segunda-feira, 17 de abril de 2017

RESENHA O Sol Também é Uma Estrela de Nicola Yoon

 Por Maju Raz

Título: O Sol Também é Uma Estrela
Título Original: The Sun Is Also a Star
Autora: Nicola Yoon
Editora: Arqueiro
Páginas: 288

Sinopse: Natasha: Sou uma garota que acredita na ciência e nos fatos. Não acredito na sorte. Nem no destino. Muito menos em sonhos que nunca se tornarão realidade. Não sou o tipo de garota que se apaixona perdidamente por um garoto bonito que encontra numa rua movimentada de Nova York. Não quando minha família está a 12 horas de ser deportada para a Jamaica. Apaixonar-me por ele não pode ser a minha história. Daniel: Sou um bom filho e um bom aluno. Sempre estive à altura das grandes expectativas dos meus pais. Nunca me permiti ser o poeta. Nem o sonhador. Mas, quando a vi, esqueci de tudo isso. Há alguma coisa em Natasha que me faz pensar que o destino tem algo extraordinário reservado para nós dois. O Universo: Cada momento de nossas vidas nos trouxe a este instante único. Há um milhão de futuros diante de nós. Qual deles se tornará realidade?

“Eu acho o seguinte: todos nós estamos conectados, todo mundo na Terra, digo.”

Está afim de ler um livro rápido, lindo e intenso? Então é este o livro que tem que ler. Com uma narrativa envolvente e que particularmente me identifiquei fica fácil de se identificar com as personagens e se envolver numa trama fluida.

“Fato observável: nós somos magia.”

Acabei de digitar uma página e meia só de quotes marcantes e significativos pra mim. Conheci Nicola Yoon através do livro “Tudo e todas as coisas” e me apaixonei pela escrita da autora. Nicola é sensacional! Ela é descritiva e fácil de ser entendida. Lida com questões de preconceito e disfunção familiar muito bem e é muito criativa.

“Dizemos a nós próprios que existem motivos para as coisas que acontecem. Mas, na verdade, só estamos contando histórias para nós mesmos. Inventando. Elas não significam nada.”

Natasha e Daniel se encontram. E depois se trombam de novo....e de novo e mais uma vez. Seriam coincidências ou o destino estaria empurrando-os para ficarem juntos? Natasha não acredita em destino, ela só confia na ciência que tudo prova.

“Os seres humanos não são criaturas razoáveis. Em vez de governados pela lógica, somos governados pelas emoções. O mundo seria um lugar mais feliz se o oposto fosse verdade.”

Daniel se apaixonou à primeira vista por Natasha. Ao contrário dela, ele acredita no destino e no amor. Agora ele só tem que convencer Tasha de que foram feitos um para o outro. E rápido pois a pobre garota está prestes a ser deportada por conta de um erro de seu pai.

“Isso é problema dele. Por que eu preciso pagar pelo erro dele?”

Daniel e Natasha vão nos revelar e despontar a eles mesmos coisas que nunca disseram antes a ninguém.  O livro se passa durante um dia todo e tenho a mesma sensação de tê-lo lido no mesmo tempo. Presenciamos aventuras, sentimos raiva, respiramos fundo em tristeza, medos, ambições – VIDA. Me identifiquei muito com Natasha. Eu já mudei de cidade duas vezes na minha adolescência e estou enfrentando tudo isso novamente. Perder lugares favoritos, cheiros, pessoas, ter que ser forte pra se refazer no desconhecido e nada tem a ver com você, sempre culpa dos outros...claro que nada se compara mudar de cidade e mudar de país, mas entendo muitas características e comportamentos de Tasha.

“Todas as nossas coisas futuras podem ser destruídas em um único instante.”

Um livro que fala de amor, destino, forças mágicas da natureza, como as pessoas que convivem conosco podem ferrar nossas vidas com simples gestos e atos, emoções, provocações. Tudo acontece por uma razão. Nada acontece por acaso ou por sorte. Se algo está destinado a acontecer a cada um de nós, seja coisa boa ou coisa ruim - isso vai acontecer. Mesmo se algo de muito ruim acontecer TEM uma razão! O que não podemos fazer é deixar que essa ruína nos destrua, mas sim ser uma inspiração pra crescer na vida e receber o melhor. #ChoreiLargada

“Tudo acontece por um motivo. É o que se costuma dizer. Em geral, as pessoas dizem isso quando algo vai mal, mas não mal demais.”

Mais quotes <3

“Nomes são coisas poderosas. Servem como marcadores de identidade e uma espécie de mapa, localizando a pessoa no tempo e na geografia. Mais do que isso, podem ser uma bússola.”
“Todo mundo aqui já viu tudo antes, e eles realmente não se importam que tudo seja novo para você.”

“O senhor tem alguma ideia de como é não se encaixar em lugar algum?”

“Irene acha que seria melhor se ela partisse, melhor do que viver querendo e não tendo, melhor do que simplesmente viver.”

“As pessoas passam a vida inteira procurando o amor. Mas como a gente vai confiar numa coisa que pode acabar tão subitamente quanto começa?”

"Parece que faz muito tempo desde quando eu o achava o máximo. Ele era um planeta exótico e eu era seu satélite predileto. Mas ele não é nenhum planeta, é só a última luz desbotada de uma estrela morta. E não sou um satélite. Sou lixo espacial, me distanciando dele o máximo que posso."

“A vida é mais longa ainda se você a passa perseguindo sonhos que nunca, jamais, vão se realizar.”
“O amor não é uma religião. Ele existe você acredite ou não.”

“Por que as mães são sempre as mais culpadas por ferrar os filhos? Os pais sabem muito bem como ferrá-los.”

“Fico pasmo pensando quantos indivíduos passam o dia dentro de lugares assim, fazendo coisas que não amam para pessoas de quem não gostam.”

“Fato observável: as famílias são a pior coisa do mundo.”

“Certas pessoas não ficam felizes até que tudo seja feito do jeito delas.”

“Beijar é apenas outro modo de falar, só que sem palavras.”

“Eu achava que os poetas não brigavam. – Está brincando? Nós somos os piores.”

“Somos programados para planejar com antecedência. Isso faz parte do nosso ritmo. O sol nasce todo dia e cede espaço para a luz toda noite.”

“Não acha engraçado que nossas lembranças prediletas tenham a ver com as pessoas de quem nós menos gostamos agora? Talvez seja por isso que a gente não gosta mais delas. A distância entra quem elas eram e quem são agora cresceu tanto que não temos esperança de recuperar essas pessoas.”

“O problema de elevar a esperança às alturas é: a queda é muito longa.”
“Dá pra imaginar se todo mundo tivesse o poder de mexer na vida de todo mundo? Caos. Mas, claro, esse é o problema. Nós já temos esse poder sobre os outros.”




Nenhum comentário:

Postar um comentário