segunda-feira, 30 de maio de 2016

RESENHA Wayne de Gotham de Tracy Hickman

Por Isabela Silva

Título: Wayne de Gotham
Título Original: Wayne Of Gotham
Autor: Tracy Hickman
Editora: Fantasy/Casa da Palavra
Páginas: 270

Sinopse: Wayne de Gotham é uma história sobre o prsente e o passado, e sbre uma investigação que envolve duas gerações de uma família poderosa com segredos obscuros.
Velhos inimigos voltarão... Novos inimigos surgirão...
E o Cavaleiro das Trevas fará descobertas agonizantes em sua batalha incansável pela verdade.






Tracy... Tracy? quem é Tracy? Não o conhecia até ter contato com este livro. Ah se eu soubesse de sua escrita, com toda a certeza  teria lido seus textos muito antes.
Wayne de Gotham conta a história de Bruce Wayne, que nas noites se transforma em Batman. No decorrer da história ficamos embevecidos e anelantes para saber o final dessa história na qual desvenda os mistérios e ações de Thomas Wayne (pai de Bruce).
As investigações de Bruce começa depois de um convite entregue em sua  mansão, o convidando para uma festa na mansão Kane.
Assim que a contexto se desenvolve, você percebe que o autor conta a história de Thomas Wayne antes dele se relacionar com Martha Kane.
Tracy relata quando Thomas se junta com o Dr.Richter para “curar” os vilões da época com mudanças genéticas, porém algo de errado acontece e os quatro experimentos se transformam em “Apocalipse”. O quarteto tem a missão de acabar com os mafiosos da cidade de uma forma um tanto quanto violenta e fora das leis de Gotham.
Vilões como Coringa fazem aparições ao longo da narrativa, e eles dão um sentido totalmente único ao contexto. Porém, a explicação da aparição de Coringa só é revelada no epilogo do livro.
Se você, caro leitor, é daqueles que sempre tem que ler a última página antes de começar um livro, eu recomendo que não o faça com esse.
As descobertas de Bruce Wayne sobre a vida de seu pai irá te surpreender à medida em que a história prossegue.
Algo como: “Amusement Mile/ Gotham/ 22h55/ 25 de outubro de 1958” e “Mansão Kane/23h42/ Hoje” são passagens encontradas dentro do livro para indicar ao leitor em que momento da história o narrador está.
Tracy nos cativa com a sua narrativa. Inúmeras vezes dava-me a impressão que estava ao lado de Bruce desvendando os mistérios de seu pai, em outros, parecia que Bruce estava cochichando em meu ouvido seus pensamentos mais profundos. O autor conseguiu de uma maneira original dar aos personagens características que só encontramos neles, pois você viaja junto com Batman no batmovel pelos tuneis de Gotham, e luta junto com a armadura exoesqueleto contra vilões malévolos, se apaixona junto com Thomas, e revolta-se com Amanda.
Uma história de vilões e heróis diferente das outras.

“Pai...Mãe...Temos muito o que conversar...muito a perdoar...
Bruce fechou os olhos novamente. Sabia que seria pela ultima vez”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário