segunda-feira, 22 de maio de 2017

RESENHA Oníria de Joana Silva

Por Maju Raz

Título: Oníria

Autora: Joana Santos Silva

Editora: Chiado

Páginas: 72

Sinopse: "Oníria" são pedaços de uma vida, aconchegada entre o passado e o presente, entre o sono e o sonho. Inquietações que nos apanham de olhos ainda cerrados, desligadas da realidade apenas na medida certa. Esta é uma obra de sobressaltos que podiam ser os nossos, povoada por desassossegos que são de todos. Feita de momentos que, ao romper da aurora, nos fazem seguir em frente.









“Não me arrependo de nada que foi feito
Apenas tenho saudades de me encostar no teu peito.”

Joana Santos Silva
Ah, Oníria, reino dos sonhos... eu tive a sorte e o prazer de ser encontrada na web por Joana Silva. Natural de Cascais, Portugal, trabalha em Hotelaria. Já trabalhou e estudou na Escócia e a saudade de casa só resultou em belas poesias.

“Uma viagem de sabores
Que até rasga o papel
Tantos de amores
De amargo a mel.”



E Joana me encontrou e conversamos. Seu livro veio de Portugal da Editora Chiado, que honra! Li tudo numa sentada. UAL! Que intenso! A começar pela capa que é maravilhosamente maravilhosa! Eu amo apanhador de sonhos. O livro é isso. Um apanhado de sonhos e pedaços de vida. Confesso que me peguei com lágrimas nos olhos muitas vezes e o livro ficou cheio de post its assinalando quotes marcantes. Momentos pessoais passados pro papel, chegamos dentro do coração da poeta.

“E eu na total solidão
Agarrada à folha e caneta que escondia
Para não perder a minha poesia.”

A jovem moça tem rima, tem ritmo, métrica, sabe escrever e conduzir o leitor para as suas emoções despertando em nós nossos anseios nos identificando com a autora. Carregada de sensibilidade, Joana nos faz pensar em várias temáticas: amor, viagem, saudade, inquietações, sonhos, medo, tristeza, magia.

“Há um pouco de tudo
Mas sempre em sintonia
Eu digo que é outro mundo
Mundo esse de magia.”


Booktrailer da obra

A Língua Portuguesa é a língua mais sonora entre as línguas de matriz latina. A sonoridade do Português Europeu falado e lido agrada de uma forma tão intensa que transforma a obra da poetisa, é o diferencial deste livro de poemas.

“...Viras-me as costas e ainda vejo que te estás a rir
Queres que eu seja tua amiga para todos os teus problemas
Mas enquanto te divertes eu apenas escrevo poemas...”

Uma obra de sobressaltos feita com tanta maestria e cuidado que nos transporta dentro d´’ alma de Joana a cada poema. Somos inclusos na reflexão do íntimo com as palavras da melhor maneira possível, somos enlevados a cada composição e presenteados com um livro fantástico e mágico. 

Mais que indicado! Muito obrigada, Joana!

“Agora na paz interior peço a uma fada pozinhos mágicos
Para acabar com a minha dor e os momentos mais trágicos...”

“Eu sei que doía e eu de mãos atadas
Voltei a chamar aquela fada...”


O livro pode ser adquirido em forma impressa no site daChiado Editora ou e-book na Amazon Brasil aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário