto, Raymond consegue ser muito mais sutil, muito mais ardiloso, pois o leitor não sabe o que Mara está tramando até acontecer.

Já no segundo volume, temos Mara lutando para manter os Acoma em segurança, depois de ter indiretamente provocado a morte de X. Agora o filho dele tem sede de vingança.E dessa vez temos romance. Afinal, nossa protagonista não poderia ser 100% uma jogadora, uma estrategista. Ela também é humana e se apaixona por um dos escravos bárbaros que compra para compor seu exército.

A serva do Império tem momentos mais tensos do que o primeiro livro, parece que existe uma crescente vindo de todos os lados para acabar com a família de Mara e o leitor fica mais aflito, pois a segurança é uma mera miragem.

Outro fator positivo é que nesse volume não temos só o ponto de vista de Mara, portanto você tem uma ideia melhor do que está acontecendo no mundo dos tsurani. O final foi algo além do que eu esperava, fiquei desesperada para saber como continua, e olha que demorei bastante para ler as 700 páginas do livro, pois intercalei com outras leituras. Sem dúvidas dá para dizer que Raymond E. Feist é um dos melhores escritores de fantasia da atualidade.
Se você gosta do gênero os livros dele se tornam obrigatórios. Agora só me resta partir para a saga O Mago.

2 comentários:

  1. Se você já gostou desses dois volumes você não vai querer largar a saga mago quando começar a ler. Eu simplesmente estou apaixonado por este mundo. Tomara que todos os outros livros dele sejam traduzidos também.
    Abs e um feliz ano novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. =D Deyvyd que tudo! Tomara mesmo! Beijão, ótimo ano novo e obrigada pela visita!

      Excluir