segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Editora Vestígio anuncia publicação do livro 'Spotlight'


Foi anunciado hoje, pelo twitter da Editora, que o livro que deu origem a um dos filmes indicados ao Oscar deste ano vai ser publicado pela editora Vestígio (do Grupo Autêntica) no próximo mês de Março (17/03).

O ganhador do Prêmio Pulitzer é uma das séries mais premiadas de reportagens jornalísticas da hiostória e inspirou o filme que concorreu a 6 categorias do Oscar e venceu ontem como Melhor Filme.

"Considerada uma das obras mais importantes do jornalismo investigativo desde relatórios de Woodward e Bernstein sobre Watergate, o livro é de autoria da própria equipe do Globe e revela o trabalho de apuração de quatro jornalistas e dois editores, que reuniram milhares de documentos capazes de provar as denúncias de abuso sexual de menores por membros da Igreja Católica.
Baseado em fatos reais, a obra apresenta um dos maiores escândalos envolvendo o núcleo da arquidiocese de Boston, uma das instituições mais poderosas da Nova Inglaterra e conta com relatos de padres, advogados e sobreviventes que estiveram ocultos por dezenas de anos." - Jornal do Brasil

Confiram a capa e sinopse:


"Ganhador do Prêmio Pulitzer, este livro conta a história real de um grupo de corajosos jornalistas que denunciaram uma sucessão de abusos de crianças, obrigando a Igreja Católica a prestar contas. Em janeiro de 2002, o jornal The Boston Globe publicou uma série de reportagens que chocou o mundo. Centenas de crianças em Boston sofreram abuso sexual por parte de padres – certos de sua impunidade, eles agiam com o aval das autoridades religiosas, que acobertaram seus crimes por décadas. As reportagens revelaram a obscena quantia gasta pela Igreja Católica com subornos para comprar o silêncio das vítimas cujas vidas foram devastadas por pedófilos que, vestidos com o hábito, tinham o Pai Nosso na ponta da língua. A denúncia abalou as estruturas da Igreja Católica e deixou milhões de fiéis no mundo inteiro estarrecidos, furiosos e indignados: a instituição, em vez de servir e proteger a comunidade, usou sua poderosa influência para se resguardar do escândalo. Este relato, que inspirou o filme Spotlight, indicado ao Oscar em 6 categorias, é uma exposição violenta e importante do abuso de poder por uma das mais altas esferas da sociedade.


“The Boston Globe foi o único jornal que teve a persistência e a coragem de enfrentar essa história, forçando a arquidiocese de Boston a quebrar o sigilo de documentos internos, que escancararam, finalmente, as proporções do escândalo.” – Peggy Noonan, The Wall Street Journal"



Nenhum comentário:

Postar um comentário