terça-feira, 7 de junho de 2016

RESENHA - "Fangirl", Rainbow Rowell

Por Francine Estevão

Título: Fangirl
Título Original: Fangirl
Autora: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Páginas: 424

SinopseCath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme. Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou na vida real.Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto.Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências.Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?

O livro conta a história de Cath, autora da fanfic mais famosa dos livros de Simon Snow, um mago bem no estilo Harry Potter, depois que ela e sua irmã gêmea, Wren, vão para a faculdade.

Cath, que até então dedicou sua vida ao seu lado fã e nunca foi muito de ter uma vida social se sente perdida ao chegar à faculdade e ter que lidar com tanta gente “estranha”, afinal sua irmã gêmea optou por não ficar no mesmo dormitório que ela para poder conhecer gente nova e viver com tudo essa nova fase de sua vida. Totalmente o oposto de Cath.

Durante essa nova experiência, a jovem escritora vai lidar com as mudanças comuns que acontecem depois que se vai para a faculdade e fazer algumas escolhas. Ela vai lidar com problemas de saúde do seu pai, o retorno da sua mãe que a abandonou há muito tempo, os problemas que sua irmã vai passar por viver a nova fase tão intensamente e que vão acabar recaindo sobre a relação entre as duas, além de algumas dúvidas sobre sua paixão pela escrita quando uma professora coloca em cheque o valor das fanfics no mundo da literatura.

Eu já tinha lido outros dois livros da Rainbow Rowell, “Eleanor & Park” e “Anexos”. O primeiro, apesar de ser o mais famoso, eu até gostei, mas não muito, o segundo eu adorei. Agora, “Fangirl” me deixou um pouco decepcionada. A história não me prendeu muito, o fato de ter outras “histórias” dentro do livro também me incomodou um pouco e a escrita não está das melhores. Mas para quem é fã da autora, o livro é uma boa oportunidade para ver os diferentes estilos nas histórias que ela escreve. E “Fangirl” também pode interessar aos fãs de fanfiction.

Além da história em si, os capítulos do livro trazem também trechos da história “original” de Simon Snow e trechos da fanfic escrita por Cath.

Nenhum comentário:

Postar um comentário