quarta-feira, 31 de agosto de 2016

RESENHA Os Tambores do Outono - Outlander #04 Parte II de Diana Gabaldon

Por Mariana Lucera

Título: Os Tambores do Outono - Outlander #04 Parte II
Autora: Diana Gabaldon
Páginas: 469
Editora: Arqueiro

Sinopse: Será possível alterar o passado? Depois de voltar no tempo à Escócia do século XVIII e reencontrar Jamie Fraser, o amor de sua vida, Claire Randall seguiu com ele para o Novo Mundo. Agora eles moram na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, e Jamie, com o auxílio da misteriosa e autoritária Jocasta Cameron, conseguiu tornar-se uma pessoa influente. As coisas finalmente parecem estar entrando nos eixos. Duzentos anos à frente, a filha dos dois, Brianna, encontra um recorte de jornal antigo e descobre que Claire e Jamie morrerão em um incêndio. Isso, somado à sua curiosidade em relação ao pai biológico e à saudade que sente da mãe, faz com que deixe o namorado para trás e se lance através do círculo de pedras em uma aterrorizante jornada rumo ao desconhecido. Para salvar a vida daqueles que ama, ela tentará mudar o passado, mesmo que isso signifique colocar em risco o próprio futuro. Assim que fica sabendo o que a namorada fez, Roger Wakefield abandona seu emprego de professor e decide segui-la. Mais uma vez, a força do amor ultrapassa obstáculos, vencendo tempo e espaço, e dá início a uma nova e fantástica fase nesta saga antológica. Na segunda parte de ''Os tambores do outono'' , Diana Gabaldon conta as aventuras de uma jovem destemida no atribulado século XVIII. Unindo sentimentos atemporais como culpa, raiva e amor a uma cuidadosa pesquisa histórica, a autora constrói uma trama inesquecível, com reencontros de tirar o fôlego e um desfecho emocionante.


Tenho acompanhado a saga de Claire e Jaime desde que a editora Saída de Emergência, e agora a Arqueiro, trouxeram uma nova roupagem à série de Diana Gabaldon. Desde o início fiquei apaixonada por esse casal que enfrenta todas as barreiras possíveis para ficar juntos, incluindo tempo e espaço.

A primeira parte de Os tambores do Outono mostra Claire e Jaime vivendo na Carolina do Norte, construindo uma propriedade para eles, depois de terem deixado para traz todos os perigos da escócia e da busca pelo sobrinho Ian. 

No início da segunda parte, Brianna ganha mais vida no livro. A filha de Claire e Jaime finalmente vai atravessar o círculo de pedras em busca de seus pais. 

Sua passagem pela Escócia e pela propriedade dos Fraser, incluindo seu encontro com Jane, sua tia, é muito emocionante. Brianna nasceu no futuro, em outro tempo. Foi criada sem saber se suas origens, só descobertas quando sua mãe resolveu regressar para reencontrar Jaime, então esse momento em que ela descobre sobre seus antepassados e vê um quadro da sua avó paterna é muito bonito. Assim como é emocionante o encontro da jovem com Jaime. Ela cresceu criada por Frank, considerando ele seu pai. Mesmo depois de Claire lhe contar que Jaime era seu pai, a garota se recusava a pensar nele dessa forma, pois acreditava estar traindo a memória de Franl Randal, no entanto, ao se aproximar cada vez mais de Jaime e de vê-lo fazer de tudo para trazer Roger de volta para ela, não tem como a garota não passar a vê-lo como seu verdadeiro pai.

O único ponto negativo da história é que a autora é meio obcecada pelo estupro. Sério, o único ponto que odiei foi a trama de Brianna. Os próximos livros dão a entender que serão mais focados na história do casal Roger e Brianna, que agora devem ficar no passado, junto a Claire e Jaime. Sinceramente, não sei se vou gostar disso. Foi por Claire e Jaime que me apaixonei e tivemos muito pouco deles nesse volume. 

Claire e Jaime já passaram por tramas e aventuras bem mirabolantes, não sei se eles dão conta de segurar mais um livro focado neles, pois ambos chegaram a meia idade, não são mais um casal jovem e propenso a se meter em encrencas. No entanto, a tentativa da autora de criar uma segunda geração, com o casal Roger e Brianna não deu muito certo nesse início. Eles não tem o carisma dos primeiros protagonistas. Mesmo assim o livro é muito bom, uma viagem no tempo, extremamente bem escrito, como todos da série até agora.

Spoiler Alert!

A dúvida se o filho dela seria ou não do Roger por causa do estupro foi totalmente desnecessária. Não gostei. 

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Editora Rocco divulga imagens do estande na Bienal

A Editora Rocco divulgou hoje no Facebook imagens de seu estande na Bienal do Livro de São Paulo 2016. Eu AMEI e surtei com essa plataforma 9³/4 a la Hogwarts e a parte especial reservada para Clarice Lispector! Rocco, você se superou! Confiram as fotos:




Que capricho!
 
OLHA ISSSOOOOO! MOrri! <3



quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Carina Rissi divulga capa de Prometida

A escritora nacional, Carina Rissi, divulgou hoje em seu facebook a capa de seu próximo lançamento, Prometida. O Livro já está em pré-venda (vou colocar os links aqui para vocês) e particularmente achei a capa bem fofa. Confiram sinopse e capa:


Elisa Clarke anda um pouco entediada. Seus dias parecem todos iguais, e os bailes há muito deixaram de lhe dar prazer. Não que isso seja surpresa, pois quando ela está presente os eventos se tornam um desastre! O que é injusto, já que ela sempre foi uma boa moça. Nascida em uma das famílias mais influentes da região, a jovem aprendeu desde cedo a respeitar as normas sociais e a se manter longe de escândalos. Na única vez em que ignorou uma dessas regras, Elisa acabou noiva. E foi apenas um beijo, ora bolas!


Um beijo que Elisa fantasiou desde que conheceu e se apaixonou pelo belo e gentil Lucas. Como acontece nos contos de fadas, o jovem médico da cidade mudou sua vida para sempre. Mas não da maneira que ela esperava. Elisa agora está prometida a alguém que a despreza tanto que preferiu ir viver em outro continente. E tudo o que ela deseja é que as coisas permaneçam assim. O que Elisa não sabe é que seu noivo está a caminho do Brasil, e ela terá de enfrentar o homem cujo coração um dia se viu forçada a partir. 

Destinados a ficar juntos, mas separados pelo coração, Lucas e Elisa vão se envolver em uma sinuosa dança marcada por segredos, mágoas do passado, intrigas e uma arrebatadora paixão, que vai pôr em risco não apenas seus sentimentos, mas a vida de ambos.
Em Prometida: uma longa jornada para casa, os leitores vão conhecer a história de Elisa, a doce porém decidida irmã de Ian Clarke, além de rever os personagens mais queridos da série Perdida.



segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Enquanto GOT 6 não vem...

Sim! Está demorando horrores para a chegada do sexto livro de Guerra dos Tronos, não é mesmo? Mas enquanto isso separamos alguns livros nesse estilo para não perder a viagem. Confiram:







sexta-feira, 12 de agosto de 2016

RESENHA No Meio do Caminho Tinha um Amor de Matheus Rocha



Por Roh Dover



Tìtulo: No Meio do Caminho Tinha um Amor

Editora: Sextante
Autor: Matheus Rocha
Páginas: 175

Sinopse:  Às vezes, a gente insiste em viver um relacionamento que já chegou ao final faz tempo. Tentamos resistir, fazer de tudo para durar mais, lutando para trazer de volta os momentos mágicos do início. Mas, quando o amor acaba, no lugar do conforto e do carinho que existiam só restam feridas que vão doer por um bom tempo e deixar cicatrizes que não desaparecerão. Porque o amor nem sempre é para sempre. Com o fim vem a tristeza, a saudade, a mágoa, o desespero e a vontade de nunca mais sentir aquela dor. Aí fechamos as portas ao perigo de sermos machucados outra vez, mas também à chance de sermos amados de novo. Um belo dia, quando as lágrimas já secaram e nos esquecemos do desconforto, com muito cuidado abrimos uma fresta só para ver a vida lá fora. E, assim como um raio de sol que entra por qualquer brecha, de repente uma vontade de recomeçar nos invade e tudo volta a fazer sentido. E, sem nem saber como, no meio do caminho avistamos novamente o amor – e a certeza de um novo começo!

"Ninguém é tão razão que não se sinta emocionado. Ninguém é tão emoção que não saiba reconhecer, em algum momento, a hora certa de dizer não, de parar ou de voltar atrás."

Como são as fases de um relacionamento? Quais as paixões, angústias, sofrimento e renovação que uma pessoa é capaz de aguentar até ter forças para encontrar a felicidade novamente? Cada pessoa é única, como diz Matheus Rocha e no seu livro No Meio do Caminho Tinha um Amor, o autor traz todas as etapas do ato de se relacionar e vai além, consegue tocar na alma de cada leitor carinhosamente com suas belas palavras.

Diferente de outras coletâneas de crônicas, este consegue manter uma linearidade dos fatos, como se quisesse nos contar uma história de amor. Começando pelo fim de um relacionamento, Matheus Rocha escreve pequenas crônicas sobre o sofrimento, a dificuldade de encontrar alguém e acreditar que há uma luz de felicidade no fundo onde ele se encontra.

Passando pelo meio, na qual Matheus descreve como um vácuo da alma, um sentimento de não sentir nada, uma antítese mesmo, vagar pelo desejo e o desespero de encontrar alguém que lhe tire o fôlego.

E terminando pelo começo. A renovação, a esperança de que há alguém que consiga andar ao nosso lado, a felicidade de desejar estar com aquela pessoa única, saber que sempre há alguém disposto a nos amar de volta, a felicidade de amar e ser amado. O êxtase de encontrar alguém pelo qual nosso coração dispara e o sorriso se faz eterno ao lado daquela pessoa.

Matheus Rocha escreve poetizando as palavras, cada linha e parágrafo ao ser lido é quase como se o leitor pudesse degustar as páginas. De um lirismo brilhante, o autor consegue conversar levemente com o leitor, demonstrar cada tristeza e felicidade em cada uma das diversas crônicas.

Não é para menos que Matheus Rocha é conhecido pelo seu blog Neologismo, famoso por textos de comportamento. Coletar esses textos e guardar todos em um só livro é como achar um baú de tesouros nacional. Além das palavras poéticas que tocam o coração, a estética do livro dá uma cor a mais, deixando o livro vivo e respirando ao nosso lado.

Um livro que fala através da diagramação e palavras que encantam pela beleza de textos bem escritos, No Meio do Caminho Tinha um Amor transborda de sentimentos que precisam ser lidos por todos os corações desse mundo. 

 

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

No meio do caminho tinha um amor


Só passando pra dizer que estou apaixonada pela capa, diagramação e conteúdo e tudo mais desse lindo livro "No meio do caminho tinha um amor" do Blogueiro Matheus Rocha do blog Neologismos.

Gente, sério. Se tiverem oportunidade, peçam, comprem, leiam, reflitam e desfrutem essas imagens lindas e mensagens belas.

#Amando





quarta-feira, 3 de agosto de 2016

RESENHA Sérgio Moro de Luiz Scarpino

Tìtulo: Sérgio Moro – O Homem, o Juíz e O Brasil
Editora: Novas Ideias (Novo Conceito)
Autor: Luiz Scarpino
Páginas: 208

Sinopse: Conheça a vida de Sérgio Moro, desde a infância em Maringá até a trajetória acadêmica, a participação nos programas promovidos pelos Estados Unidos sobre lavagem de dinheiro, as inspirações, além das amizades que construiu ao longo dos anos e como veio a se tornar juiz federal. Você perceberá que o juiz Sérgio Moro, durante sua carreira , conduziu outros grandes casos de combate a corrupção no Brasil, como o Escândalo do Banestado, o Farol da Colina e o Mensalão, antes mesmo de comandar a operação Lava Jato, o esquema bilionário de desvio e lavagem de dinheiro que envolveu a Petrobrás e trouxe enormes perdas para o país. Nesse importante momento histórico, você notará que Sérgio Moro é hoje a figura mais representativa em um processo de evolução que virou sinônimo de esperança para o povo, além de se tornar um símbolo que abre a possibilidade de darmos um salto ético e crer que dias melhores estão por vir na nação brasileira.


“São os novos e auspiciosos tempos”

Luiz Scarpino é professor dos cursos de Jornalismo e Direito da UNAERP (Universidade de Ribeirão Preto). É também advogado renomado Sócio da Scarpino Sociedade Advogados e Coordenados da Comissão de Direito Eleitoral da 12ª Subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

O juiz paranaense Sérgio Fernando Moro virou uma espécie de “paixão nacional” por comandar o julgamento dos crimes na Operação Lava Jato, apontada pelo Ministério Público Federal como o maior caso de corrupção já acurado no Brasil. A Novo Conceito então lançou o livro do autor nacional, Luiz Scarpino, e logo o mercado editorial também se aproveitou desse estilo de livro e da popularidade do juiz para lançar títulos com o nome Sérgio Moro.

“Moro é apenas humano, demasiado humano, como diria a obra homônima de Nietzsche. Nem por isso deve-se tolher a sua importância. Em épocas de idolatria pura, ou de políticos embalados no puro Marketing (e com pouco conteúdo), é um alento contar com um juiz da trajetória de Moro na condução da operação mais complexa já enfrentada quando aos esquemas corruptivos.”

É assim que começa essa “não biografia” (como define o autor – “o livro não é uma biografia, não faria uma biografia de alguém vivo que ainda tem uma história se escrevendo. Considero o livro uma espécie de 'manual' para entender a Lava Jato) "Sérgio Moro – o homem, o Juíz e o Brasil”. Sérgio Fernando Moro tem uma história rica de vida. É descendente de Italianos vindos da região do Vêneto. Filho de pais educadores – a mãe, Odete Starle Moro, professora de português. O pai, Dalton Áureo Moro, ex-professor de geografia.

Sérgio estudou treze anos de educação católica e cursou direito na UEM. Em seguida cursou o mestrado e doutorado na Universidade Federal do Paraná e alguns anos depois passou no concurso e mudou-se para Curitiba para assumir o cargo de juiz na sede da Justiça Federal.

Depois de saber da trajetória do juiz Sérgio Moro Scarpino faz uma análise sobre o que esperar do Brasil após a conclusão das investigações e nos ajuda a entender sobre a maior investigação sobre a corrupção no Brasil: A opção Lava Jato. Pra administrar essa Operação o juiz Federal Sérgio Moro se inspirou na Operação dos anos 90 Italiana “Mãos Limpas”.

"A Operação Mãos Limpas (em italiano: Mani Pulite), inicialmente chamada Caso Tangentopoli (em italiano: cidade do suborno), em referência a cidade de Milão, foi uma investigação judicial de grande envergadura na Itália, tendo início em Milão que visava esclarecer casos de corrupção durante a década de 1990 (no período de 1992 a 1996) na sequência do escândalo do Banco Ambrosiano em 1982, que implicava a Máfia, o Banco do Vaticano e a loja maçônica P2. A Operação Mãos Limpas, coordenada pelo juiz Giovanni Falcone, morto em atentado pelo crime organizado, em 1992, levou ao fim da chamada Primeira República Italiana (1945 – 1994) e ao desaparecimento de muitos partidos políticos. Muitos políticos e industriais cometeram suicídio quando os seus crimes foram descobertos, enquanto outros se tornaram foragidos, dentro e fora do país."

Para Scarpino, a Lava Jato é a solução total do Brasil, mas sim, ajuda no combate à corrupção apesar de muito ainda estar por vir. Não é nada meu estilo ler este livro, mas quis saber um pouco mais e entender um pouco mais de história e política e também nós cobramos muitos e fazemos pouco, estudamos poucos e entendemos pouco, por isso resolvi encarar esse desafio de ler um livro sobre política. Scarpino fala disso no livro também. Que a sociedade cobra do Judiciário uma atuação limpa e rápida mas não cabe a nós só cobrar; a sociedade tem que se informar, ler e depois votar com consciência. Um livro que muito em breve será adotado por muitas escolas e professores história e política e que deve ser lido por todos que querem se inteirar mais sobre esse furacão da Lava Jato.

“Entretanto, quando se pensa em combater a corrupção, que fique muito bem claro: A Lava Jato apenas pode ser o começo, e não um fim em si mesma.”

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Irmã da Sombra de Lucinda Riley já está em Pré-venda



E chega a vez de Estrela sair da sombra da irmã super protetora e ir atrás da pista sobre seu nascimento!

Que capa mais linda né gente? A pré venda tá valendo!

Saraiva Online
Livraria Cultura
Amazon