quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

RESENHA Destinado de Carina Rissi

Por Mariana Lucera

Título: Destinado (Perdida 3)
Editora: Verus
Páginas: 462
Sinopse: Ian Clarke é um homem de sorte e sabe muito bem disso. Ele encontrou a felicidade que tanto almejava ao lado de sua amada (e complicada) Sofia. Não que tenha sido fácil — mas o que é simples quando o assunto é sua esposa? O destino tem sido gentil, e por essa razão Ian se esforça tanto para ser um bom marido, um bom pai, um bom irmão.
Entretanto sua felicidade começa a ruir no baile de aniversário de sua irmã, Elisa. Ian assiste, impotente, enquanto sua vida perfeita se transforma em uma terrível catástrofe. A noite é desastrosa, e Elisa, a menina que ele jurou proteger, se torna alvo de um escândalo.
Mas o pior ainda está por vir. Um assunto do passado, um pesadelo que há muito o persegue, retorna para assombrá-lo. Aterrorizado com a possibilidade de perder Sofia outra vez, Ian segue seu coração na tentativa de proteger a mulher que ama, sem se importar com as consequências. Ele só não suspeitava de que o preço a pagar seria tão alto…


Em Destinado: as memórias secretas do sr. Clarke, os leitores vão conhecer um novo capítulo da arrebatadora história de amor de Ian e Sofia — desta vez pela perspectiva desse cavalheiro que conquista corações por onde passa.

Conheci a Carina Rissi em um evento em Ribeirão Preto. Ela tinha dois livros publicados por uma editora grande e Perdida tinha me deixado apaixonada e me fazia rir sozinha durante a leitura.

A partir daí, tornei-me fã da moça simpática e até tímida que falava do seu trabalho com tamanha paixão.

Destinado, o quinto livro da autora não poderia ser diferente. Dessa vez, narrado por Ian, o livro leva o leitor de volta ao romance do casal mais propenso a se meter em confusões.

Para nos contar as impressões e pensamentos de Ian em todos os momentos marcantes que ele passou ao lado de Sofia, Carina encontrou uma solução criativa e que funciona: levou Sofia, Ian e Elisa para o futuro e deu uma falha de memória gradativa ao mocinho.

Enquanto procuravam por Elisa nesse futuro caótico do ano de 2011, Ian vai nos revelando, a medida que esquece suas lembranças, tudo o que sentiu ao ver Sofia pela primeira vez.

Claro que a técnica só podia deixar o romance ainda mais engraçado, pois vemos que todas as vezes que Ian acorda e não se lembra de que está casado com Sofia, ele a pede em casamento outra vez.
É muito legal ver que ele a ama acima de qualquer coisa e independente de quantas vezes se esqueça do que já viveram juntos.

Com esse livro, Carina prova que o amor à primeira vista existe, pois está relacionado ao amor de uma alma pela outra e quando elas se encontram não é preciso nada mais para o romance acontecer.
Com passagens espirituosas, o livro é mais um presente para os leitores que amam seus chick lits, sejam eles no século 19 ou no ano de 2011.

Para não estragar a surpresa, não vou mencionar a volta de uma fada madrinha nem os motivos para a viagem no tempo, mas todos são muito bem amarrados ao final da trama, como não podia deixar de ser. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário